“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


24 de mar de 2012

O tempo não para...




...e ela alçou vôo como uma borboleta...colorida, leve, livre. Pronta!

...e a gente espera a tempestade passar, a solução resolver, o tempo apagar, o sorriso voltar, pra vida acontecer. Enquanto isso, a vida se perde, a gente se desencontra, desencanta, desespera.
A razão é simples, enquanto tudo acontece, a vida passa e a gente não vê – porque não existe [bom] tempo futuro pra se viver se o hoje é perdido nas brumas dos acontecimentos, se nele nada semeamos, se dele nos afastamos para viver o sonho que criamos. O sonho se concretiza na medida em que dele cuidamos e por ele fazemos, sonhar apenas não basta!
A vida acontece o tempo todo, e, quando olhamos apenas em uma direção, damos as costas para o todo, esquecidos de que somos constituídos de partes que se integram, e que se desprezadas, entorta a vida, que emperra e não anda.
Por isso transitar com leveza próximo aos abismos que sentimos é o equilíbrio que aprendemos a dominar, porque os olhos passeiam por todos os lados, enquanto os pés nos conduzem pela estrada.
A tempestade passa, as soluções aparecem, o tempo apaga enquanto se vive - aí o sorriso até volta, a vida floresce e o amanhã já é parte do que fizemos ontem, do estamos fazendo hoje.
O tempo não para, como avisou o Cazuza.

16 comentários:

R. R. Barcellos disse...

O presente é um presente que nos é oferecido pelas mãos entrelaçadas do passado e do futuro. Do passado devemos ouvir as lições, e não lamentá-lo ou desejar seu retorno; do futuro, há que se fazer a triagem entre os múltiplos aspectos com que nossos sonhos se apresentem. E agir.
Beijos.

OceanoAzul.Sonhos disse...

O tempo não para... é bom que se veja o que se faz dele.

Gostei da reflexão.
Beijinho, boa semana
cvb

Milene Lima disse...

Tô ouvindo um sambão nesse momento que diz assim: "ergue essa cabeça, mete o pé e vai na fé, manda essa tristeza embora"...

Eu bem sei que nem é tristeza, é apenas um metamorfosear inevitável... Logo as emoções encontram um jeito de se acomodar e tudo ficará ainda melhor.

Beijo, lôra.

Leonel disse...

Às vezes fico em dúvida sobre essas questões que envolvem o tempo...
Mas, acho que enquanto estivermos nesta dimensão, o tempo estará acima das nossas conjeturas...
Bjs!

Suzy Rhoden disse...

Oi Denise!

Seu comentário no blog de Sueli Gallaci me fez ter vontade de vir até aqui... e encontrei esta linda postagem! Linda e sábia, plena de verdades. O tempo de fato não para, que bom! Ele segue sempre o seu curso e nós ora nos arrastamos, ora saltitamos por ele... e isso é vida! Não apenas as alegrias, também as provações são parte importante da vida, deixam marcas positivas - se soubermos vivê-las e não apenas lastimá-las. Pois, de fato, a vida acontece o tempo todo!

Beijos, com carinho.

Suzane Weck disse...

Lindo blog,minha querida.Parabéns.Bjs.

pensandoemfamilia disse...

Sim o tempo não para, e precisamos estar atentos ao hoje para experenciarmos o que queremos e deixar que os sonhos nos direcionem no dia a dia até suas realizações.
bjs

Maria José Rezende disse...

Linda postagem, Denise. Sempre pensei assim e sempre lutei para que as pessoas à minha volta percebessem que a vida corre com tudo acontecendo ao mesmo tempo. Vou levar essa postagem para o Arca e te aviso quando for publicá-la. Beijos.

Denise disse...

Ação - ponto chave, meu querido....a gente sonha, e fica por isso...temos que construir os sonhos...aliás, vc muito bem disse que "não existe realidade que não tenha sido, um dia, um sonho" - mas ele não se faz sozinho, e a semeadura é necessária, para a colheita acontecer como sonhamos.

Que esse entrelaço seja sempre um bom mestre de cerimônias do presente - onde tudo acontece, de fato!

Bjos!

Denise disse...

Oi Cecília, adorei a visita e tua observação.

Venha sempre que desejar, a participação dos amigos torna a caminhada do aprendizado mais agradável e feliz!

Bjos, bom fds pra ti!

Denise disse...

Mi...esse ;e um tempo de mudanças, como vc bem sabe, e trafegar pelo desconhecido assombra a gente... que bobagem! Tempos novos, onde tudo cabe, mas nem tudo serve...essa é a razão fundamental que faz as emoções da gente sofrerem o abalo - ou não!

Bons tempos, Mi_nina, bons tempos...salve!!
Bjos com fé e esperança - e carinho!

Denise disse...

Se é que ele existe, né Leonel??...rsrsrrs

Esta dimensão nos convoca ao aprendizado da vez, e a gente segue, de tempos em tempos, ora reprovando, noutra passando por média...vida!!

Um grande abraço, e um ótimo fds!

Denise disse...

Oi Suzy, bem-vinda, que coisa boa - tua vontade te trouxe, e eu, adorei!

É isso, a gente transita pelas fases, fecha ciclos, vive e supera, comemora e celebra. Tudo num tempo chamado existência - talvez a formação de todos nós, pelas repetições, pelos aprendizados.

Sinta-se a vontade pra vir sempre que desejar. Aqui tem lugar pra todos que trazem alegria, que geram harmonia e bem-querer!
Bjos

Denise disse...

Obrigada Suzane, seja muito bem-vinda ao Tecendo. Sinta-se acolhida com alegria, este cantinho celebra a amizade, cultiva o respeito e abem querência!

Bjos!

Denise disse...

Verdade Norma, atenção e foco ajudam a concentrar esforços, a não desperdiçar e bem aproveitar todo aprendizado. O futuro está no hj, e os sonhos se realizam se a gente correr atrás, sem dúvida!

Bjos, minha amiga, um ótimo fds!

Denise disse...

É uma satisfação Maria José, fique sempre à vontade para compartilhar, este ';e o melhor caminho para semear ideias - e ver germinarem as atitudes que as mudanças e reflexões trazem.

Um beijo. E ótimo fds!