“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


5 de set de 2011

Desassossego?




Muitas das vezes em que sentimos uma espécie de desorganização em tudo que tocamos, fazemos ou observamos no dia-a-dia - parecendo que a vida ficou desordenada - não estamos antecipando à consciência os sinais das mudanças que estão ocorrendo (ou prestes a acontecer).

À toda mudança, precede a desacomodação que a gente experimenta, e, mesmo que não a saibamos explicar...pressentimos! É um desconforto que interfere nas tarefas mais corriqueiras, uma inquietação semelhante ao bicho carpinteiro que desassossega a gente. Para muitas pessoas são sensações que desarranjam a rotina, para algumas, um desacelerar que faz a vida estagnar - mas para a maioria, parece o desafio ao equilíbrio da vida.

Estes sinais são indícios de que estamos descolando do que não serve mais, e não raro, a faxina é geral, estendendo-se por vários âmbitos - daí o mal-estar generalizado.


Fiquemos atentos a estas perturbações -
elas são o ingresso para o novo!!!





Um feriado maravilhoso para todos vocês,
até a volta!!



14 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Denise
E que não tenhamos medo do novo, pois ele pode nos levar a grandes descobertas e a novos caminhos.
Bjux

Regina Coeli disse...

OLá Menina Querida,

Ah! minha querida e como tenho acolhido de braços abertos esse desafio ao equilíbrio da vida.
Desapegar do que não serve mais, um bom exercício para dar lugar ao novo...
Não raro importa o mal-estar temporário...
Beijos e bom descanso,
Regina Coeli

Maria Tereza Venzke disse...

Bom dia maninha,

Que o velho leve consigo a gratidão pelo aprendizado do q somos e que o novo seja bem vindo e abençoado por trazer consigo as possibilidades do que seremos.

( By me ) rsrsrssr


Bom feriado

bjus no coração renovado.B

Santa Imaginação disse...

Nossa estou!!!!Totalmente....
Bjs
Zu

Denise disse...

Certamente os caminhos convergem para coisas boas, né Wanderley?

Que tenhamos a necessária lição a cada descoberta - e ganhando, saibamos compartilhar...
Bom feriado!
Bjos

Denise disse...

Verdade Regina, um exercício bom, embora reserve dificuldades iniciais, talvez...superando-as, os objetivos se tornam mais fáceis de alcançar - e comemorar!

Uma ótima quarta-feira pra vc, amiga tão querida...beijo grande!

*Adivinha quem me faz companhia aqui logo atrás de mim?...rsrs

Denise disse...

Tere...rindo gostoso:

Amééééééémmmmmm!!!!!

Que o novo chegue, abençoado seja e traga as infinitas possibilidades. EU TÔ PRONTA!!!!

Bjos, maninha - com muuuuiiita saudade!!

Denise disse...

Não esmoreça, Zu!!!!

Forçaaaaaaa!!!...rs
Bjo

R. R. Barcellos disse...

Denise, por três vezes eu vim aqui e meus dedos ficaram suspensos sobre o teclado, sem saber o que fazer. Mas não os culpe: eles estão acostumados a receber ordens do cérebro e, às vezes, do coração.
E o cérebro dizia: "Dê parabéns a ela, pela coragem de se renovar!"
E o coração gritava: "Não! Eu gosto dela desse jeito!"
Portanto, moça... Parabéns. Mude. Mas não mude muito...
Beijo.

Denise disse...

Nessas horas, vc está mais pra Bruxo...rs...me deixa encantada!!

Sabe Rodolfo, mudar é uma decisão, um processo - que acaba sofrendo reparos de estratégia ou ajuste da rota, enquanto acontece. Talvez seja infinita essa construção, justamente por ter percurso incerto (apesar de desejado).

Mas vou torcer para o que vc gosta, seja o mesmo que eu aprecio em mim...assim atendo teu pedido (LINDO!)

Vc é mais que um duelo entre a razão e a emoção, fico contigo!!!

Beijo com imensa ternura!!!

Milene Lima disse...

É, não invente de desfigurar essa alma que tanto aprendemos a gostar tanto. Quer mudar? Troque o apartamento pela casa... Sou meio sensitiva, algo me diz que está querendo fazer isso... Kkkk.

Beijo, pessoa encantadora.

Denise disse...

Não corro esse risco, Mi...a gente melhora essa aparência com o tempo, não é assim?

Como vc adivinhou, as mudanças são amplas, gerais, porém restritas...rsrsrs

Não entendo bem como é que esse bem querer acontece, mas, como disse pro nosso Mago, há muito amor dentro da gente - graças a Deus - e a parte mais bonita que enxergamos do outro, é espelho da gente (a feia tb, viu?...rsrs).

Beijos, menina adoravelmente inquieta!

Regina Rozenbaum disse...

Hum...desas_sossego? Hum... Mu_danças? Hum...in_quietude? Então tá! Sossego nessas danças que quietam a alma, né?!
Beijuuss, lindona minha, n.a.

Denise disse...

Essa é a ideia final, Rê...matou a xarada...rsrsrs

É preciso reconhecer o caminho, nós chegamos aqui pelo amor, viemos em paz...

Bjãozão, irmiga!