“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


5 de jul de 2010


"Os homens se encontram e se desencontram. Vivem perto uns dos outros e ao mesmo tempo distantes. Há distâncias de corpos e proximidades de corações. Há proximidades de corpos e distâncias infinitas de mentes e corações. Porém, no meio da contradição do perto e do longe, todos se necessitam, todos se buscam, todos são feitos para estar juntos."

Herrdt e Coppi


22 comentários:

Cida disse...

Muito lindo isso amiga. E muito verdadeiro também.

No final das contas, o que vale sempre, é a proximidade de corações.

Um beijo grande e tudo de bom prá vc

Cid@

Julio Cesar disse...

Oi Denise...
beautiful (para não dizer lindo!rs...)
de verdade...
porém...meu coração não está no meio do oceano!rs...mas é um oceano de coração.
Tão pouco esta ou contem o triangulo das bermudas (como o do desenho...rs..)em que corpos desaparecem...no meu...as almas é que se transportam...(mas não desaparecem)
Meu coração também não está onde esteve "Atlantida"...a cidade perdida, entre Africa e America do Sul...
não...ele não está perdido, ainda que as vezes se pronuncie assim...como força de expressão...
Sim, meu coração é um oceano...um oceano vermelho, com muito amor na composição, desejoso por uma fauna de gente...e uma rainha para estar junto do seu netuno.
bjs...
glub glub pra ti...
com muito suco.
boa semana.
Julio

Ives disse...

Todas as pessoas que sentimos afeto estão nos nossos atos e pesamentos! Gostei do seu blog, posso te seguir? abraços

Isa mar disse...

Bom dia Denise, realmente todos fomos feitos para viver em comunidade, então que estreitemos nossos laços cada vez mais
Beijos em tua alma!

Bloguinho da Zizi disse...

Denise
Não há ninguém que consiga, mesmo querendo, ficar distante, tanto de corpo, como de mente, como de coração.
Há quem fuja dos homens e se refugie no campo, apreciando a Natureza. Há quem fuja da Natureza e busque a loucura das grandes cidades, por necessidade de estar junto das pessoas. Há quem queira a solidão, na companhia de um pássaro, um gato, um cachorro.
Todos o buscam estar junto daquilo que lhes traz paz.
No final é Deus se manifestando em Tudo e em Todos.
Grande beijo

Barbie Girl disse...

Olá Denise!!

Adorei seu cantinho, todo acolhedor e gracioso!

Voltarei mais vezes!!

beijos

Tati Pastorello disse...

De, eu AMO as coisas que você coloca no blog. Sua seleção de textos é primorosa! Textos curtos que nos dão muito assunto para pensar. É sempre bom passar por aqui!
Um grande beijo.

manuel marques disse...

Os homens deviam ser o que parecem ou, pelo menos, não parecerem o que não são ...

Beijo.

ValériaC disse...

Que lindo isso amiga...é a mais pura verdade...estamos nesta vida para vivermos e aprendermos todos juntos...
Beijinhos...com meu carinho pra ti florzinha...
Valéria

Jeanne disse...

Denise, é assim mesmo como no texto, a necessidade que temos uns dos outros é a mesma, no entanto quantos desencontros, quantas presenças ausentes e quantas ausências presentes, não é mesmo?
Beijos

Denise disse...

Tb penso assim, Cida. O que o coração ama, não consegue afastar - nem a distancia, distanciar.

Tudo de bom pra nós todos, amigavó querida!
Bjos

Denise disse...

Lindo coração, Julio, imenso e cheio de amor. Como devem ser os corações - vermelhos de paixão, nobres, acolhedores, bondosos, capazes de amar sem bússola e, ainda assim, encontrar o caminho...

Boa semana pra vc tb, regada a suco pra comemorar as férias...rs
Bjo grande!!

Denise disse...

Olá, Ives, é claro que pode - seja muito bem-vindo, é uma alegria fazer amigos!

Um abraço par vc tb!

Denise disse...

Sim, Isa. Esta é a ideia.
Vamos fazer desta aproximação um incentivo à amizade!
Bjos, querida!

Denise disse...

É verdade, Zizi, a gente procura o que faz bem - quem faz bem e que sentimentos nos afetam positivamente, criando as oportunidades de comunhão, entre homens, natureza, animais.
O coração sabe onde está o que procura.
Que sejamos envoltos pelo amor e luz que somos. A paz nos serene os ânimos, sempre!

Bjos, querida. Tuas palavras deixam um rastro de serenidade...

Denise disse...

Seja muito bem-vinda Cíntia!
Obrigada pelas palavras tão gentis, é uma alegria tê-la por aqui. Volte sempre, e sinta-se acolhida com carinho, tá?
Bjos

Denise disse...

Que bom Tati, que encontra o que gosta - ou gosta do que encontra...rs
Nossas escolhas de temas refletem-nos, não é assim? e somos espelhos tb, tendemos a ver o que somos...

Tb amo as visitas queridas, que só enriquecem este cantinho que hj é o lugar que chamei de meu...rs
Bjo carinhoso, minha linda!!

Denise disse...

Verdade, Manuel.
Fez-me lembrar Martin Luther King:
"Nós não somos o que gostaríamos de ser. Nós não somos o que ainda iremos ser. Mas, graças a Deus, não somos mais quem nós éramos."

Beijo

Denise disse...

O aprendizado se faz em conjunto, uma vez que somos parte integrante do universo que é o outro, e vice-versa.
Uma das razões dos encontros é justamente esta, né amiga?
Beijo carinhoso, bons sonhos!

Denise disse...

Nossa, Jeanne, quantas!!
E isto desenha nossa trajetória - as buscas, as escolhas, os descaminhos...
Tuas observações, sempre profundas, vêm repletas de sabedoria. Adoro!
Bjo, querida!

Jorge Pimenta disse...

denise, a blogosfera é a prova maior do que acabas de postar. mesmo que sujeita a crashes momentâneos, hehe (aparentemente já solucionados).
um beijinho!

Denise disse...

Quando postei, Jorge, pensei nisso tb. Somos essa comunidade que estreita as relações, independentemente da localização geográfica...o coração aproxima-se de outros, que batem na mesma freqüência. Vivemos pertinho de tantos, e não podíamos estar mais distantes, não é assim?

E olha, até nas crises a gente dá jeito de se comunicar, percebeu?...rs (que bom que já solucionada!)
Bjo carinhoso!