“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


19 de fev de 2010

Aprendendo a conviver com quem se ama (6)



Capítulo 6

Escolhas


Sobre descobrir o que se quer (ser, ter e fazer), referente à relacionamento, devemos definir exatamente o que queremos ou aceitar aquilo que o universo nos trouxe?
"Com relação aos relacionamentos ou qualquer outra coisa na vida, gosto de ser muito específico sobre aquilo que eu escolheria. Depois de ser o mais específico possível, acolho o que aparece. E faço isso para nunca impedir Deus de realizar os milagres que arquiteta. Nunca tento dizer a Deus como alguma coisa deve ser exatamente, mas apenas qual é a minha idéia sobre ela naquele momento.
Walsch conta que nem sempre foi assim, muitas vezes tendo ignorado ou não dado atenção quando aparecia uma pessoa que naõ correspondia ao seu ideal de parceira perfeita. Até que "aconteceu um desses deliciosos acidentes da vida" e ele se apaixonou por uma mulher muito diferente da imagem que havia criado. Foi impossível recusar aquele ser humano extraordinário, fato que o fez notar o quanto havia perdido na vida ao insistir que pessoas, acontecimentos e lugares fossem da maneira como determinara. Perdera muito, mas aprendeu que as diferenças não deveriam criar lacunas, que são na verdade aspectos que se equilibravam com os dele. então, seu melhor conselho para quem procura um parceiro (ou qualquer coisa na vida), é que tenha uma idéia do que está buscando, mantendo-se aberto para descobrir que a bondade e a beleza às vezes vêm em embalagens absolutamente inesperadas. "Não rejeite, não descarte como inaceitável essa energia que vem ao seu encontro. [...] Algumas das partes mais esplêndidas da minha vida chegaram de maneira bastante inesperada e teriam sido consideradas inaceitáveis tempos atrás."
Neale confessa que sobre quando conheceu sua esposa, Nancy: "Quando ela surgiu na minha vida, não se ajustava a qualquer das imagens da pessoa com quem eu gostaria de passar o resto da minha vida. [...] a melhor coisa que fiz na vida foi dizer ao encontrá-la: 'Em vez de rejeitar imediatamente essa mulher, vou ver que tipo de presente Deus colocou na minha porta'. Graças a isso, acabei descobrindo que Deus tinha me mandado o maior tesouro que minha vida jamis conheceu."

2 comentários:

Pedro Luso disse...

Denise,

Vim para conhecer o seu blog, e, como gostei, pretendo voltar para acompanhar as suas postagens.

Tenha um bom fim de semana.

Abraços,
Pedro.

Denise disse...

Obrigada Pedro, pela visita e pelo comentário.
Seja muito bem-vindo. Será um prazer tê-lo por aqui.

Um ótimo fim de semana para você também.
Abraço amigo!