“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


14 de mai de 2010

Voz Interior


"Buscar solução é ser leve. A forma como pensamos tem de ser baseada em princípios, baseada em confiança. Quando não há confiança há medo e dúvidas. Com confiança o som que escutamos é do coração e não do cérebro. Cérebro é lógica. Coração é voz interior, é suave. Precisamos mudar o padrão de ouvir com a cabeça e passar a ouvir com o coração. É com confiança que ouvimos a voz interior. É da voz interior que vem a verdade."

Mohini Panjabi

20 comentários:

Malu disse...

Sábio pensamento...
Um beijinho

Denise disse...

Bom dia, Malu!

O coração é sábio, né amiga?

Bom fds pra vc.
Beijos

Julio Cesar disse...

Oi Denise..nossa, quantas palavras de peso que muitos não conseguem carregar:
confiança, princípio, verdade, ouvir...

A lógica é exata, e por isso não necessita de confiança, porque não há variação no resultado (pensando na lógica pura da razão, do cerebro).
O coração lida com a possibilidade, lida com valores e alguns são voláteis. No entanto, este é o ambiente em que está inserido e que se sente a vontade (não na razão). Por isso, 'ele' se sente bem com os valores virtuosos acima...é alimento para 'ele'.
Particularmente, eu penso que confiança (e consequentemente sinceridade) é embasamento de uma relação. Sem ela, nada firmado é verdadeiro...então, nada é 'real', nada.
Um beijo hiper sincero em ti e com muita verdade lhe desejo uma excelente tarde.

Ivana Marisa Altafin disse...

Oi Denise,
Eu sou toda coração, às vezes até me culpo por isso!
Um abraço e um final de semana cheio de alegria no seu coração!

Cida disse...

Linda imagem para um texto perfeito!

Realmente, sem confiança, tudo se perde...

Beijão

Cid@

Denise disse...

Já sabemos, não é Julio...razão não cabe no coração, são antagônicos. Tua observação ratifica o pensamento.

Obrigada meu querido, tb desejo uma tarde maravilhosa pra vc.
Bjos


*Só mais tarde terei tempo para ver teus outros comentários...o que farei com muito carinho e atenção!

Denise disse...

Ser toda coração não deve provocar culpa, apenas cuidado...pra não se machucar em demasia, ou sem necessidade. Saber dosar sentimentos não é fácil....reprimir emoções, tb não.

Que gostoso teu carinho, obrigada!
Bjão

Denise disse...

Pois é Cida, o coração, quando emite "som", fica leve...e as mensagens flutuam...os sentimentos voam...achei imagem tão congruente com o texto...

Beijão procê tb!!

Graça disse...

Olá, minha querida amiga,

...das borboletas,
...das flores,
...do coração,
...dos pássaros!

Ainda nem solidificamos nossa bela amizade (nascente) e já tenho que dar uma pausa...preciso de tempo agora, pois estou me preparando para Missões (e talvez seja fora do Brasil, ainda não sei), mas mesmo aqui, é necessário um tempo todo especial para orações e reflexões.

Um beijo bem carinhoso!!
Grata pela visita nos meus Botões, amiga. Retornando, te dou um alô, fique certa disto!

Seu texto, como estou nesse momento particular de minha vida, tem tudo a ver comigo!!

Paz para vc, e todos os seus.

Denise disse...

Graça, a vida às vezes, pede uma pausa. Não te inquiete, apenas acate. Desejo que tua missão seja cumprida, se concretize e responda aos teus anseios - ou necessidades. Estarei à espera...algumas vezes precisamos convalescer, e contamos com o entendimento dos amigos. Fica em paz, volte a teu tempo. Aqui sempre encontrará borboletas, flores, pássaros e muito coração!
Bjo enorme!

O Profeta disse...

Hoje ofereci as cores da minha paleta
A uma amiga na sua dor
Ouvi seu choro ao meu ouvido
No fatalismo do desamor

Hoje o sono acordou-me
A nostalgia agitou suas asas cinzentas
Esqueci no acordar o ultimo abraço
E contei as nuvens que eram tantas


Doce beijo

Denise disse...

Olá, Profeta.
Todo poema carrega a marca do amor. Me ponho a pensar...todos sofrem por amor?

Obrigada pela visita. Sinta-se acolhido, sempre!
Um ótimo domingo!
Bjos

Françoise disse...

Que lindo texto, prazer em conhecê-la! Parece ser bastante sensível....
Bjos
Françoise

Taddeu Vargas disse...

Olá Denise! Mais uma vez tua sensibilidade, trazendo um texto oportuno e verdadeiro, premia teus leitores.
A sabedoria está em colocar isso em prática na vida da gente.
Beijão e bom domingo.

Regina Rozenbaum disse...

Denise, moça linda de viverrr, amada!
Será que um dia aprenderemos a ouvir nosso coração? Por mais provas que temos, que quando o ouvimos de verdade e não a razão, tudo flui e dá tão certo, insistimos em "escutar" a razão, a segurança, o outro, enfim...tudo menos ELE!
Beijuuss n.c.

www.toforatodentro.blogspot.com

Denise disse...

Muito prazer, Françoise!! É uma alegria te receber aqui, sinta-se em casa e acolhida com carinho.

Volte sempre, compartilhar é muito gostoso.
Beijos, ótima semana pra vc!

Denise disse...

Pois é Tadeu, aprendi um pouco com vc essa postura, esse olhar, essa doçura diante da gente mesmo. A leveza que é inerente ao sentimento doce que mora no mais íntimo de nosso ser. Desde então, presto atenção aos sussurros que ouço...

Obrigada pela visita, muito me honra e alegra te ter por aqui!
Beijo grande e ótima semana!!

Denise disse...

Não sei Regina, se faremos desse ensinamento uma prática, mas estou sentindo um movimento de despertar da consciência, algo que está decorrendo de uma nova postura diante da vida. Parece que o mundo está carente de atenção, carinho, ternura, tolerância, paz...os sentimentos estão ficando mais em evidência, procurando seu legítimo lugar nas nossas vidas. Tomara que nos ocupem por inteiro...

Bjão, boa semana, queridona!

Tati Pastorello disse...

Denise, obrigada por me trazer até aqui. Me senti em casa. Amo borboletas e cores, logo de cara já me senti contagiada. E suas palavras são sensíveis, verdadeiras, leves e reflexivas.
Obrigada pela oportunidade de conhece-la. Vamos aprofundar os laços!
Beijos.

Denise disse...

Que deliciosa surpresa Tati, encontrar vc aqui, e cheia de delicadeza foi chegando e tomando teu lugar no cantinho reservado aos amigos afins...que bom que vc chegou!! Seja muito bem-vinda, sinta-se em casa pq ela é tua tb, querida!

Estreitaremos os laços, certamente!
Bjo carinhoso pra vc!