“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


28 de jun de 2010

Poderes



"Tolerar, superar, aceitar e enfrentar são poderes espirituais. Poderes são como amigos. Quando eles trabalham comigo como amigos, mesmo que eu tenha problemas, eu não os experimento como problemas. Poderes são verbos que se revelam nas minhas atitudes e ações. Aquele que tem poder é capaz de superar todas as situações."

Dadi Gulzar

10 comentários:

Maria José disse...

Denise. Esse mundo virtual é mesmo maravilhoso. Vamos caminhando aqui e ali e encontramos preciosidades, como o seu blog. Vim retribuir a sua visita, conhecer o seu espaço e logo percebi a sintonia e afinidade de opiniões. Esses poderes que fala são, para mim, a forma de se tornar melhor ser humano. Beijos e um prazer conhecê-la. Sempre será muito bem vinda ao Arca.

Jeanne disse...

Denise, como será que sempre tens um texto lindo e impactante por aqui? Sempre saio pensando,rsrsrs...
Beijos

Úrsula Avner disse...

Oi Denise, os poderes citados no texto que você postou são a base da nossa vida, além do poder do amor é claro... Reflexivo texto ! Parabéns ao autor. Bj com carinho.

Úrsula

Tati Pastorello disse...

Oi Dê, que saudade!! Voltar e encontrar um texto desses... não tem preço! Poderoso! hehe
Você é uma pessoa de muitos poderes, adoro me abastecer no seu cantinho!!
Beijos.

Denise disse...

Olá, Maria José. Adorei tua visita e fico grata pelas observações tão gentis. E concordo sobre as afinidades, tb as vi!
Conjugar esses verbos, como diz o autor, é buscar melhorar-se, emprestando à vida um olhar mais conciliador e suave.

Seja muitíssimo bem-vinda, sempre!
É uma grande alegria te ter por aqui!
Bjos

Denise disse...

Ah! Jeanne, 'quem procura, acha', não dizem??...rsrs
Fico feliz de saber que acontece o mesmo com vc...saio dos teus beeemm pensativa...rs

Beijos, querida!

Denise disse...

Pois é Úrsula, e se a base é sólida, tudo fica mais seguro e melhor, não é? Nos faz pensar no que não fazemos, e o pq...

Estou feliz por vê-la aqui!
Beijos!

Denise disse...

Que delícia teu retorno, Tati - sempre generosa e querida!
Estou acompanhando tudo por lá...feliz por vê-la, tb estava com saudade, mesmo sabendo que era por um período curto. Adoro a hora da saudade...rs

Bjos, querida.

Zezinha Sousa disse...

Denise, querida, vim te visitar e ler a novidade e encontro um monte de novidades. Textos lindos que nos proporcionam reflexções e uma bela viagem ao nosso interior. é sempre um prazer enorme estar aqui com contigo. Te espero. Bjoss!!!!!

Denise disse...

Bom dia, Zezinha! O prazer é recíproco, minha querida.
Em alguns momentos temos mais o que mostrar, em outros, nos recolhemos - a prática do silêncio interno é inadiável quando o desejo é silenciar...

Que bom que minhas partilhas te agradam, é sempre muito bom te ver por aqui!
Bjo carinhoso!