“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


13 de set de 2011

Metamorfosear dos astros!





Neste sábado eu presenciei um espetáculo da natureza que, apesar da intimidade com o cenário, não lembrei de outro dia em que eu tenha parado para apreciar desta forma. Num fim de dia em que o céu esteve magnificamente limpo, de um lado, o azul de brigadeiro foi sendo tingido pelo dourado do sol que resplandeceu por toda tarde que se despedia; enquanto do lado oposto, ela, majestosa, se levantava, redonda, cheia, sem nuvem nenhuma compondo o cenário que anoitecia, desmaiando a bucólica tarde.





Lá fiquei, deliciada a observar este metamorfosear da natureza, verdadeiro espetáculo - que ficou completo quando em minhas pernas pousaram as mãozinhas e, rostinho pra cima, um par de olhos cheios de vivacidade me captaram e, daquele sorriso de perfeitos dentinhos brancos, um som se fez canção dentro do meu coração. Isto equivale a ver o céu, e no seu máximo esplendor!


18 comentários:

Xipan Zéca disse...

Deny...

Tenho notado que todos estão diferencialmente e estranhosamente.. rss Apaixodados pelo esplendor da LUA...

Lindas fotos....
Beijuuuuu
Tatto

Maria Tereza Venzke disse...

Lindo....

Por aqui tmb presenciei esta beleza cor de prata refletida na lagoa...
E melhor do q isso foi o chamado da minha filha p/ compartilhar esta Ode à sensibilidade e à beleza.


bjus de luz

She disse...

Ahhhhhh que coisa mais linda, Dê! O momento, as fotos, a imagem e a forma poética que descreveu tudo, inspiradíssima, AMEI! :D
Beijo, beijoooo
She

RESILIÊNCIA disse...

Denise

Não só a natureza se transforma, nossas almas também... principalmente quando olhos de ternura, procura-nos em busca de amor.(q. vovó coruja)

um grande abraço

Milene Lima disse...

D-E-S-L-U-M-B-R-A-N-T-E!!! E eu aqui imaginando a cena da figurinha compartilhando contigo esse momento, se encantando sem nem saber direito porque.

Lindo, Denise, lindo!
Beijo!!!

Ivana disse...

Denise,
Hoje meu dia foi bem corrido(planos de reforma). Voltando de casa, após o almoço, vim pensando que a primeira coisa que eu iria fazer era te visitar, e ao entrar na Reserva vejo seu comentário, vim direto pra cá. Amei as fotos e o texto que encheu meu coração de ternura como pétalas de flor caindo ao chão. Minha irmã vai ficar feliz de receber seus parabéns. Que seu dia seja tão belo e terno como suas fotos e seu texto. Bjs

Regina Rozenbaum disse...

Acho que vou me sentir no próprio céu quando o fruto do meu fruto se conectar assim...Espetáculo da natureza,metamorfose de vida. Dessa Dê, que sempre digo, que vale a pena de ser vividamente VIVIDA.
Beijuuss, irmigamada, n.a.

Denise disse...

Oi Tatto...rsrs...no meu caso, o paixonamento se deu pela troca simultânea de cenário - e pela companhia, claro...rs

Eu vivo com a máquina à mão, amo fotos, mas a foto da lua não tem a luminosidade que eu via lá...postei pra compartilhar.

Bjãozão, a-mico!!

Denise disse...

Nossa Tere, posso imaginar a beleza, e a tua lindeza de filha desfrutando desse paraíso...desse presente Divino.
Um beijo grande pra MINHA família TODA!...rsrs

Denise disse...

A inspiração, She, fica sempre por conta da permissão de viver essas belezas - eu me permiti estar ali, fui presenteada...e meu pequeninho me faz transbordar mesmo, todo o amor!

Bjão, querida!

Denise disse...

É verdade Ari, em comunhão com aquele momento, havia uma energia amorosa canalizando as sensações despertas pelo espetáculo da vida, da natureza.

Eu sou coruja, assumida e feliz!!!...rs
Beijo carinhoso, meu amigo querido!

Denise disse...

Nem me fale Mi...eu peguei no colo e apontei a lua...ele olhou e voltou o olhar pra mim, rindo como se entendesse o que eu quis transmitir.

Deve ter sacado a cara da vó, né?(esse é um cara inteligente que lê a mente feminina...manja?...rsrsrs)

Bjo grande, moça querida!

Denise disse...

Oi, Ivana, que comentário mais querido esse teu!!!
Fiquei feliz com a coincidência...rs.
Que bom que os encontros têm acontecido com essa ternura própria de quem se quer bem, né minha amiga?

Meu dia foi ótimo, e estar agora compartilhando com vcs, o torna melhor!

Adorei a visita!
Bjo com carinho!

Denise disse...

Acho que vai Rê!! Não tem como não acontecer esse derretimento todo, essa fluidez amorosa que a gente só conhece quando eles chegam...vc vai amar, sem dúvida!!!

e o espetáculo é a própria vida, que vale SIM a pena de ser vivida, vividamente!!!

Bjãozão, amada minha!

Cristina disse...

Lindo mesmo ver a natureza e toda sua simplicidade. Vivemos num mundo tão corrido que as vezes nem paramos para apreciar a beleza de um entardecer. Que bom que você nos propiciou isso com suas fotos. Um grande abraço!

Denise disse...

Tirei tantas, Cris...vou postar...

A gente não para muito pra olhar pro céu, nas cidades grandes. Vc já viu uma noite estrelada num céu de interior? Nooooossa, é inexplicável!!!

Que bom te ver bem disposta, Cris, beijo grande queridona!!

Toninhobira disse...

Deliciosamente lindo sim com toda força da sensibilidade.Captou um momento magico amiga.
Parabens pelas belas imagens e refletir.
Bela atualizada na sua pagina,inspiradora.
Meu terno abraço de toda paz e luz.
Bju.

Denise disse...

Oi Toninho, minha fonte inspiradora é responsável pela atenção redobrada aos elementos que nos cercam, e sequer olhamos - vê-los, é muito mais...

A presença constante dos amigos queridos me anima a encontrar tempo para estar aqui, compartilhando. Que bom que vc faz parte desse time!
Um grande abraço, com afeto.