“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


2 de fev de 2010

José Saramago


"O fim de uma viagem é apenas o começo de outra. É preciso ver o que não foi visto, ver outra vez o que se viu, ver na primavera o que se verá no verão, ver de dia o que se viu de noite, com sol onde primeiramente a chuva caía, ver a seara verde, o fruto maduro, a pedra que mudou de lugar, a sombra que aqui não estava. É preciso voltar aos passos que foram dados, para os repetir, e traçar caminhos novos ao lado deles. É preciso recomeçar a viagem. Sempre."

5 comentários:

RESILIÊNCIA disse...

Denise


Temos que realinhar a vida...os sonhos... os amores. um abraço

ÁGUIA disse...

"É preciso recomeçar a viagem. Sempre."
Isso é uma grande verdade, e uma das bençãos que Deus nos deu, poder recomeçar tudo, e fazer diferente... só depende de nós.

José Saramago é demais... rsrs
Abraço

Denise disse...

Pois é, parece que fazemos a mala para viajar quando tem "um encontro marcado", um passeio programado...mas, e viver não é isso?...no entanto, não nos "aprontamos" para essa "viagem", tão pouco a recomeçamos a cada dia...

O assunto vai render uma crônica...rs

Beijos para ambos!

Maria Tereza Venzke disse...

Bom dia Denise, querida,

Esse teu blog está divino...pleno de divinas inspirações...
A "paisagem" pode continuar a mesma, mas eu posso escolher olhar c/ outros olhos...tenho feito isso e tem dado certo...rs

Um beijo no coração...
ps...assaltei teu blog...rs

Denise disse...

Feliz por te encontra aqui logo cedo.
O blog só me segue...rsrsrs

A paisagem continua a mesma...já te conto num novo post o que me inspirou ler tuas palavras...rs

Bjos querida, e leve sempre contigo tudo que for "nosso"...rs