“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


9 de mai de 2010

Presente que não custa nada e vale TUDO!

O domingo das mães termina com chave de ouro.
Minha filha é um amor...


9 comentários:

Cida disse...

Que delícia de poema!

Eu ainda estou em pleno clima de dia das mães, com as baterias recarregadas, ao mesmo tempo em que já se instala a saudade do filho, nora e neta que já retornaram prá SP.

Ainda bem que me ficou o outro, que felizmente mora um pouquinho mais perto (só 30 kms nos separam)

Tem horas, que gostaria de ser como as aves, e tê-los todos sob as asas...rs
Na verdade, o que importa, é sabê-los felizes, não é mesmo?
Quanto ao resto... a gente é mãe... a gente aprende a viver de uma forma nova, a cada dia que se nos apresenta (desde que eles - os filhos - estejam bem).

Beijão prá você e tenha uma ótima semana.

Cid@

Denise disse...

"...a gente é mãe... a gente aprende a viver de uma forma nova"...vc resumiu tudo Cida. Não sei de onde vem essa força, diferente de tudo que existe. Esse é o amor que a tudo resiste...

Uma semana com as baterias recarregadas é uma delícia, né amiga? Que sejam ótimos os dias!!
Bjão

Anônimo disse...

Oi Denise,

Esse texto descreve como são os filhos com as mães, de maneira bem realista..

Espero que o seu domingo de Dia das Mães tenha sido perfeito, junto a ela e aos seus.

Beijos,

Denise disse...

Oi, Ana Lúcia. Bom dia!!

Pois é, o que não é muito comum é um filho dizer...rs...a minha disse. Meu domingo foi perfeito sim querida, pq o coração estava preenchido de amor...

Eu tb espero que o seu tenha sido assim junto de sua mãe. Bjo enorme e ótima semana!!

Julio Cesar disse...

Denise...passando para deixar um excelente bom dia para ti...e que a sua semana começe maravilhosa, energizada pelo dia de ontem. Tenho aplicação de Wisc agora, e não vou poder ver agora(grrrr), com calma, os posts, o que o farei logo mais. Obrigado pelos comentarios, aqui e lá no Vendo e Sentindo e no Iris, sempre muuuuuuuuuuuuitíssimo bem vindo. Vi que tem mais "quintana"...rs... mas 'isso' não supera o seu suco!rs...

...mas já que dissera ficar sem geito...fiz questão de vir-te dar-lhe 'aquele' abraço..mmmmm (e que podes plajear e muito...sempre sempre).
Um beijo querida.
até depois.

Denise disse...

Olá, Julio.

A semana começa bem, no ritmo acelerado de sempre, mas cheia da melhor energia! Obrigada, que a tua seja assim também.
Depois vejo teu passeio por aqui - se bem que pouco assunto novo tem, as mães invadiram a taverna...rs

Bjos e uma tarde ótima pra vc!

* Como foi o treino "medindo" a inteligência??...rs

Julio Cesar disse...

Oi Denise...voltei, não ficarei muito, mas queria muito renovar a memória com mais lembranças boas dos momentos que passo por aqui, proseando, rindo, trocando atenção, partilhando da beleza e do aroma da 'casa' e da 'proprietária'. Da saudade aos finais de semana. Aliás...em sampa muito frio... situação que faz ressentir ausencia do outro.
O wisc foi mais que treino!rs... faz parte de um projeto de docência (na verdade de um projeto maior, da universidade) dividido em dois projetos científicos (iniciação). A amostra da pesquisa receberá o wisc e o TDE. Com dois objetivos diferentes as informações dos grupos serão cruzadas para apuração dos resultados finais. A apresentação dos resultados ocorrerá em evento no mês de Agosto. Difícil é alcançar a amostra de 10 crianças, que precisam estar pareadas:sexo,idade,escolaridade e ainda comporem um grupo controle.
ufa...smack!(um beijo em sua mão pelo suco)
(seria muito bom mesmo sentar e ouvir do seu final de semana...que deve ser contagiante!De certa forma sou meio mãe também...mas...explico...ãã...melhor no meu blog...rs....ok?)

Linda poesia...e factual. Me identifiquei... e assim também identifico meus filhos...

A mim, aqui, há muita novidade...
há seu arquivo de post... e... as pessoas que gostamos, por vezes queremos é estar junto...o assunto...desenvolvemos...sem querer reduzi-lo a 'pretesto'...ao contrário.

Falar sobre mães nunca é demais...e que bom que há pessoas que assim gostam de partilhar desse afeto. So podia ser por aqui,mesmo.

bom...depois de dar muitos backspaces por aqui, fazendo o meu superego, o meu lobulo frontal censurar 'toda' minha curiosidade, vou ficar um instante quieto, calado, a admirar-te enquanto fala, contas... degustar o delicioso suco e 'criar coragem' para enfrentar a temperatura que baixa lá fora. Se logo a lenha estará estalando por aqui, seguirei aquecido com lembranças e reflexões tuas.
beijos Denise querida
muito bom estar por aqui

Denise disse...

Ai Julio...só vc...rs

Deixei lá no Vendo & Sentindo uma sugestão para o frio, que combine mais com o cenário "invernal" da 'taverna' - até que junho chegue e traga o quentão, pensei em chocolate quente, ou tem outra sugestão? viu só, com rima e tudo...rsrs

Esse projeto pareceu interessante, com duplo objetivo. Boa sorte na execução!

É verdade, o arquivo é grande...rs Essa questão de filhos...de "pães", é uma realidade que a atualidade tem "imposto"...vc deve ser um bom pai!

Como boa mãe, vou providenciar uma jantinha agora...rs
Bjos, as canecas pro chocolate quente estão sobre o balcão...rs

Julio Cesar disse...

Segue Querida:

o frio
não chega a ser preocupação
porque lá estará junho
e junto o quentão.
até lá, o chocolate quente
é uma boa sugestão.
E claro que existam outras,
acrescentaria as do coração.
As que ferevem, aquecem,
com muita tentação.
Otimo o amor
que rima enquanto paixão,
mas que é fonte certa de calor
para a gelida solidão.
JC

e então?...rs...
sim...vou beber o chocolate. (e nem vou falar sobre 'chocolate', tá?rs...)
bjs