“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


9 de mai de 2010

Presente que não custa nada e vale TUDO!

O domingo das mães termina com chave de ouro.
Minha filha é um amor...


9 comentários:

Cida disse...

Que delícia de poema!

Eu ainda estou em pleno clima de dia das mães, com as baterias recarregadas, ao mesmo tempo em que já se instala a saudade do filho, nora e neta que já retornaram prá SP.

Ainda bem que me ficou o outro, que felizmente mora um pouquinho mais perto (só 30 kms nos separam)

Tem horas, que gostaria de ser como as aves, e tê-los todos sob as asas...rs
Na verdade, o que importa, é sabê-los felizes, não é mesmo?
Quanto ao resto... a gente é mãe... a gente aprende a viver de uma forma nova, a cada dia que se nos apresenta (desde que eles - os filhos - estejam bem).

Beijão prá você e tenha uma ótima semana.

Cid@

Denise disse...

"...a gente é mãe... a gente aprende a viver de uma forma nova"...vc resumiu tudo Cida. Não sei de onde vem essa força, diferente de tudo que existe. Esse é o amor que a tudo resiste...

Uma semana com as baterias recarregadas é uma delícia, né amiga? Que sejam ótimos os dias!!
Bjão

Ana Lúcia Porto disse...

Oi Denise,

Esse texto descreve como são os filhos com as mães, de maneira bem realista..

Espero que o seu domingo de Dia das Mães tenha sido perfeito, junto a ela e aos seus.

Beijos,

Denise disse...

Oi, Ana Lúcia. Bom dia!!

Pois é, o que não é muito comum é um filho dizer...rs...a minha disse. Meu domingo foi perfeito sim querida, pq o coração estava preenchido de amor...

Eu tb espero que o seu tenha sido assim junto de sua mãe. Bjo enorme e ótima semana!!

Julio Cesar disse...

Denise...passando para deixar um excelente bom dia para ti...e que a sua semana começe maravilhosa, energizada pelo dia de ontem. Tenho aplicação de Wisc agora, e não vou poder ver agora(grrrr), com calma, os posts, o que o farei logo mais. Obrigado pelos comentarios, aqui e lá no Vendo e Sentindo e no Iris, sempre muuuuuuuuuuuuitíssimo bem vindo. Vi que tem mais "quintana"...rs... mas 'isso' não supera o seu suco!rs...

...mas já que dissera ficar sem geito...fiz questão de vir-te dar-lhe 'aquele' abraço..mmmmm (e que podes plajear e muito...sempre sempre).
Um beijo querida.
até depois.

Denise disse...

Olá, Julio.

A semana começa bem, no ritmo acelerado de sempre, mas cheia da melhor energia! Obrigada, que a tua seja assim também.
Depois vejo teu passeio por aqui - se bem que pouco assunto novo tem, as mães invadiram a taverna...rs

Bjos e uma tarde ótima pra vc!

* Como foi o treino "medindo" a inteligência??...rs

Julio Cesar disse...

Oi Denise...voltei, não ficarei muito, mas queria muito renovar a memória com mais lembranças boas dos momentos que passo por aqui, proseando, rindo, trocando atenção, partilhando da beleza e do aroma da 'casa' e da 'proprietária'. Da saudade aos finais de semana. Aliás...em sampa muito frio... situação que faz ressentir ausencia do outro.
O wisc foi mais que treino!rs... faz parte de um projeto de docência (na verdade de um projeto maior, da universidade) dividido em dois projetos científicos (iniciação). A amostra da pesquisa receberá o wisc e o TDE. Com dois objetivos diferentes as informações dos grupos serão cruzadas para apuração dos resultados finais. A apresentação dos resultados ocorrerá em evento no mês de Agosto. Difícil é alcançar a amostra de 10 crianças, que precisam estar pareadas:sexo,idade,escolaridade e ainda comporem um grupo controle.
ufa...smack!(um beijo em sua mão pelo suco)
(seria muito bom mesmo sentar e ouvir do seu final de semana...que deve ser contagiante!De certa forma sou meio mãe também...mas...explico...ãã...melhor no meu blog...rs....ok?)

Linda poesia...e factual. Me identifiquei... e assim também identifico meus filhos...

A mim, aqui, há muita novidade...
há seu arquivo de post... e... as pessoas que gostamos, por vezes queremos é estar junto...o assunto...desenvolvemos...sem querer reduzi-lo a 'pretesto'...ao contrário.

Falar sobre mães nunca é demais...e que bom que há pessoas que assim gostam de partilhar desse afeto. So podia ser por aqui,mesmo.

bom...depois de dar muitos backspaces por aqui, fazendo o meu superego, o meu lobulo frontal censurar 'toda' minha curiosidade, vou ficar um instante quieto, calado, a admirar-te enquanto fala, contas... degustar o delicioso suco e 'criar coragem' para enfrentar a temperatura que baixa lá fora. Se logo a lenha estará estalando por aqui, seguirei aquecido com lembranças e reflexões tuas.
beijos Denise querida
muito bom estar por aqui

Denise disse...

Ai Julio...só vc...rs

Deixei lá no Vendo & Sentindo uma sugestão para o frio, que combine mais com o cenário "invernal" da 'taverna' - até que junho chegue e traga o quentão, pensei em chocolate quente, ou tem outra sugestão? viu só, com rima e tudo...rsrs

Esse projeto pareceu interessante, com duplo objetivo. Boa sorte na execução!

É verdade, o arquivo é grande...rs Essa questão de filhos...de "pães", é uma realidade que a atualidade tem "imposto"...vc deve ser um bom pai!

Como boa mãe, vou providenciar uma jantinha agora...rs
Bjos, as canecas pro chocolate quente estão sobre o balcão...rs

Julio Cesar disse...

Segue Querida:

o frio
não chega a ser preocupação
porque lá estará junho
e junto o quentão.
até lá, o chocolate quente
é uma boa sugestão.
E claro que existam outras,
acrescentaria as do coração.
As que ferevem, aquecem,
com muita tentação.
Otimo o amor
que rima enquanto paixão,
mas que é fonte certa de calor
para a gelida solidão.
JC

e então?...rs...
sim...vou beber o chocolate. (e nem vou falar sobre 'chocolate', tá?rs...)
bjs