“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


29 de jun de 2010

Uma prece? Uma súplica?

Eu também chorei...




12 comentários:

jefhcardoso disse...

Realmente, ficou muito lindo.
Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com

ValeriaC disse...

Amiga...lindíssimo vídeo...uma música a nos dar uma sensação celestial...
Lindo dia pra ti amiga!
Beijos
Valéria

Denise disse...

Pois é Valéria, a gente se encharca de "porcaria" e quer se sentir feliz, estar em paz...vale parar um pouquinho e pensar o que fazemos dos nossos dias, e, por extensão, com nossas vidas...

Que tenhamos muita alegria neste dia que vamos construir...bjo GRANDE!

Denise disse...

Olá, Jefh, bom dia!
Que surpresa boa!!! Estou sempre xeretando por lá, teus textos fogem ao convencional, gosto muito.

Abraço, até!

ONG ALERTA disse...

Mágico...paz.
Obrigada por teu carinho beijo Lisette.

Denise disse...

Oi Lisette, a paz é mágica, nos transporta pra um lugar magnífico, pena que o "ingresso" seja difícil de encontrar...ou somos nós que os deixamos ir parar nas mãos dos "cambistas"???

Bjo grande, meu carinho sempre!

Mariazita disse...

Olá, Denise
Eu já conhecia este vídeo, recebi por email, mas vi-o agora novamente com todo o gosto.
Na verdade a Avé Maria de Schubert é duma beleza extrema, e Mirusia Louwerse canta-a divinalmente.
Impossível não nos sentirmos elevados para um outro plano...
Parabéns pela escolha.

Beijinhos.

Denise disse...

Pois é Mariazita - tanto quem executa a melodia quanto quem canta a música, encantam pelo fabuloso talento que vem acompanhado de uma dose extraordinária de sentimento.
Lindo de viver, mesmo!!!

Bjos!!

Cida disse...

Realmente encantador.

Aqui em casa, temos todos os DVDs do André Rieu, e até minha neta é fã...:)
Me explico: Tem um deles (Live in Dublin), onde na décima faixa (Song of Olympia), a cantora (por sinal uma brasileira), canta vestida de boneca, e se comportando tal e qual uma de verdade.
Bruna fica completamente alucinada!
Desde bem pequenininha que ela ama.
Assiste vezes sem conta e não se cansa (ela já assistiu tanto, que já decorou todos os trejeitos da "boneca", e fica imitando-a).

Me parece que o André Rieu vai se apresentar no Brasil, no final do ano... será? Não posso perder!...rs

Beijão de boa noite prá você

Cid@

Denise disse...

Que doce eles são né, Cida?? As crianças me fascinam, seu universo imensamente rico é explorado de uma forma tão inocente e espontânea que comove a gente.

Bom, podemos combinar desde já pra irmos juntas...imagine que espetáculo imperdível!!! Topa?
Bjo e uma ótima tarde, vovó!

Tais Luso disse...

Denise, esta ‘Ave Maria’ em especial - embora goste de todas as Ave-Marias -, é minha música preferida, bate fundo e volta cheia de emoções. Não sei, exatamente este poder que exerce, mas para muitos ela cai como algo de muita paz, de reflexão, de saudade não sei bem do quê. Exerce emoções no campo dos sentimentos da nossa alma. Sempre é muito emocionante ouvi-la; nunca é demais; jamais daria para comparar a qualquer melodia. Ouço com muita frequencia, pois gosto de músicas que me levam a outro patamar, ou seja, às clássicas estão sempre presentes, e quando preciso resgatar minhas emoções ao escrever, atrás de mim, do pc, está meu som que me eleva.

Beijos, querida amiga.

Denise disse...

Tais, querida, sempre delicioso encontrar tuas observações - sinto como vc, o efeito desta melodia, em especial, e tb gosto de todas as Ave- Marias, embora esta me toque muito.
O hábito de ouvir música é antigo, mas ultimamente, em todos os momentos parece que estou "cercada" de diferentes estímulos musicais - até meu neto curte pop-rock como o pai...rs

Boa semana, minha querida. Bjo carinhoso!