“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


21 de jun de 2010

A Revolução da alma.


Steve Hanks

"Ninguém é dono da sua felicidade, por isso não entregues a tua alegria, a tua paz, a tua vida, nas mãos de ninguém, absolutamente de ninguém. Somos livres, não pertencemos a ninguém e não podemos querer ser donos dos desejos, da vontade ou dos sonhos de quem quer que seja..
A razão da tua vida és tu mesmo. A tua paz interior é a tua meta de vida. Quando sentires um vazio na alma, quando acreditares que ainda está faltando algo, mesmo tendo tudo, remete o teu pensamento para os teus desejos mais íntimos e busca a divindade que existe em ti. Pára de colocar a tua felicidade, cada dia, mais distante de ti.
Não coloques objetivos longe demais de tuas mãos, abraça os que estão ao teu alcance, hoje. Se andas desesperado por problemas financeiros, amorosos ou de relacionamentos familiares, busca no teu interior a resposta para te acalmares, tu és o reflexo do que pensas diariamente. Pára de pensar mal de ti mesmo e sê teu melhor amigo, sempre.
Busca no teu interior a resposta para te acalmares, tu és o reflexo do que pensas diariamente. Pára de pensar mal de ti mesmo e sê teu melhor amigo, sempre.
Sorrir significa aprovar, aceitar, felicitar. Então, abre um sorriso para aprovar o mundo que te quer oferecer o melhor.
Com um sorriso no rosto, as pessoas terão as melhores impressões de ti e tu estarás afirmando para ti mesmo, que estás “pronto“ para seres feliz.
Trabalha, trabalha muito a teu favor.
Pára de esperar a felicidade sem esforços.
Pára de exigir das pessoas, aquilo que nem tu conquistaste, ainda.
Critica menos, trabalha mais.
E não te esqueças, nunca, de agradecer.
Agradece tudo que está na tua vida neste momento, inclusive a dor.
A nossa compreensão do universo, ainda é muito pequena para julgar o que quer que seja na nossa vida.



Aristóteles, sempre atual.
Texto conhecido, mas...já foi refletido antes??
Se desejar, acompanhe pelo vídeo.


28 comentários:

ValeriaC disse...

Que texto cheio de sabedoria... Vivamos estas verdades em nossas vidas e nos permitamos a chance de sermos felizes!

Lindo dia pra ti amiga!
Beijos
Valéria

Denise disse...

Pois é Valéria, fazemos muito mais o inverso disso tudo - o texto é um alerta, um ACORDAR!! Como esquecemos repetidas vezes coisas importantes, trouxe o texto para lembrar-me - e a quem mais possa ajudar...

Beijos, um ótimo dia para todos nós!!

Malu disse...

Como sempre, tudo aqui é bem postado!
Belíssima escolha.
Aristóteles nunca deixará de ser atual.
Sempre sábia e doce Denise.
Um beijinho

elton disse...



** Quando me amei de verdade **



Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato.
E então, pude relaxar.
Hoje sei que isso tem nome... Auto-estima.
Quando me amei de verdade, pude perceber que minha angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra minhas verdades.
Hoje sei que isso é...Autenticidade.
Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento.
Hoje chamo isso de... Amadurecimento.
Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo.
Hoje sei que o nome disso é... Respeito.
Quando me amei de verdade comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável... Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo.
Hoje sei que se chama... Amor-próprio.
Quando me amei de verdade, deixei de temer o meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projetos megalômanos de futuro.
Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo.
Hoje sei que isso é... Simplicidade.
Quando me amei de verdade, desisti de querer sempre ter razão e, com isso, errei muitas menos vezes.
Hoje descobri a... Humildade.
Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de preocupar com o futuro. Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece.
Hoje vivo um dia de cada vez. Isso é... Plenitude.
Quando me amei de verdade, percebi que minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada.
Tudo isso é... Saber viver!!!


Charles Chaplin

manuel marques disse...

Bonito texto.

Beijo.

Julio Cesar disse...

Oi Denise...sabe de minha admiração por Aristóteles. Por isso quero ler com carinho antes de pronunciar-me.
(ouvi...ali na outra mesa dizendo: 'o que veio fazer aqui então?')deixa...vim aqui estar no meio de gente erudita, intelegente e amavel.
Nesse convivio, tudo de bom vim dar-te um oi, sentar, pegar o suco e desfrutar da leitura e das companhias.

não direi volto..porque não irei.
estarei aqui. inserido nos bites, ou melhor, na taverna, e irei depois de escrever aqui no guardanapo sobre aristóteles.
um bjim
Julio

Paula Betzold disse...

Denise, amei o texto!!!muitas coisas pra refletir... beijos

Rejane-Enajer disse...

Minha amiga, estou passando por
aqui, para te desejar um BOM SÃO JOÃO- vou dar uma pausa por uns dias para assistir uns filmes e fazer mais repouso - estou com hérnia de disco na lombar e ficar muito tempo sentada é péssimo!
Assim que eu voltar, nem precisa dizer né? kkkkkkkkkkk
Bjssssssssssssssss

Santa Imaginação disse...

Olá!!!Cheguei aqui através da Regina...e simplesmente AMEI!Gostaria de fazer um pedido, como faço para enviar seus posts por email, não achei a cartinha?
Bjs
Zu

A.S. disse...

Denise...

Que não se procure saber
quanto mede o universo!
Não se esbamje o espanto
em tema tão controverso.
Não se queira subir tanto!
Se não se pode medir o invisivel,
assente-se bem os pés
e fiquemos pelo incrivel
do que somos... do que és!

Beijos
AL

Eliane Clara Pepino disse...

Lindo claro!Nos energija,impulsiona p o bem,para renovar-se,agir!
Acompanho-te,sempre me inspira-me pelas músicas,posts,videos.
Amemos para sermos amados!Bjs.

Bill Falcão disse...

E lembrar que tais pensamentos foram escritos há milhares de anos...
O que prova que continua atual e que deve ser tema de meditação para todos nós, seja em qual época vivamos.
Bjoo!!

Denise disse...

Malu - sempre gentil nas suas observações - é muito gostoso te encontrar aqui!! Quando gosto de alguma coisa, divido com aqueles que gosto. Claro que não "servirá" para todos, mas me basta pensar que pra alguém possa fazer sentido.

Beijos, querida!

Denise disse...

Elton, esse texto magnífico do Chaplin tem lugar na vida da gente em qualquer tempo, pq atualiza a memória (a gente tem a tendência ao esquecimento) e auxilia na manutenção da auto-estima.

Como não tenho como te visitar...rs...pergunto aqui mesmo...como faz pra colocar em coment o link do vídeo, como fez?? (desculpe a santa ignorância de BIOS...rsrsrs)

Obrigada pela mensagem linda!

Denise disse...

Beijo Manuel - amigo sempre presente!!

Denise disse...

Ah! Julio e seu toque descontraído, um questionador incansável, que adotou o suco (nem pede mais café ou chocolate...rs) como bebida obrigatória enquanto pensa sobre questões mais sérias - e de jeito leve!

Oiiii...tudodebom vc aqui na taverna!!!
Bjos

Denise disse...

A gente passa grande parte da vida refletindo, né Paula? Isso é importante, mas não podemos esquecer de viver nesse meio tempo...rs

Boas reflexões, querida.
Bjinhos!

Denise disse...

Não precisa, Rê...rssssss

Bom descanso, guento firme essas "férias tuas"...rs...sei que voltará cheia de ideias - que usará para rechear os blogs de novas delícias!!!
Bjão, amiga!!

Denise disse...

Olá, Rosangela...Zu!!!
Muito prazer, que bom que veio, te receber aqui é um prazer verdadeiro - e não somente por vires lá do divã da nossa amiga Regina, mas que bom que seguiu as pistas dela e gostou quando chegou aqui. O presente que ela me fez te trouxe, e isso é muito legal...

Não habilitei esse envio, mas posso configurar.

Beijos. Volte quando quiser, sinta-se em casa!

Denise disse...

Que bonito, Albino! uma entrega ao Universo, sem ilusória ponderação...

Posso publicar??

Bjos

Denise disse...

Eliane, que legal minha querida!
Muito rico, quando, sem nenhuma pretensão, a gente serve de ponte para levar o que precisa nosso irmão! (até rimou...rs)

Sinta-se sempre em casa!
Beijos!!!

Denise disse...

A alma é imortal, não é Bill? em qualquer época que ela viva, estará subordinada aos 'ensinamentos'- do filósofo grego e das vivências que tiver!

Grata pela visita, a casa é sua!
Bjos

Elton disse...

Olá, Denise! Tudo bem?
Deixou-nos órfãos por alguns dias...rs

Ah, quanto ao truque do link não posso revevá-lo.
UM BOM MÁGICO JAMAIS REVELA SEUS TRUQUES...hehehe

Brincadeira!

A mágica é bem simples, porém muito poderosa!...:)

Vc vai precisar apenas recitar algumas palavrinhas mágicas tipo: "abracadabra", "sim sim salabin" ou "filho vc vai ficar uma semana de castigo SE..."...rs


As palavras são as seguintes:

TEXTO DO LINK

Onde,
URL é o endereço do site; e,
TEXTO DO LINK é o texto que vai ficar sublinhado. Ou seja, o link para algum site especificado.

A sintaxe do meu link ficou assim:

** Quando me amei de verdade **

Simples, não?

Mas tome cuidado ao usar esta magia! Há relatos de iniciantes que se transformarão em sapos, ou que desapareceram e nunca mais foram vistos...rsrsrs

Até +

Bjs

Denise disse...

Olá, Elton. Estou rindo aqui...rs
Adorável tua resposta, e quero agradecer pela aula simplificada, embora esteja morta de medo de virar um sapo ou...desaparecer!!! não posso deixar meus amigos órfãos por todo o tempo, não é mesmo???...rsrs

Assim que houver tempo vou tentar, e se não lembrar das palavrinhas mágicas que preciso dizer, grito bem alto pra vir me ajudar, combinado??? Obrigada, tá??

Bom fds pra vc, beijos!

Elton Rui disse...

Ola, Denise!

Cometi um pequeno erro: E agora minhas orelhas cresceram. Tenho pelos por todo o corpo. E estou emitindo um som estranho que desconheço totalmente...rs

Acontece q quando eu fui exibir a sintaxe pra se definir o link, a página automaticamente já converteu o texto em um link. Assim num adiantô nada...:(

Assim segue-se as devidas correções:

O texto para a criação do link, q era pra ter sido exibido abaixo de "As palavras são as seguintes:"
é o seguinte:

<a href='URL'> TEXTO DO LINK </a>

Onde prevalece a explicação anterior sobre o significado dos termos "URL" e "TEXTO DO LINK"

E, por último, o texto que era pra ter sido exibido abaixo de
"A sintaxe do meu link ficou assim:" é o seguinte:

<a href='http://www.youtube.com/watch?v=Pv1sIcBOAzI'>** Quando me amei de verdade **</a>


"e santa ignorância"...rsrsrs

Até +

Bjs!

Denise disse...

Olá Elton (que tb é Rui!)...bom dia!!

Muito obrigada pela delicadeza em voltar, socorrendo-me...rs

Não me parece que a transformação externa te tenha deixado alterado em atitudes...rs...não ouço nenhum rugido, apenas vejo seu ótimo humor (objeto de luxo nos dias atuais!!!) e disponibilidade. Obrigada, vou tentar...bem quietinha - se não acertar, não te conto, e se acertar, comemoro...rsrsrs

Até +
Bjos

Denise disse...

Tentemos, então, com uma linda canção...rs

eu apenas queria que você soubesse

Denise disse...

Ahhhhhh...que delícia!! deu certo!!...rs

Obrigada, Elton (Rui)!!!!!
Vou guardar a "aulinha" bem acessível para usar sempre!
Bjo!