“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


24 de jun de 2013

Nasce Gustavo!

Quando o dia 08 de junho amanheceu, estávamos agrupados no corredor que nos traria o menino esperado, e ele chegou nos braços do pai. Sua réplica fiel!! Uma vez mais olhei para o rosto de meu filho, em miniatura. Gustavo chegou forte, pesando 3.730g, medindo 50 centímetros. Cabelos negros e olhos vivos, manso, sereno, perfeito, saudável. Um presente Divino!

Assistimos ao seu banho pela vidraça, embevecidos. Eu me apaixonei por ele no instante em que lhe pus os olhos, ouvi o choro, antes mesmo de lhe pegar nos braços!



Tudo foi lindo, mas o momento de maior emoção foi o encontro dos dois irmãos, na maternidade, horas depois. Cada um tinha presente para dar ao outro, e ansiávamos para ver a reação do maior,  com pouco mais de 3 anos, que foi de ternura e pleno reconhecimento daquele pacotinho que segurou nos braços, nos assegurando que era forte e não o derrubaria - mais do que segurar no colo, segurou o irmão nos bracinhos, se é que me entendem... emociona-me só de lembrar! Foi tocante, uma cena pra não esquecer nunca mais!

O segundo momento que vale o registro foi quando vesti meu neto com o macacãozinho usado pelo meu filho (o da foto!), como já acontecera com seu primogênito. Pensem numa réplica perfeita... era ele! Esse momento mágico também é para sempre em meu coração!

Foram 15 dias de noites e dias inteiros dedicados ao amor, trocas de fraldas e banhos num bebê que só reclama se está com o desconforto de fralda suja. Todo o tempo ele não incomoda, não chora, dorme feito anjo. Esse menino é um sonho real em nossas vidas!!

A mamãe valente passou bem desde o início, amamenta seu bebê e o nutre do amor mais bonito!

Sou grata por ter tido a sorte de ter uma nora que é uma filha, e que contou comigo para, mais uma vez, atender de um filho seu quando nasceu. Este é um dos presentes que a vida me deu -  assim como amigos queridos que, mesmo à distância, compartilharam meu momento de "vovozado"- como disse uma grande amiga. Rodolfo, um Poeta já conhecido de vocês, saudou a mim e ao meu neto com estes versos lindos, em seu Sete Ramos de Oliveira.


Muito obrigada, meu amigo querido!

Um rei chamado Gustavo
Nas terras do Sul nasceu
E meu canto é hoje escravo
Da mãe que o concebeu;
E outra mãe - a Poesia
Com orgulho e alegria
No seu colo o recebeu.

Volto feliz, mega resfriada, mas cheia de energia amorosa depois desses dias em que pudemos reunir todos, e eu, rodeada dos meus filhos e dos três netos, pude agradecer a Deus por estes milagres em minha vida!

18 comentários:

✿ chica disse...

Parabéns pela chegada desse netinho tão lindo que veio alegrar ainda mais a casa e tua vida! Felicidades! beijos,chica

Denise disse...

Obrigada, Chica!
Uma alegria partilhar com vcs este momento tão maravilhoso!
Bjos

RESILIÊNCIA disse...

Denise


Parabéns...que esta alma venha com mais amor para com todos...para com o mundo.

abraços...abraços

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida Denise
Fico tão feliz por vc!!
Sei bem da sua alegria...
Sejam felizes e abençoados!!!
Bjm festivo de paz e bem

Milene Lima disse...

Eu só não morro de inveja de você por ter uma delicinha dessas no colo, porque agora sou tia do Miguel e quero dar pra ele tanto amor como jamais dei.

Ah, Denise. Imagino a sua felicidade. O Gustavo lindo demais e já nasceu metido, sem cara de joelho. Hahaha...

Beije-o por mim assim que não estiver mais gripara.

Fique boa!
Beijo.

R. R. Barcellos disse...

E assim as festas juninas ganham mais uma data no calendário das alegrias.
Beijos e beijocas.

Denise disse...

Obrigada, Ari, meu amigo querido!

Gustavo faz parte de uma geração muito especial. Ele é um espírito que vem evoluído, trazendo uma energia amorosa que nos encanta e apaixona.
Beijo, obrigada por partilhar deste momento tão importante de minha vida!

Denise disse...

Rosélia, amiga querida, obrigada por tua presença calorosa, tuas palavras tão gentis. Estamos em festa!

Beijos

Denise disse...

Pois é Mi... o amor se derramando de norte a sul... estas criaturinhas tornam nossas vidas uma missão de amor!!

Ame muito seu Miguel, ele saberá retribuir esse afeto, trará inúmeros momentos de puro prazer e alegria - e então entenderá como é possível amar tanto...rs

Bjoca, moça querida, da galêga mega gripada, mas feliz DEMAIS!!

;)

Denise disse...

Pois é Rodolfo, este anjo se junta aos Santos todos e será, todo ano, celebrado por nós, com MUITO amor!!!

Festa em nossos corações juninos!!!
Bjos, Poeta querido!

Regina Rozenbaum disse...

O primogênito de uma de minhas irmãs se chama Gustavo e é tudim que o nome traduz! Depois dê uma espiada no google. Que seu neto Dê, mais um, traga sempre muitas alegrias a toda a família e que nosso PAI/MÃE lhe cubra de bençãos diariamente. Beijuuss felizes pra todos vocês e um especial procê...vovó lindona de viverrr!

Anônimo disse...

Que fofura!

Amor mais que perfeito, eles tem um cheirinho de aconchego tão bom!
Linda foto, seus olhos são pura emoção!
Bjs
Ivana.

Denise disse...

Obrigada, Rê, por essa energia amorosa, esse desejo tão bonito, que assim seja, pela vontade de Deus... meus meninos formam um time abençoado... são lindos... rsrs... sou louquinha por eles!!!! ;)

Os significados fortes do nome dos três é muito bacana, e somando essa molecadinha, sou uma avó cheinha, principalmente de gratidão!!!

Bjãozão, irmiga_mada!

Denise disse...

Obrigada, Ivana, tua percepção confere o alto grau de emoção, nesse momento. Fizemos muitos registros dessa cena, ele vestindo a roupa do pai, guardada por mim por mais de 30 anos, mas o maior de todos está impresso em mim mesma, escapando aí pelos olhos traiçoeiros...rsrs

Muito feliz em partilhar disso tudo com amigos especiais, como vc.
Bjos

Crônicas de Areia disse...

To numa enrascada, Denise.

Fiquei aqui pensando e refletindo. O que eu faço nessa hora? Será que uso de delicadeza, e traço um comentário gentil? Que nadaaaaaaa.

Faz festa. Lembro quando meu Felipe nasceu. Deus do céu. Minha mãe virou em dez avós diferentes. E eu imagino que você deve estar do mesmo jeito que minha mãe ficou.

Aliás, você é suspeita pra falar do netinho, viu!!!!!! rsrs. To brincando, minha amiga.

Faz festa, e muuuita. Vocês merecem. Seja você, seu filho e nora, e todos os que estiverem por aí, curtindo.

To um cadim afastado, frente a uma penca de compromissos profissionais, mas nem por isso deixo de acompanhar. E amei poder chegar aqui hoje, e achar todo esse bem querer teu.

Beijos enormes na família toda. Só por favor... fala pro netinho que esse frio e chuva toda logo passa, tá! Antes que ele comece a pensar se não era melhor ter nascido no Recife, ou Salvador, Natal... rsrs.

Denise disse...

Olha Marcio, teu comentário me fez rir gostoso, aqui...rsrs

Bom, sendo avó pela terceira vez, duas só neste ano...rsrs... imagino que a performance esteja aprimorada, mas nunca suficientemente... suficiente...rsrsrsrs

Sou louca por eles, e consegui ficar cuidando deste por duas semanas. Estou de volta, com uma gripe enorme, que só perde pra essa alegria que foi intensamente vivida por todos nós, celebrando a chegada deste anjo em nossas vidas... e olha, sou bem imparcial pra falar deles todos... é verdade verdadeira o que vejo-sinto-conto! ;)

Gustavo nasceu no norte do Pr, clima gostoso, quente, mas com um inverno rigoroso como o nosso - abençoadamente mais curto, então logo ele vai poder curtir o calor e o sol. E nosso amor, sempre a fazer festa em nossos corações!!

Bom ter vc aqui partilhando dessa festa!
Bjão procê!!

Maria Izabel Viégas disse...

Amiga querida,

fiquei muito feliz com teu menino Gustavo.
E como é bom esse sagrado exercício do 'vovozado'!
Penso, amiga, que quando somos pais sentimos que "nunca mais seremos sozinhos" e quando avós, e fui isso que senti, que assume-se a Ancestralidade! Temos agora alguém que nos olha e sabe que somos a sua 'História".
E isso é lindo!!!!
Abençoado seja por deus o Gustavo nessa sua jornada.
Que seja bela, que sejasm doces seus caminhos!
E que vcs sejam muito, muito felizes, amiga querida!
Parabéns, Denise!

Denise disse...

Que lindo Iza!!!

Vc cristalizou meu pensamento sobre isso, somos a ponta mais próxima desse fio que eles conhecem como história, poucos convivem com bisavós para lembrar com detalhes de conversas, fatos, situações que estivessem envolvidos... que bom ter essa missão de lhes contar sua história.. estou fazendo isso redigindo um livro dedicado aos meus descendentes. Acho que é minha melhor contribuição!

Beijos, queridona minha!!!