“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


12 de fev de 2010

Razão? Ela rouba a emoção!



Flávio Gikovate em suas dicas para viver bem, deu a um dos capítulos, o título perfeito de "Cuidado com a razão: ela não gosta de ficar desocupada."
Esta pequena afirmação se reporta ao nosso aparelho psiquico, programado para a resolução de problemas. Ok. Entretanto, a mim cintilou o pensamento intimista de que ela, a razão, toma o lugar da emoção, e isto impede a vida de ser vivida plenamente.
É importante policiarmos a intensidade em que as emoções se manifestam, e em que grau nos "atingem" suas sensações, mas nunca devemos esquecer de que a razão se ocupa em roubar-nos, muitas vezes, as melhores oportunidades, os mais significativos momentos, e nos leva para longe de um lugar chamado felicidade...

2 comentários:

manuel marques disse...

"O último esforço da razão é reconhecer que existe uma infinidade de coisas que a ultrapassam ..."

Denise disse...

Manuel e sua contribuição preciosa!! Obrigadíssima pela intervenção...precisão cirúrgica!
Bom fds, meu amigo!