“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


13 de ago de 2012

O tempo que não leva embora o que sentimos...

E foi assim, há quase um mês, que nasceu a saudade de hoje...




Foi escrito pela Mi, num canto da praia azul, no zunido da música, no calor do encontro...saudade...né?



Fiquei com a incumbência de guardar...aqui é um bom lugar...


10 comentários:

Milene Lima disse...

Que lindeza...Um pouco de letra eternizando o que é retrato na nossa memória e coração. Já, já completa-se um mês desse passeio ao centro de uma coisa valiosa chamada AMIZADE, e eu ainda sinto uma saudade que só se renova.

Obrigada por ter guardado o meu rascunho.

Beijo, Dê!

Denise disse...

Pois é, Mi...trouxe-o e, como me pediu, tratei de guardar....mas avaliei bem e, como "depositária fiel" deste tesouro, resolvi que o melhor lugar era aqui...o original está bem guardado, mas a marca maior...essa está em cada um de nós!

Né?

Beijos, moça mais querida!

Si Fernandes disse...

Em todo o tempo amá-se o amigo e na angústia nasce o irmão.(Proverbios)
Usou com força uma caneta azul
e as frases de caneta, `cê não pode apagar. As lágrimas que caem deixam mais azuis as letras...Beijos!

Denise disse...

É bem verdade Si..o que está escrito não se pode apagar...seja no papel, seja no mar azul...ou no céu!!

Beijos!!!

R. R. Barcellos disse...

A flor da Milene
O único desenho que ela sabe fazer
É o único capaz de nos trazer
De volta o tempo que não passou
Presente sempre será
Eternizado na efemeridade
De um lenço, uma flor,
Nas palavras da amizade,
Nas lembranças do amor,
E vai por aí afora
Nesse verso que não chora
Saudade não vai embora
Mas saiu um pouco agora
Deu um pulinho lá fora
E já voltou sem demora
No desenho de uma flor
Nos escritos de outra flor
Que previdente a Poesia
Guardou porque já sabia
Que a saudade exigiria
Compartilhar qualquer dia
Conosco a grande alegria
De relembrar com amor.

Obrigado, borboleta,
Minha menina dileta...


E beijos de sol alagoano a todas!

Denise disse...

Ah, Poeta!!!...tuas palavras são como aqueles brilhantes incrustados nas jóias que brilham, mesmo à distância...teus versos são a jóia que enfeitam o caminho por onde passa, distribuindo esse carinho tão gostoso de receber...obrigada, Rodolfo, por tamanha sensibilidade e proximidade de nossos corações!!

Beijos, queridão!

Luma Rosa disse...

O amigo é o personagem que torna os nossos dias mais leves. É aquele que nos oferece o ombro nas horas tristes e os pés nas horas de felicidade! Parabéns pela linda amizade!! Beijus,

MA FERREIRA disse...

.. O tempo não leva embora o que sentimos...

Frase linda esta..

Alias toda esta demostração de afeto
me emociona......

Um beijo querida Borboleta...
Vc me enxerga com lente de aumento... e me le muito bem...

Um beijo na sua alma...

Denise disse...

Concordo com vc Luma, .nem sei mensurar o significado dos amigos em minha vida....se é que isso é possível....
Beijos, lindo domingo!

Denise disse...

O tempo passa, mas não carrega mesmo nossos sentimentos....assim eu sinto....e só vejo o que é possível, um tanto imagino, concluo, deduzo, mas...sentir, Ma, isso não tem jeito, vc é especial, e gosto de "te ler"....rsrsrs

Beijos, querida...no aguardo de minha voadora....rsrsrss