“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


12 de ago de 2012

Não dá pra deslembrar quem se ama!




Revisitei esse texto, dando-lhe um retoque breve. Eu o trouxe uma vez que no contexto atual, quase quatro anos depois, permanece atualizado.

* * *

Conversando com minhas memórias, como sempre faço, ouço risos e sinto saudade. Fecho os olhos pra ver o tempo...e ao entrar em suas ruas e avenidas pelas estranhas andanças das recordações, ainda dou de cara com rostos abandonados, esquecidos e desfigurados pela ação inconseqüente de gestos impensados. Tão logo os identifique, os vejo com os olhos do coração e os resgato de imediato!

Quando alcanço as memórias da juventude, posso sentir o amargor dos dissabores e o frenesi das descobertas, a inquietude do que não foi vivido e a deliciosa sensação da transgressão. A vida adulta se misturou no emaranhado das dificuldades e não encontrou mais o esconderijo das traquinagens juvenis. Essa fenda estreita ainda se abre e se fecha, num jogo interessante que pune e premia. Causa dor e alegria.

Um lampejo de algumas imagens por uma fração de segundos ainda suspende a respiração diante da traidora construção mental desses momentos distantes. Embora desbotadas, certas lembranças persistem e não se apagam, ao contrário, se multiplicam e revezam a presença.

Por isso hoje, só quero por companheira a magia do retorno da viagem que me compôs. Nesse caminho por onde andei tem os rostos que vi e que jamais serão esquecidos, porque não dá pra deslembrar quem se ama, impossível desfigurar uma imagem querida ou abandonar uma história de vida.

Há dias e noites que são longos demais, e é nesse tempo que eu construo impérios dentro de mim para abrigar para sempre os meus amores. É esse o lugar que visito sempre que conversar com minhas memórias necessito, arejando os cômodos dentro de mim, organizando-os enquanto organizo-me!!


2 comentários:

Regina Rozenbaum disse...

Não dá messsmo pra deslembrar de quem se ama...por isso tô aqui!
Beijuuss n.a.

Denise disse...

Que linda, vc, irmiga!!

Bjãozão procê, amada minha!