“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


19 de abr de 2012

Desistir?






‎"Desistir... eu já pensei seriamente nisso, mas nunca me levei realmente a sério; é que tem mais chão nos meus olhos do que cansaço nas minhas pernas, mais esperança nos meus passos do que tristeza nos meus ombros, mais estrada no meu coração do que medo na minha cabeça."

Cora Coralina

12 comentários:

Xipan Zéca disse...

Nóis é brazuca e não deséste... Ok

P.S.- Tu num entendeu ?
( O calor da amizade é uma delícia, né, Fagúia??...:) )

FAGÚIA = CENTÊIA
Entendeu agora... ? rsss

Beijo
Tatto

Santa Imaginação disse...

Lindo lindo!!!Amei...

Bjs

Zu

R. R. Barcellos disse...

Desistir não é saída
Para quem quer prosseguir;
Se queres viver a vida,
Desiste de desistir.

Beijos, Denise.

Marilu disse...

Querida amiga, o importante é nunca desistir de nada, seguir em frente e buscar nossos objetivos. Beijocas

MA FERREIRA disse...

Querida Denise....

Cora Carolina e sua simplicidade..

Enquando der a gente leva..

Mas se o fardo ficar muito pesado, melhor desistir e colocar nossa enercia em coisas mais leves.

Ta chegando...ta chegando..ebba..espero que goste...

beijinho e obrigada pelas palavras no meu blog.
Minha auto estima foi la no céu..rs

Fique bem!!

Denise disse...

Eu entendi, Tatto....só fiz graça com o Xipan...:)

Muitas vezes, desistir é renunciar ao irrecuperável, por isso, aprendi!

Bjos, a-mico querido!

Denise disse...

Oi Zu, que alegria te encontrar aqui, que bom que gostou - vamos reascender a chama, sempre???...rs

Bjos

Denise disse...

Foi esta a lição que aprendi, Rodolfo - pra sempre!

Beijos, meu poeta querido!

Denise disse...

Pois é Marilu, em muitas ocasiões a gente enxerga algumas alternativas, mas nem sempre todas ficam visíveis aos nossos olhos - e acabamos desistindo por falta de VISÀO!

Bjos pra ti!

Denise disse...

Ma, creia, é fato!

Vou gostar, certeza!! Te conto em seguidinha...rsrs

O fardo muitas vezes é criado por nós mesmos - a forma como "carregamos" a vida muda de acordo com a maneira que escolhemos vive-la...isto faz toda a diferença.
O aprendizado, quase sempre, vem tardio...mas as situações já vividas servem como referência para a caminhada que continua...torna a gente mais resiliente - por isso esses sentimentos lindos ditos pela Cora...valentia é o que ela passa, embalada pela sabedoria de quem aprendeu a viver...

Bjos, minha querida!!!

Fabio Baptista disse...

Tem coisas que não vale a pena insistir. E outras que não se pode nem pensar em desistir.

Duro é saber qual é qual.

Denise disse...

Verdade Fábio, sou prova viva disso...no meu caso, precisei apenas entregar-me, render-me Àquele que melhor sabe o que vale a pena insistir, e o que não vale investir...crença é assim,cada um tem a sua, né?

Bom domingo pra ti!