“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


26 de jul de 2011

Todo amor é perfeito...



Imagem Denise Araujo


O amor é perfeito - em qualquer forma, e lugar.

Estou chegando de um breve intervalo que chamamos férias, dias em que mergulhei em momentos de puro amor. Cercada de anjos disfarçados de pessoas comuns, enriqueci a alma sedenta desse afeto que não se encontra muito disponível por aí, infelizmente.
Não me faço de rogada, tomo o avião e me atiro no espaço que nos distancia, vencendo as milhas que nos permitirão compartilhar o ouro da riqueza que muitos almejam e poucos encontram - porque desistem de procurar. Na verdade, vejo laços invisíveis a nos unir, mas o que nos mantém juntos ultrapassa qualquer entendimento - só é possível sentir.
Entre amigos preciosos e natureza extraordinária, vivi o prazer absoluto do silêncio entre uma e outra reflexão, experimentei chás enquanto degustava a companhia amorosa dos amigos que reencontrei nessa vida - e deles trago a essência que preenche meu ser, pois somos todos amor.
Cada dia era bálsamo e riso, descoberta e desafio, viagem e regresso, pergunta e resposta, troca e novidade.
Hospedei-me onde nada paguei - ao contrário, recebi!
O enredo desse passeio foi escrito celeste, reunindo protagonistas - todos os envolvidos - sem ensaio, mas com anseio!
Para arrematar a perfeita viagem de férias, andei por onde não conhecia, instigando o paladar e o olfato ao ser conduzida pela mão carinhosa de quem conhece minhas preferências - me mimando sem esforço, brindando-me com bons ouvidos à minha tagarelice, devolvendo com desenvolta articulação o agradável assunto em conversa estimulante.


Matei a saudade!
Recarreguei as energias!
E sou grata por isso!


14 comentários:

Mafia Sonora disse...

O amor é realmente perfeito, problema é o ser humano que gosta de complicar as coisas pelo caminho, beijão Denise :-)

Toninhobira disse...

Uma encantada férias para deixar a vida mais linda e o espirito em alta.
Que assim seja sempre amiga.
Um abração de paz.

R. R. Barcellos disse...

Isso é que é gozar férias... tem gente que as sofre. Parabéns!

Regina Rozenbaum disse...

"Hospedei-me onde nada paguei - ao contrário, recebi!" O que temos numa jornada dessas - que vc compartilha conosco em pura beleza - é uma constante troca, nunca um ato unilateral de benevolência do anfitrião. Na verdade, o maior agraciado nessa troca é, na maioria das vezes, o anfitrião. Ele oferece sua Prosperidade Externa, seja na forma de abrigo, alimento ou conselho, e recebe em troca a força e a novidade da Prosperidade Interna de quem está em viagem. O viajante pleno em aventura espiritual traz luz à casa do anfitrião e lhe dispensa esperança e entusiasmo!"O que é meu é teu, o que é teu é meu" já nos ensinou Abraão(Gen.18)
Beijuuss para os anfitriões e prá essa hóspede, andarilha amada minha, n.a.

Maria Tereza Venzke disse...

Denise, minha irmãzinha amada....

Esse reencontro, mais uma vez confirmou a máxima descrita no UCEM
" Dar é o mesmo que receber"...essa troca amorosa, não tem preço.
Sou grata por seu carinho e amizade...e por ser um dos personagens dessa história de reencontro de almas irmãs.

Palavras não conseguem descrever c/precisão os momentos compartilhados...mas sinto q estas...de Eckhart Tolle são apropriadas p/ este post.

"O amor é um estado do Ser. Não está do lado de fora, está bem lá dentro de nós. Não temos como perdê-lo e ele não consegue nos deixar. Não depende de um outro corpo, de nenhuma forma externa. Na serenidade do estado de presença, podemos sentir a nossa própria realidade sem forma e sem tempo, que é a vida não manifesta que dá vitalidade à nossa forma física. Conseguimos, então, sentir essa mesma vida lá no fundo de outro ser humano, de cada criatura. Conseguimos enxergar além do véu opaco da forma e da desunião. Essa é a realização da unidade. Isso é amor.

Beijos de luz no seu coração.

Toninhobira disse...

Lindo recesso Denise,numa fantastica renovadora viagem,guiada pelas mãos que encantam e fazem do viver, um canto de alegria e de esperanças.Brilhante amiga.
Um abração.
Um bom fim de semana de energias renovadas.

Denise disse...

É mais assim que vemos - e fazemos - né Clayton?...uma pena, mas sempre acontece alguma coisa que nos faz retornar ao simples...

Beijos pra vc tb!

Denise disse...

Obrigada Toninho, foi mesmo.
Renovada e agora com tempo para responder a cada amigo que passou por aqui!
Bjos

Denise disse...

Verdade Rodolfo, foram dias tão maravilhosos, que remetem ao prazer simples de estar com quem amamos, e nos dá tanto que transborda a alegria do simples fato de existir.

Bjos, Mago das emoções!

Denise disse...

Rê, nada preciso acrescer às tuas belíssimas ponderações - exceto estender o convite que foi feito a vc...junte-se a nós noutra oportunidade, vc vai sentir na pele o que as palavras não deram conta de contar, irmiga!

Bjãozão, amada minha!

Denise disse...

Tere, em teu coração gigante abrigas a mim e minha família - isso não tem como ser dito, apenas posso ser grata, e retribuir com o mesmo amor.

Amo-Tê, e isso é tudo que importa...saudade de um chá em tua companhia!!
Bjo imenso!

Denise disse...

Ela brilha em cores fortes, Toninho...como foi que soubes???..rs

Bjo grande!

Jorge disse...

Amor é perfeito pois com amigos mais que perfeitos nas suas imperfeições; mas minha amiga, como você sabe escrever, né? Um talento mesmo, como diz a nossa filósofa Regina.

Um ótimo retorno das férias!!
Um beijo em teu coração!!!

Denise disse...

Eu sempre (vi)vi o amor com essa ideia de coisa perfeita, nada é igual - e sua força nos melhora das imperfeições...

A Rê é uma escritora danada de boa, talentosa mesmo - eu gosto de escrever desde pequena, mas encanta-me mesmo, ler...incluindo os amigos queridos!

Boa semana, meu amigo.
Beijo carinhoso!