“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


7 de fev de 2010

Minha Baixinha


Hoje tem festa no céu!!
Quem nunca ouviu isso quando parte um amor da vida da gente? Pois eu digo hoje, que há muita saudade aqui e muita alegria lá.
Eu lhe confiro este carinho porque aqui há registros de muitas significações pessoais, de importância inconfessável por palavras, e não seria diferente com quem soube me amar sem reservas, com a mão sempre estendida, o colo sempre pronto.
Foram centenas de tardes inteiras de conversas, risos e choros, regadas a café e lanches deliciosos. No tempo do cigarrinho, muitas vezes acobertei o seu...será??...rs
Deliciosas lembranças ficarão minhas companheiras, para preencher todas as horas de saudade que sentirei.
A aFILHAda que a ama para sempre deseja que distribua onde está o amor que tem nesse coração!

2 comentários:

Adelia Ester Maame Zimeo disse...

Que assim seja! Denise Querida, veja que sintonia: antes de entrar aqui, passei por outro blog, em que havia um texto da Silvana Duboc, referindo-se de maneira tão linda aos "que nunca partem". Sua madrinha e você tem um elo significativo de Amor, assim sendo seu coração sempre a terá muito presente. Que esta presença maravilhosa dela possa aplacar a dor sentida neste momento! Paz Profunda! Beijo . Meu carinho.

Denise disse...

Amiga querida, obrigada pelo carinhoso conforto. Sim, ela permanecerá sempre em mim, e nos momentos em que seu braço tão caloroso e suas atitudes tão acolhedoras trouxerem muita saudade, bastará evocar sua voz, seu cheiro, sua risada tão gostosa para ficar impregnada dela e de sua energia amorosa...

Beijos