“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


11 de mai de 2010

O que é, O que é?

Me arrepia!!!



Eu fico
Com a pureza
Da resposta das crianças
É a vida, é bonita
E é bonita...

Viver!
E não ter a vergonha
De ser feliz
Cantar e cantar e cantar
A beleza de ser
Um eterno aprendiz...

Ah meu Deus!
Eu sei, eu sei
Que a vida devia ser
Bem melhor e será
Mas isso não impede
Que eu repita
É bonita, é bonita
E é bonita...

E a vida!
E a vida o que é?
Diga lá, meu irmão
Ela é a batida
De um coração
Ela é uma doce ilusão
Hê! Hô!...

E a vida
Ela é maravilha
Ou é sofrimento?
Ela é alegria
Ou lamento?
O que é? O que é?
Meu irmão...

Há quem fale
Que a vida da gente
É um nada no mundo
É uma gota, é um tempo
Que nem dá um segundo...

Há quem fale
Que é um divino
Mistério profundo
É o sopro do criador
Numa atitude repleta de amor...

Você diz que é luxo e prazer
Ele diz que a vida é viver
Ela diz que melhor é morrer
Pois amada não é
E o verbo é sofrer...

Eu só sei que confio na moça
E na moça eu ponho a força da fé
Somos nós que fazemos a vida
Como der, ou puder, ou quiser...

Sempre desejada
Por mais que esteja errada
Ninguém quer a morte
Só saúde e sorte...

E a pergunta roda
E a cabeça agita
Eu fico com a pureza
Da resposta das crianças
É a vida, é bonita
E é bonita...

GONZAGUINHA

10 comentários:

*Mi§§ §impatia* disse...

Essa música é uma verdadeira lição de vida......adoro.....
Beijos.

Denise disse...

Viver é aprender, sempre.

E mais..."somos nós que fazemos a vida - como der, ou puder, ou quiser..."

Beijos, um ótimo dia pra vc, amiga simpática...rs

Julio Cesar disse...

...é tudo!
viver.
sem vergonha de ser feliz.
ser aprendiz.
assim...repetir...sem receios...
a vida é bonita...porque é vasta e rica...
indefinida porque pode, se quiser, e se puder, ser definida por você, pois é um universo de coisas e possibilidades,
mas que cabe a observancia particular, de cada um...
sofrimento ou alegria,...
mas...eu sou sei que confio na moça
porque sorte e saude é o que desejamos,
e para não perder-se em tudo isso,
o segredo é ter a pureza das crianças.
É bonita..é bonita, é a vida.

Beijo querida

Regina Rozenbaum disse...

Denise, moça linda de viverrr, amada!
Foi bom te linkar que aí acompanho mais garradinha nocê rsrs. E como nada acontece por acaso messsssmo... essa música, letra, veio hoje como uma luva. OBRIAGADA!
Beijuuss n.c.

www.toforatodentro.blogspot.com

Ivana Marisa Altafin disse...

Às vezes a vergonha nos impede de crescermos, de sermos felizes, só com a maturidade vamos nos soltando para a felicidade. A letra e a melodia são lindas. Um abraço!

Cida disse...

De passagem... e me encantando com o Gonzaguinha...

Lindo demais!

Abraços prá você amigavó

Cid@

Denise disse...

Que bonita ficou Julio, essa tua pequena reflexão a partir da música.
Tb penso como vc, cada um é um e em seus sentimentos não cabem definição, explicação ou análise. A gente é o que consegue ser, "melhora" o quanto se propõe a mudar, e evolui quando deixa de julgar.

Estou escolhendo a cor da tinta, e pesquisando alguns objetos de decoração para a taverna...rs

Beijos

Denise disse...

Que bom Regina, a gente não sabe quando é instrumento divino...rs..mas quando acontece, fico bem feliz!

E é muito bom ter vc por aqui...
Beijos e ótimo fds!

Denise disse...

Oi Ivana...a maturidade trás muitos ganhos, mas tira uma coisa importante: o gesso da alma. A gente entende, afinal, que ser feliz tb é cultivar a alegria, a criança livre que mora dentro da gente. Despojada de "vergonha", rola no tapete da sala com um neto, dirige cantando sem se incomodar com o que pensa quem vê, pára pra apreciar uma beleza que encontra, dá valor a coisas "pequenas" e subtrai outras como mesquinharia, palpites, ódios, pressa, dúvidas...viver é simples, a gente é que insiste em complicar...rs

Beijos, querida!

Denise disse...

Eu adoro, Cida!!

Viver encantada é bom demais!!!

Bjos amigavó!!!