“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


2 de mar de 2010

Portal do tempo


"Nenhum tempo e nenhum lugar nos agrada
tanto como o tempo que não existe,
e o lugar em que não estamos."
.Marquês de Maricá


A lição do Marquês parece ser clara: vagamos em um tempo que não existe, o passado - nossas memórias nos confundem e lá nos prendem - e o futuro, lugar que não existe, é apenas um mergulho no desejo.
Por isso acho importante que percebamos a relevância de viver o hoje! É o único tempo que existe, o lugar único em que podemos estar. Viver esse presente é sair da inquietude dos ruídos provocados por um tempo que já se foi, ou projetar num amanhã incerto todos os sonhos que não viu realizados, ainda. Nestes dois tempos - que não existem - muitas vezes ficam presas nossas energias. Acaso não fluam na seqüência de sua ininterrupta origem interior, dirigidas à existência dos dias atuais, estocam o vigor que empresta brilho à vida num tempo restrito que desconhece a urgência de ultimar cada dia, como se fosse único - e o é!!
Viver a intensidade do hoje me aproxima, especialmente agora, de um estado de suprema e pura emoção. Parecido com o céu, infinito, brilhante, grandioso, um mistério a ser explorado, para então, ser sentido. Ter sentido.

4 comentários:

Maria disse...

Olá Denise,

Começo por pedir desculpa pela minha ausência... mas, foram dias
extremamente dificieis para mim e sempre com os nervos à flor da pele.

Heis-me aqui novamente para visitar,ler e deliciar-me com a tua bela criatividade.

Beijos.

Maria Valadas

Denise disse...

Fico feliz por seu regresso, Maria. É prova de sua superação a decisão de seguir com coragem - atributo dos fortes - enfrentando as vicessitudes da vida com determinação e valentia.

Temo não te oferecer imediatas novidades, pois estou desempenhando a função (nova) de avó, vivendo momentos de imensa alegria e dedicação quase integral. Mas voltemos juntas às "blogbagens" deste mundo virtual, é um prazer tê-la aqui!
Sinta-se em casa, e sempre muitíssimo bem-vinda!

Beijos carinhosos para celebrar seu retorno!

RESILIÊNCIA disse...

Denise


Lindo os seus escritos...
o tempo é somente o agora.
um grande abraço

Denise disse...

Grata Ari, pela generosa observação.
Custei a entender "o poder do agora" e sua preciosa e insuperável ação na vida da gente...

Retribuo o abraço!