“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


2 de abr de 2011

Pensando 28




Da "Série Pensamentos" no Tecendo Ideias


2 comentários:

manuel marques disse...

"Espero a primavera todas as manhãs... Que se abram, outra vez, as flores do teu sorriso."

Beijo.

Denise disse...

Mas que lindo, Manuel!!

AMEI!!!

Eu aprendi com Cecília Meireles que posso deixar-me cortar e voltar sempre inteira, a cada primavera.

Beijo amigo querido!