“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


5 de fev de 2010

A paisagem continua a mesma...



...mas os olhos estão em rebelião e batem em retirada do viciado olhar para perceber horizontes novos no já existente lugar.
Deveríamos estar neste permanente buscar, conscientes da busca, serenos no silêncio da incógnita rota que surge sempre para atender os desejos soprados aos ventos.

O cenário de nossas vidas muitas vezes não pode ser alterado, mas, se a paisagem continua a mesma - como disse Tereza - o olhar que a vê pode mudar. E isso é (saber) viver!

11 comentários:

Valter Montani disse...

Sim, novas buscas e ver a vida com outros olhos para não enxergar sempre as coisas da mesma forma e sentí-las da mesma maneira. belas palavras, grato por compartilhar, bjs

Denise disse...

Compartilhar é uma forma de viver esses sentimentos. Repartir, nesse caso, é somar. E (re)aprender, lembrando...

Beijos

manuel marques disse...

"Não basta ver para ver, é necessário olhar para o que se vê ..."

Beijos e bom fds.

RESILIÊNCIA disse...

Denise

é fundamental realinhar os sonhos eternamente.

Tais Luso disse...

Querida Denise, a vida nos dá sempre vários caminhos a seguir, e tudo vai depender de nossa escolha, de nossa visão. Nem sempre ela será bela, cheia de flores e encantos como sempre queremos. Muitas vezes teremos de enfrentar alguns espinhos, ou muitos. O que importa é conseguirmos aceitar esse caminho com certa resignação, então poderemos enxergar o final que poderá ser surpreendente.

Meu carinho
Tais luso

Denise disse...

Olá, Ari, que prazer estou tendo em ler tuas palavras que vêm de encontro a um momento transformador em minha vida..."realinhando sonhos" talvez seja ainda insuficiente para descrevê-lo, mas significa muito...

Abraço de gratidão!

Denise disse...

Tais, arrancamos espinhos também, e isso torna tudo a nossa volta muito diferente. Todo processo acontece de dentro pra fora, e mesmo que o dia morra diferente de quando o sol se ergueu, se há serenidade em nós, existe a certeza de uma noite apaziguadora...

Beijos carinhosos, querida!

S B Tamare disse...

wow!
beautiful and classical blog!
mine national father ''Bapu'' is also sitting besides here.
no doubt,your blog is heart touching, i appreciate your feeling.
thanks a lot.

Denise disse...

Grata pelas palavras gentis e pelo incentivo. Não há como sensibilizar almas, elas já são perfumadas para apreciar o que lhes toca...
Abraço

Tereza Kawall disse...

A mudança de olhar parece difícil, mas não é tanto. Temos que treinar, diariamente. O blog continua lindo!
um beijo
Tereza

Denise disse...

Pois é Tereza, basta partir da premissa que pode, que é possível, e que é bom!
Assim como é muito bom tê-la por aqui. Grata pelo carinho!

Beijos