“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


27 de jan de 2011

Autoria desconhecida



16 comentários:

Regina Rozenbaum disse...

A gente vai cuidando...aduba daqui, corta as ervas daninhas ali, aduba acolá...e chega o dia do florescer!
Tô esperando as fotos, visse?
Beijuuss n.c.

Marilu disse...

Querida amiga, tenha um lindo final de semana. Beijocas

Bloguinho da Zizi disse...

Denise
Ouso dizer que o meu jardim está cheiiinho de borboletas. Algumas chegaram sem que eu percebesse e trouxeram um novo colorido para a minha vida, me ensinaram e ensinam a arte do desapego, do perdão, do amor incondicional.
Algumas delas me fazem deitar no divã e pensar, outras me ajudam a despertar na luz, ainda há as que me mostram a essência da flor,e tem também as que me ajudam a tecer minhas ideias.
Existem muitas outras, lindas e coloridas, todas refletem a luz do sol e sou grata por estarem no meu jardim.

Malu disse...

Lindo.
Beijinhos e bom fim de semana.

manuel marques disse...

Não serve de nada correr; é preciso partir no momento próprio ...

Beijinho e bom fim de semana.

Cristina disse...

Denise querida! Lindo texto, retirei dele muitos ensinamentos para minha vida! Eu estou tentando cuidar do meu jardim, chamei um jardineiro para me ajudar: Jesus! Ele tem me ensinado a podar, regar e sentir o perfume das flores. Obrigada por tanto carinho para comigo e pelo apoio. Ainda tenho um tempo sem andar, mas logo isso vai passar. Um abraço e que Deus a abençoe!

Denise disse...

Isso mesmo, irmiga...no jardim moram as flores, as cores, a vida que erva daninha nenhuma consegue consumir. Um dia, floresce!
Vou colocá-las pra vc!
Bjossss, Rê(zina da Grória amada - minha e do Peludin!)

Denise disse...

Desejo o mesmo, Marilu.
Bjo com carinho!

Denise disse...

Ziziiiiiii...sua danada!!
Vc reuniu uma turminha conhecida nesse jardim...a-do-rei!!

As pessoas são como as estações, entram na vida da gente e constroem conosco nosso caminhar. Que tenha vida longa essa estrada compartilhada, queridona!
Bjos pra vc!

Denise disse...

Pra vc tb, Malu.

Carinho meu com beijo alegre pela tua presença!

Denise disse...

Manuel, amado amigo, sempre presente e encantador - carrega consigo o ensaio do poema que divide onde passa...obrigada por ser tão especial!

Bjo e ótimo fds!

Denise disse...

Cristina, não é a primeira vez que vc chega aqui em meio às flores.
Fiquei feliz por te encontrar aqui - o carinho é a for,a forma de mostrar a preocupação e a tua importância pra mim.
Teu ajudante é o melhor que existe. Esse jardim vai explodir em cor, cheiro e beleza. Uma profusão de vida!!!
Bjo GRANDE!

Flávia - Compartilhando Idéias... disse...

Sério que este texto maravilhoso tem autoria desconhecida?
Certamente foi escrito por uma pessoa linda por dentro, sábia e vivida.
A vida me ensinou que as borboletas vêm sim, mas ao seu tempo e se merecermos.

Aproveitando que estou aqui quero agradecer a sua amizade e suas visitas ao meu humilde blog. Adoro seu carinho!

Um beijo grande.

JOE ANT disse...

Não basta ter desejos!
Temos que fazer por merecer flores no nosso jardim.
Sá assim as borboletas virão para o nosso lado.
Mas há borboletas boas e más.
Temos que saber aceitar tudo!

Denise disse...

Flávia, minha linda amiga, feliz fico eu quando encontro ressonância de almas, identificações sutis que mostram que os encontros não são ocasionais...

As borboletas pousam onde encontram perfume e alimento - saber esperar esse pouso é nossa lição...

Um ótimo domingo, bjos.

Denise disse...

É verdade, Joe, recebemos de tudo, o que atraímos - e/ ou o que criamos.

Esperemos receber as borboletas, e pousar em belos jardins...