“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


2 de mai de 2010


Viver é por minha alma em movimento.

2 comentários:

Julio Cesar disse...

(Nota:sem visualização da imag.)

Ponho minha alma em movimento quando deixo o amor bombear suas emoções.

O 'sentido' para os sentidos de meu corpo é poder sentir o que somente a alma pode promover.

Deus não esgota suas ações em agregar 'sentidos' na minha alma.


Bjos

Denise disse...

Que bonito, Julio...sensibilidade é um componente indispensável para acessar a percepção da gente...

Deus não esgota Seu amor. E nós descobrimos sempre novas sensações, sentido novo para a vida. Viver requer por a alma em movimento...

Bjos