“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


15 de ago de 2010

Simplicidade


"Simplicidade é deixar o passado. Não as experiências acumuladas, mas deixar a dor. Aqueles que seguram a dor nunca podem ser simples. O fato de precisar passar por muitos estágios de aprendizagem, até chegar na simplicidade, é um paradoxo. Existe uma paisagem complexa antes de alcançar o calmo e simples mar. Esta é a virtude daquele que é espiritualmente antigo e também a posse daquele que é fisicamente novo. A atmosfera criada por aqueles que têm simplicidade faz com que todos se sintam confortáveis."

22 comentários:

Regina Rozenbaum disse...

Ah, então descobri pq me sinto tão confortável nesse te/sendo!!! Além de dizer...Êita trem bão, sô! rsrs
Beijuuss n.c.

www.toforatodentro.blogspot.com

Isadora disse...

Minha amiga, tanto caminho tenho eu para percorrer e alcançar a simplicidade. O passado, ainda que com dores fazem parte de nossoa história e não abro mão. As dores já se foram são passado.
Um beijinho

Denise disse...

Rê, tirando o exagero - ou excessiva generosidade - um dia espero chegar lá, a estrada é um "estirão", e quando a gente se ilude que está perto, contornamos a curva e vemos que o chão ainda não terminou...

Quando no caminho, encontramos novos caminhantes, o rigor da paisagem parece suavizar, e a estrada, dividida no percurso, se torna uma alternativa mais atraente - alguns caminhantes ficam pelo caminho, pq não estão no mesmo ritmo, ou pq o objetivo da caminhada é diferente, e, nas encruzilhadas, optam por diferentes direções.

Êita trem bão ter encontrado vc, amigamada!!!

*Não esquece, segura na mão de Deus, e vai...

Bjo carinhoso, até breve, muito breve!!

Denise disse...

Isadora, só posso falar de mim, pq de mais ninguém estou autorizada - o passado é uma bandeira que a gente carrega, um brasão construído pelas famílias, sonhos e vida que não merecem ser esquecidos. Então, acho que a gente confunde bastante o que "soltar", e o que "prender"...até que, naturalmente, ou por força de um evento, tudo vai se acomodando. Mas é doloroso esse processo do desapego, embora o saibamos necessário. Mas concordo plenamente com vc: não abro mão da vida vivida. Seria viver sem referência, ao léu, sem a bagagem que faz o que somos hj. Mas não mesmo, é muuuuiiita coisa maravilhosa pra fazer de conta que não existiu - reverencio com amor!!

Beijão, amiga. Um domingo perfeito no teu querer!

Malu disse...

Denise, sempre palavras belas, leves e de grande ensinamento...
Gosto de estar aqui.
Um beijinho

Denise disse...

Olá, Malu, fico feliz com tua presença aqui, sempre!
Compartilho o que inspira minha caminhada, já feita, a presente, a programada, a futura...como estamos seguindo num mesmo tempo, neste momento, dividimos mais que o caminho, a caminhada, né minha amiga?

Beijão, boa semana pra vc!!!

Marilu disse...

Querida amiga, as melhores coisas da vida, são sempre as mais simples...Tenha uma linda semana..Beijocas

Denise disse...

Concordo, Marilu - a gente perde tempo olhando para o glamour das coisas, mas vai aprendendo que quanto mais simples, mais TUDO.

Menos é mais, e não só na decoração ou estética das coisas...

Boa semana, minha amiga.
Bjo carinhoso!

Merlaine Garcês disse...

Olá Denise!
Muito belo seu blog,seguindo!
Conheça o meu >>
http://wwwautenticidade.blogspot.com

Cida disse...

Porque será que o ser humano tem a mania de complicar tanto a vida, não é amiga?

Vamos viver a simp..........LICIDADE.
Pois é aqui que mora a fe...LICIDADE.

Beijão

Cid@

Ivana disse...

Oi moça,

A simplicidade faz moradia no meu coração, nele está o amor que tenho pelas pessoas e a inspiração
dos meus versos. Simplicidade? Sou sim, meus versos são feitos de sentimento, onde existe sentimento existe a pureza e ser puro é ser simples. Uma semana cheia de amor para você!

manuel marques disse...

A simplicidade é a consequência natural dos nossos sentimentos .

Beijo.

Mari disse...

Bom dia minha querida...

A simplicidade da vida é a melhor coisa...não sei porque o ser humano aprecia tanto complicar as coisas.
Eu, depois que me deixei envolver pela simplicidade...tenho sido bem mais feliz.
Beijos

Denise disse...

Olá, Merlaine, seja muito bem-vinda no Tecendo Ideias - é um prazer receber novos amigos!
Irei conhecer seu espaço, com certeza.

Uma ótima semana pra vc!
Bjo

Denise disse...

Olá, amigavó! Concordo contigo, e tb não entendo pq fazemos tanto essa distorção...só serve pra afastar a gente da essência, que é simples.

Boa semana, amiga querida.
É muito bom ter vc de volta!!

Lúcia Soares disse...

Oi, Denise. Também concordo que o passado não pode ser simplesmente ser posto de lado. Mas não se pode é ficar preso, sofrendo, remoendo. Passou, que fique em bom lugar na memória, mesmo que demore a passar a dor, visto que se forem alegrias a guardar, essas são sempre boas de rememorar.
Boa semana!

Denise disse...

Ivana, querida, que bom usufruir da simplicidade e da tua amizade, além dos teus versos tão bonitos e sensíveis - revelam-te!

Boa semana, cheinha de alegres momentos e mergulhada na paz!!!

Denise disse...

Vamos aprendendo, não é Manuel? Ordem natural tb da vida...
Boa semana, amigo querido!
Bjos

Denise disse...

Bom dia Mari, que bom te encontrar aqui querida!!

Pois então, posso dizer que tb fui por esse caminho, e percebo que a diferença se faz em tudo, desde os pensamentos, que são a criação primeira das coisas, não é?

Boa semana, minha amiga, com muita paz e alegria no coração!

Denise disse...

Bom dia, Lúcia!!

Apoiada!! Que assim seja para que a vida siga seu rumo, e possamos reunir os ensinamentos com tranqüilidade e sabedoria. A dor serve para ensinar, não para ferir...

Beijo grande, fiquei feliz por te encontrar aqui!!

M. Sueli Gallacci disse...

Sábias palavras, amiga!

Ser simples é o segredo da elegância, do bem viver, e de aproveitar o melhor da vida... é jogar fora o fel e distribuir o mel...

Só atingimos este estágio quando aprendemos a enterrar um passado (talvez) equivocado e valorizar o que temos hoje... Começamos a morrer a partir do momento em que nascemos... Ser simples é valorizar cada dia, cada minuto, cada segundo vivido.

Um Gde Bjo.

Denise disse...

Pois é Sueli, o problema está em carregar o passado, não em tê-lo. Isso pq no presente está a vida a ser vivida, e não tem como fazê-lo imersos em dores - simplifica muito dar em seu lugar o direito da alegria nos invadir. Simples assim, não é mesmo?

Beijo grande pra vc tb!