“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


17 de jul de 2010

Aprendendo...




Em um dia de acentuada tristeza, recebi uma espécie de “tarefa” e, mergulhada naquele sentimento, queria entender sua função, qual o ensinamento que poderia vir dali. A instrução era: aleatoriamente, abra o livro. Leia. Duas coisas maravilhosas aconteceram, em seqüência e por conseqüência. Acomodada, com a mente quieta, abri o livro - queria mesmo conversar com Deus. Primeiro me deparei com a preciosa dicotomia: “Deus está na alegria e na tristeza, no doce e no amargo. Há um propósito divino por trás de tudo – e, portanto, uma presença divina em tudo.” (Neale Walsch). Era a resposta, que foi ficando mais clara à medida que avançava na leitura. Como um passe mágico, a serenidade inundou minha alma, e meu corpo relaxou por completo.

Eu pensava que estava por fim respondida a questão, que eu entendia perfeitamente, tinha a ver com mudanças profundas, as quais restringem meus passos – sim, ainda não pude transformar-me completamente. Debatia-me com “o alicerce da vida”, intimamente sabendo que muitas roupas não me servem mais, não adiantando, portanto, guardá-las! Ter a consciência do fato não basta para que mude, então resolvi que teria de rever algumas coisas – mesmo relutante.

Como estava absorta na leitura, e tinha abandonado os devaneios, quando li parte de um parágrafo, deixei que o riso invadisse o silêncio da noite...

Assim diz: “...mantenha as suas crenças e aja de acordo com os seus valores, porque estes são os valores de seus pais, seus avós, seus amigos e a sua sociedade. Eles formam a estrutura de sua vida, e perdê-los seria desfiar o tecido da sua experiência. Ainda assim, examine-os um a um, parte a parte. Não destrua a casa, mas examine cada tijolo, e substitua aqueles que parecem quebrados, que não suportam mais a estrutura.”



Estou em obras - pensei. Depois disto agradeci, satisfeita e serena. Sonolenta, adormeci para saudar o novo dia com uma novíssima disposição. O melhor de tudo, é que o aprendizado não ficou lá, preso nas páginas do livro – saltou (ou soltou?) das letras para invadir – e transformar - meu dia-a-dia.


12 comentários:

RESILIÊNCIA disse...

Denise


Feliz dos que em obras... renascem, reaparecem a cada manhã, renovando esperanças, reconstruindo almas,e fazendo da vida um lindo combate e enfrentando o cotidiano com amor.

um grande abraço

neli araujo disse...

Oi, Denise querida!

Gostei da tua reflexão!

Uma verdadeira "Epifania", não é mesmo, amiga?

E que sensação de completude!

Tenha um domingo abençoado!

beijinhos,

neli

Luaaz disse...

Adorei a imagem dos rostos,
mas, é claro que também adorei o seu texto.
Beijoo

P.S: Amei as frases que estão na margem direita do fim da página!

Zezinha Sousa disse...

Que delícia ler esse texto,Denise.
É sempre muito gratificante passar por aqui, já estou com saudade, amiga.Bjos!!!

Um ótimo domingo pra vc!

Cida disse...

Olá amiga!

Aproveitando uma insônia que se apoderou de mim, vim passear pelos blogs...rs

Lindo texto este teu!! Me tocou fundo, e estou quase que agradecendo à insonia que me trouxe até aqui :)

Um abraço bem afetuoso prá você.

Boa noite!

Cid@

Denise disse...

Ari, bom diiiia!
O meu está muito melhor depois de te encontrar aqui, meu poeta favorito!
Este eterno desconstruir e refazer, aprendi que pode ser com amor - só assim aprendo bastante, eliminando a dor. É como dar um mergulho e sair lá na frente das ondas, ar novo, visão ampla das águas, serenas onde estou!

Um domingo maravilhoso pra vc.
Abraço carinhoso!

Denise disse...

Olá, minha querida, bom ter vc por aqui!
A sensação é essa mesma, vc a nomeou com perfeição. Dom dos poetas - que deixam maiores as grandezas d'alma.

Bjos Neli, um lindo dia procê tb, amiga!

Denise disse...

Olá, Luiza.
Vc é muito fofa. Seja bem-vinda, volte sempre. Vou atualizar as frases - agora que vc já as leu, posso dar uma mexida...rs

Legal vc ter aderido, fiquei surpresa quando cheguei lá no seu cantinho - muito querida a maneira como falou daqui. OBRIGADA!

Bjão!

Denise disse...

Bom dia, Zezinha!!

O domingo fica tão melhor depois que chego aqui e encontro vcs...obrigada pelo teu carinho, minha querida.
Desejo que o dia seja perfeito no teu querer!
Bjo carinhoso!

Denise disse...

Ah, Cida, que calorzinho gostoso estas tuas palavras provocaram em meu coração...que bom é poder compartilhar mais do que palavras...fico feliz, amigavó, vc é muito especial!

Bjos e um domingo FELIZ!

Úrsula Avner disse...

Oi Denise, bela e profunda mensagem para reflexão... Bj e um ótimo domingo.

Denise disse...

Bom dia, Úrsula!

Muitas vezes o compartilhar nos leva a reflexões - e se profundas, mais profícuas!

Bom domingo pra vc tb!
Bjos!