“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


30 de abr de 2013

Qual teu texto preferido?


Compartilhe!




Percebi, recentemente, as estatísticas que mostram qual texto foi o mais lido do Tecendo nos últimos meses. Um texto simples, curto, modesto...rs. Imagino que o tema, netos, nas buscas do Tio Google direcione para meu texto um montão de gente. Mas, cá pra nós, dos textos mais recentes, meu preferido é outro. Fui fundo quando elaborei meus sentimentos mais íntimos. Há seis meses falei bastante sobre mim, aqui...e este é o segundo texto mais lido do blog.

Se, depois da (re)leitura, quiser compartilhar aqui no Tecendo Ideias o que você escreveu - ou publicou - que possa chamar de um dos seus textos preferidos, vou adorar ceder o espaço para linkar você, e/ou publicar seu texto, na íntegra, com crédito e identificação da autoria, claro. Esta é a ideia original deste post, uma compilação de nossas preferências, vou ficar feliz se você participar desta ideia!!

* Deixe nos comentários de que maneira quer participar, com o link, se a imagem de seu post é para ser mantida e divulgada, enfim, você manda!


9 comentários:

R. R. Barcellos disse...

Denise, depois de ler teu belo Confiteor escolhi entre meus textos preferidos uma pequena crônica, cuja semente remonta à minha infância. Deixo aqui a URL:
http://seteramos.blogspot.com.br/2012/04/cronica-do-tempo-esquecido.html

Fique à vontade para incluí-la da maneira que você achar melhor. Beijos.

Milene Lima disse...

Eu não sei se é o meu preferido, mas gosto desse texto, até porque o tema é recorrente. O amor o vilão, eu a vítima. Hahaha...

Adorei a ideia, moça. beijo!


http://petalarrosadinha.blogspot.com.br/2010/12/o-embrulho.html

Regina Rozenbaum disse...

Que convite-proposta tentadora! Ao mesmo tempo dificílima...pelo menos pra mim. Não sei mexer com essas estatísticas e escolher o meu "preferido"? Quiném filhos...vc tem "UM" preferido? Ah Dê, me ajuda aí irmiga, sair dessa "proposta justa". Tô esperando sugestão rsrs.
Beijuuss lindona_maaada

Regina Rozenbaum disse...

TÔ pagando pra ver Bruxo escolher um poema/trova/777 preferido...
TÔ pagando pra ver Mi_nina escolher uma crônica preferida...
Tô pagando pra ver o seu texto preferido!
Eu tôpagando rsrsrs.

MARILENE disse...

Você me levou a verificar qual a postagem mais lida de meu blog. Eu gosto dela (rss). É ANJO DA GUARDA, publicada em 28 MAI 2011. Não costumo reler as publicações e talvez nem seja a minha preferida. Mas fico feliz por ter trazido tantas pessoas ao meu espaço. Bjs.

Lúcia Soares disse...

Oi, Denise. Obrigada pela visita e pelas palavras. Sou sua seguidora há anos, antes você me visitava em outro blog, o "De amor e de..." e era minha seguidora, também. Depois fiquei alguns meses sem escrever e abri o "Sem medida". Fui olhar, e se verificar, lá pela 9ª página dos seus seguidores, está o meu rostinho. rsrs.
Vou linkar este blog, para também não me perder de você. Depois vou ver seus outros blogs.
Um beijo, prazer grande em poder reler você. Fui no texto do seu aniversário, que marcou aqui, e adorei. Muito do que você escreveu pareciam ser minhas reflexões. O melhor bem que temos é a saúde, realmente, e de posse dela, com a família unida e em paz, nada mais precisamos, né? Só agradecer mesmo!
Beijo!

Denise disse...

Reuni as três escolhas - Rodolfo, Milene e Marilene - numa postagem linkando seus textos!

AGRADEÇO A PARTICIPAÇÃO DE VOCÊS, um gesto de extremo carinho!

Denise disse...

Rê, até passeei no teu Divã, mas me declaro suspeita pra te ajudar nessa escolha. A ideia principal nasceu quando reli meu texto e me vi ali, desnuda... apreciei meu texto pq sei onde fui buscar aquilo que escrevi... e vc toca o coração da gente, provoca o riso, a indignação, convida pra viajar junto e se entrega de um jeito adorável... não precisa ser O PREFERIDO. mas aquele que te toca...se quiser, me mande que incluo com imensa alegria!

Bjãozão, minha flor!

** Jogou fora tua grana...rsrsrrsrss

Denise disse...

Verdade, Lúcia, temporariamente nos perdemos uma da outra, que bom te reencontar, adorei!!!

A semelhança que tem as vidas da gente está na maneira como sentimos o que vivemos... a identificação me honra, obrigada pelo carinho!

Beijos, já te seguindo lá!