“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


17 de dez de 2009

O essencial


"Sempre terei tempo para o essencial."
Maria Tereza Venzke

Saber, a gente sabe, mas às vezes esquece. Esquece de priorizar, de dar o justo valor. Esquece de lembrar, de voltar atrás. Esquece que precisa dar, não somente ter. Esquece que não basta querer, tem que fazer.
E querer, a gente também quer, mas nem sempre sabe como fazer. E temendo errar, nada faz para não arrepender. Não é raro dedicarmos pouco tempo e atenção ao que realmente interessa. E assim, esquecemos do essencial, que é mesmo, invisível aos olhos...

4 comentários:

Despertando na Luz disse...

Pois é Denise...

Tenha certeza que cultivar sua amizade p/ mim é essencial...

Imagine o prazer q será tirá-la do virtual...c/ certeza "paro" tudo q estiver fazendo p/ te receber.

Um beijo na sua alma gentil.

Denise disse...

Vai te preparando, Tere, que janeiro tá chegando...e eu, com ele!!
Bjo enorme

Adelia Ester Maame Zimeo disse...

Denise, vocêm tem um sentir muito bem conjugado, ao selecionar imagens e textos bem aliados entre si. Saint Exupéry sempre atual entre nós. "O essencial é invisível aos olhos". Esta frase é um mandamento para mim, do qual não me esqueço jamais.

Denise disse...

Vc é observadora, Adelia...também...rs
Mas sou um tanto visual, e a harmonia sempre me chamou atenção. Acho que a sensibilidade conjuga elementos para se expressar.
Quanto a Saint Exupéry e sua brilhante percepção, fala de uma comunhão de sentidos de fundamental importância para o desenvolvimento humano...aquele que exige olhos internos para ver o outro e a si mesmo, fidedignamente...o mais lindo olhar é oculto...já pensaste nisto, amiga?