“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


21 de set de 2012

Tecendo 16






Da "Série Amar é" no Tecendo Ideias


6 comentários:

R. R. Barcellos disse...

Mas ora veja você!
Essa imagem pendurada
Me lembra, não sei por que,
Uma poesia amada...


Beijos, poesia.

pensandoemfamilia disse...

Certamente, amar é um admirar contínuo.
Bom final de semana,
bjs

Milene Lima disse...

Eu ainda tenho um livrinho desses... Muito bonitinho, adoro a pureza.

Amar é... Tão bom, né?

Beijo, galêga.

Denise disse...

Ah, Rodolfo..vc é um gentleman - teu carinho é um presente e tua sensibilidade transborda!

Beijos, poeta!

Denise disse...

Concordo, Norma...sem admiração, o amor não se mantém...

Um beijo pra vc!

Denise disse...

Eu sempre adorei esta forma singela de falar do amor...o amor é essa pureza que faz agente suspirar, né Mi??

Um beijo, queridona!