“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


28 de mai de 2010

Superação


"Dois importantes fatos, nesta vida, saltam aos olhos; primeiro, que cada um de nós sofre inevitavelmente derrotas temporárias, de formas diferentes, nas ocasiões mais diversas. Segundo, que cada adversidade traz consigo a semente de um benefício equivalente. Ainda não encontrei homem algum bem-sucedido na vida que não houvesse antes sofrido derrotas temporárias. Toda vez que um homem supera os reveses, torna-se mental e espiritualmente mais forte...
É assim que aprendemos o que devemos à grande lição da adversidade."

Andrew Carnegie a Napoleon Hill

16 comentários:

Paula Betzold disse...

Oi Denise... é verdade... tem maneiras e maneiras de ver as coisas, nos abater com as adversidades ou aprender com elas e seguir em frente. Em geral, os sofrimentos acabam nos deixando mais fortes, e nos ensinando mais que os momentos de glória.
beijinhos

Denise disse...

Pois é Paula, eu tb penso assim...na realidade, o problema não são os obstáculos, mas o que resolvemos fazer deles, não é? Podem ser pontes, e não muros!

Bjão querida!

Tati Pastorello disse...

Oi Denise, também acho que as adversidades do dia a dia nos trazem amadurecimento e força, gostei de pensar nelas como sementes de um benefício equivalente. Ótima lição para uma sexta-feira.
Tenha um belo final de semana.
Beijos.

Denise disse...

E eu, Tati, gostei da tua observação tão pertinente. É bom quando encontramos uma maneira mais agradável - e evolutiva - de encarar as coisas da vida, né?

Que o teu fds seja tudo de bom, em companhia de Bê e Francisco!
Bjoss

Manuela Freitas disse...

Olá Denise,
Tenho-a visto em vários blogues e vim conhecer o seu espaço e levei logo com palavras, quase diria «proféticas», que me fizeram pensar, rever a vida. De facto os revezes podem-nos tornar mais fortes, na medida em que trazem com eles ensinamentos.
Beijinhos.
Não a perco de vista, ficarei no quardo de honra. rsrsrsrs
Beijinhos,
Manú

manuel marques disse...

Ao vencermos sem perigo, triunfamos sem glória ...

Beijo e bom fim de semana.

Maria Izabel Viégas disse...

Querida Denise, quero primeiro agradecer o carinho que me acalentas. Tens sido desde o nosso re-encontro uma presença amiga. E que levo com carinho o selinho llindo que me ofereceu. Viu? Eu tenho sorte!
Perde-se e ganha na Vida, mas na SOMA somos felizes pois aqui cumprimos nossa missão!
Obrigada amiga fabuloso e avó jovem e linda!

Sobre o post, lembro-me do que ouvi de um Educador,quando jovem professorinha, lá pelos 18 anos,que toda aprendizagem surge de uma frustração. Isso comentava-se sobre o ato de aprender a ler.
E muito meditei sobre.
Realmente, há em nós um desalento por não saber e aí somos interiormente motivados, (não incentivados, o que é diferente, pois é exterior). Creio que assim são os obstáculos: o nosso primeiro passo, o andar de bicicleta, e a cada amadurecer, novas derrotas e consequentes superações. Uns sucumbem, tem o caminhar mais lento, outros se superam. Casos e casos: cada planta brota a seu tempo. É a natureza.
Mas, nosso caminho é a Luz!
Pois dela viemos.
Bem, amada, mais ou menos assim ;))
Beijinhos nesta doce alma!

Jeanne disse...

Denise, o texto e a imagem ficaram perfeitos.
Só posso concordar, a doutrina espirita nos ensina que as adversidades da vida nos fortalecem e ajudam a evolução.
Bom fim de semana, beijos

Denise disse...

Olá, Manuela, seja muito bem-vinda!!
Fico satisfeita se minha escolha foi útil a vc. Entrei em contato com esse pequeno texto há quase dois anos, mas o "sentido" parece que veio por completo, agora. É bastante profundo, não?

Vou agora retribuir a visita, já "espiei" e encontrei um tema muito interessante no seu blog...não a perderei de vista também...rs

Beijos, Manú, adorei tê-la aqui!

Denise disse...

Olá, Manuel.
Será que toda vitória tem que vir de uma batalha? poderia ser apenas uma conquista, a realização de um enorme desejo ou de um sonho muito especial...ou até um presente muito desejado...não??

Bjos pra vc!

Denise disse...

Oi, Maria Izabel. Vejo que onde vai leva junto suas palavras sábias, de quem aprendeu observando, superando e descobrindo. Dividir com a gente é um gesto que demonstra sua natureza, evidencia seu caminhar por este mundo de aprendizado sem fim.
Muito obrigada por suas observações e carinho. Leve com vc meu afeto, cuide-se para superar mais este obstáculo - conte com meu carinho e a melhor energia!

Beijos minha querida!!!

Denise disse...

Embora nem todos compartilhem dessa premissa, vc disse tudo Jeanne. Não é a toa que é estudiosa do assunto!!! Eu defendo a possibilidade de mudanças, acho que o aprendizado modifica - e esta soma nos coloca em franca evolução.

Bom fds pra vc, amiga!
Bjos

Ivana Marisa Altafin disse...

Oi Denise,

Texto repleto de verdades, que faz parte da vida de muitas pessoas, já fez parte da minha e provavelmente continuará fazendo. Eu aprendi com erros e fracassos e hoje posso dizer que sei lidar melhor com as adversidades.
Um domingo com muita paz no seu coração. Um abraço!

Denise disse...

Bom dia, Ivana.
Tuas ponderações sempre leves, concisas e repletas de ensinamentos vividos. Estes são os que mais nos autorizam a falar de vida - resultantes da nossa própria experiência, única forma de avaliação cabível, afinal, só a gente sabe o que vive, os outros, imaginam...

Um ótimo domingo pra vc tb, que ele anteceda uma semana de muitas conquistas!
Bjos

"Pedacinhos da Carol" disse...

Oiii, a vida é uma eterna escola. Bjs

Denise disse...

Olá, Carol!
Sim, e ensina de diversas formas - sem uniformizar ninguém.

Bjos e obrigada pela visita!