“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


25 de jun de 2010

Sábado com alegria!!!

Sábado pode ser um dia gostoso, vivido com o espírito desarmado e leve.
A tecnologia oferece coisas inacreditáveis. Minha filha e eu, com meu neto no colo, diante do note, cantamos junto - nossas crianças livres cheias de alegria - e o bebê quietinho diante das imagens multicoloridas, participando desse momento que, se me contassem que eu ia viver, eu teria rido e pensado: mas é beeemmm capaz!!! Pois fui, e a-do-reeeeeei!

Tente não cantar...rsrs




Agora, se não gostou dessa, tenta esta, bem conhecida!


12 comentários:

Zezinha Sousa disse...

Bom Dia, minha linda!!!!!! Que bom encontrar vc nesta manhã de sábado!
Vc descreveu momentos que costumo viver com meus netos, é maravilhoso não é? Tenho 4 netos. Vou ouvir as musiquinhas para cantar com eles. Bjinhos!!!!!

Paula Betzold disse...

Oi denise, at´que a tecnologia nos proporciona mesmo momentos muito gostosos né?! cansei de ver esses videos e os da arca de noé com a dudinha... agora ela enjoou.
Beijos!

Úrsula Avner disse...

Oi Dense, vim conhecer seu adorável e delicado cantinho de ideias e agradecer o carinho de sua visita e interesse em acompanhar meu blog Entre linhas e olhares que é um blog onde posto mais citações e reflexões do que propriamente poesias. Meu blog de poesias é o Sempre Poesia. Convido-te a conhecê-lo quando puder ... Bj e até a qualquer momento.

ValériaC disse...

Que lindinhos estes vídeos...seu netinho deve ficar encantado em ver tantas cores e ouvindo a musiquinha...um mundo tão novo para ele... fico só imaginando a carinha dele assistindo... deve ser muito fofo!

Lindo final de semana amiga!
Beijos
Valéria

manuel marques disse...

Sábado com alegria e muita ternura.

Beijo.

Cida disse...

E você ainda não viu nada!!!...rsrsrs

Quando a gente vira avó, a criança dentro da gente tem que renascer rapidinho!...:)
Tenho frequentado teatro infantil, e fico olhando mais para a carinha da neta do que para o palco. Ela vibra tanto, que eu me sinto feliz e realizada através dela. É bom demais!
Quando estamos juntas, assistimos todos os desenhos animados, e ela já me ensinou o nome de cada amiguinho.
Sentamos no chão e tomamos chá de mentirinha, trocamos as bonecas e colocamos prá dormir... ai amiga, eu nem te conto! e o mais incrível, é que eu faço isso tudo com o maior prazer, só em poder observar a carinha dela de felicidade eu já ganho o meu dia.
Entre os sonhos que eu tinha na vida, um deles era o de me tornar avó. Mas devo te confessar uma coisa: Nunca pensei que fosse tão bom!!!...:)

Beijo grande, e tenha um ótimo domingo.

Cid@

Denise disse...

Bom dia, Zezinha!

Acho que o encantamento de ser avó tem multiplicado meu potencial de amor. Ontem me peguei pensando, olhando para aquela carinha mais amada do mundo...um amor tão diferente de tudo que já vivi, é completo, sereno, deixa o coração numa paz desconhecida...
Depois de dias acordando com o sorriso mais lindo do mundo, agora é alimentar a saudade que ficou nesse lugar, esperando o dia em que nossos olhos vão se reencontrar...

Beijos e um ótimo domingo, querida!

Denise disse...

Oi Paulinha, eu sei musicas da Xuxa de cor até hj...rsrsé mágico esse tempo de nossos filhos, curta muito sua Dudinha, que voa essa fase da vida!

Bjos, minha linda!

Denise disse...

Úrsula, já fui lá e adorei tb.
Sinta-se em casa aqui, ok??

Beijo grande e um ótimo domingo pra vc!

Denise disse...

Ele fica Valéria. Ontem "dobrava" o riso, um bebê simpático, que consegue ser ainda mais lindo que o pai dele...rsrsrs (não é papo de avó, ele é um boneco mesmo!!)

Ele ama música, e como seus pais não vivem sem som por perto, certamente já tem o hábito e a tendência. Acho importante, acalma o bebê, distrai e diverte. Ele adora TV...rs

Bjos, querida. É sempre uma delícia te encontrar aqui.

Denise disse...

Sim Manuel, MUITA ternura.
Um bebê muda o mundo da gente!!

Beijos, ótimo domingo pra vc!

Denise disse...

Ai Cida, me fez recordar do tempo em que minha filha era pequeninha. Quantas vezes ninei bonecas, dei papinha, cantei pra elas todas, inclusive a dona, dormirem...
Ser avó é multiplicar essa delícia por mil, já estou prevendo...rs...quero uma meia dúzia deles pra minha criança interior interagir, feliz!!

Bjos, amigavó!!