“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


18 de jul de 2010

Somos como os ovos...



Engraçado, abri os olhos esta manhã e tinha uma imagem diante de mim: um ovo.
Sonhei? - Não sei, mas olhando pra ele, o pensamento acompanhou sua forma, sua estrutura, e então entendi a analogia: somos como os ovos. O que vemos olhando para um? A casca! Ela guarda e protege o conteúdo. Todos têm gema e clara dentro. Todos os ovos são iguais...são??



Não, já por fora são diferentes!






Lá dentro é igual! Também não, tem aqueles que têm gema maior e menor quantidade de clara, tem gema bem amarelinha e outras quase laranja! Tem até ovos com duas gemas! Definitivamente, não somos iguais!






O conteúdo só aparece depois de quebrada a casca. É de dentro pra fora que somos, e, apesar de semelhantes, somos únicos.






O que envolve os outros - e a nós próprios - podemos chamar do que quiser, e vermos da forma que quiser - a essência está guardada lá dentro, e por mais que a gente especule, conjure, elucubre, projete e deseje, cada um é o que se formou.






A forma não se altera...engano!
Muda sim!
Ora por força da água quente - endurece!;
por conta o óleo pelando - enrijece!;
na batedeira - desintegra!;
na geladeira - permanece!





Quanto mais nós mudamos, as tantas alterações que sofremos, mais prontos para a vida ficamos.
Vale lembrar outra similaridade: a validade. O conteúdo vence se a gente não consumir a tempo. A vida pode terminar antes da forma se alterar, e a gente ter sido apenas...a célula que não se desenvolveu.






20 comentários:

Ivana disse...

Olá Denise,

Tudo mesmo vem de dentro para fora, desde o início da vida quando dentro do útero o bebê sente o amor ou a rejeição da sua mãe. Crescer em um ambiente harmonioso e com amor, contribue com o desenvolvimento intelectual e emocional. Até mais, um abraço!

Cigana do Oriente disse...

Adorei! Realmente podemos ver sabedoria e ensinamentos em tudo na vida!
Beijos em seu coração!

Denise disse...

Olá, minha querida!

Eu acredito que sim, tudo vem de dentro pra fora, e vc ilustra isso desde o início da vida...não tinha me ocorrido, mas pensar e coçar, vai de começar...rsrs
Abraço quentinho pra espantar o frio!

Denise disse...

Ai, Isa, eu me entreguei pro devaneio hj...rsrs...confesso!
Mas não deve ter sido à toa que esse ovo surgiu, né?...e eu ia pensando e as imagens que postei, vindo...corri pra não perder nada...rssss

Bjos e que venha uma semana maravilhosa!!

manuel marques disse...

Se não temos liberdade interior, que outra liberdade esperamos ter?

Beijinho.

Rafael disse...

Eu gosto de ovo, é bom.
:P
bjs

Regina Rozenbaum disse...

Dê, moça linda de viverrrrr, amada!
RESSONÂNCIA PURA...Realidade emocional que venho aprendendo através da minha expervivência. E ela só acontece quando aceito as minhas imperfeições assim como as das outras pessoas, quando faço esse aprendizado EM PARTICULAR, quando liberto minhas emoções EM PARTICULAR e quando aceito o fato que SOU, na verdade, uma pessoa muito sensível e emotiva e páro de brigar comigo mesma... Aff amiga, dureza. Pelo menos uma "vantagem" euzinha tô tendo: nunca fui de caçar pêlo em casca de ovo !rsrs
Um final de domingo ILUMINADO prá vc, amiga.
Beijuuss n.c.

www.toforatodentro.blogspot.com

Denise disse...

Pois é Manuel, ou somos, ou somos. Não tem jeito...
Beijos!!

Denise disse...

rs...eu tb gosto Rafael, e muito!

Bjos!

Denise disse...

Adorável amiga, define pra mim expervivência, please...PRECISO imortalizar!!

AMEI!
Bjos, amada!!!

* Eu fiquei tão atenta ao interior do ovo, que não vi...tinha cabelo???...rsssssss

Maria Tereza Venzke disse...

Amaaaada!

Insigth fantástico....

bjkas

Denise disse...

E não é que foi, Tere??...rs

Tudo a ver com nossas conversas, apenas fiquei "atenta"...rs

Bjokas, maninha!

Françoise disse...

Nossa , que texto lindo. Me vi nele quando acho que nao aproveito tudo o que a vida me oferece mesmo que sejam desafios a superar. Quero que a forma do meu "ovo" se altere sim, não quero que permaneça na geladeira sempre do mesmo jeito. Quero estar pronta para a vida!!!! Preciso correr, rs....
Beijos

Denise disse...

Ah! Françoise, que delícia te ler e ver que uma reflexão minha alcançou outros corações - teve importância pra alguém.
Aproveita pra mudar a forma...sai da geladeira...rsrsrs
Bjo enorme, fiquei FELIZ com tua presença!

Cida disse...

E depois de tudo isso, amigavó, acho que você se parece muito com um ovo de Páscoa!!...:)

Todo mundo gosta, todo mundo quer, e vem recheadinho de coisas boas!...rs

Beijo no core

Cid@

ⓣⓔⓡⓔⓢⓐ ⓒⓡⓘⓢⓣⓘⓝⓐ disse...

Oiee....muito boa reflexão!!
Obg por compartilhar.bjss♥

Denise disse...

Os olhos generosos ampliam nossas virtudes mais que as lentes especializadas...rs

Obrigada, Cida, pelo carinho e por estar aqui, enriquecendo meu cantinho.
Vc é muito querida - por mim!
Bjos, boa semana amigavó!

Denise disse...

Oi Teresa, compartilhar é a ideia - que bom que gostou.

Boa semana, bjinhos querida!

Jorge Pimenta disse...

olá, denise!
como é possível estabelecer-se um paralelismo tão directo entre o homem e o ovo?
para ler (com cuidado) e não deixar de ler (ou amachucar).
um beijinho!

Denise disse...

Oi Jorge, tb eu tive essa sensação, mas olha, "saiu" sem qualquer controle, simplesmente "deu-se"...rs

Bjos, adorei a visita!