“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


10 de fev de 2008

Amor materno!


O amor "almaterno"...de alma...materna...é terno e...eterno. Tudo cabe nesse amor, até as variações de suas composições de grafia.

Este é o amor que palavras não sabem contar...que hinos não conseguem exaltar...nem poetas o expressam com precisão...só quem dele sabe e tudo sente, é o nosso coração!!

Ele está presente sempre...nos melhores, mais importantes e preciosos momentos que o coração vive! E a vida...esta, só vale a pena se a gente ama...ama muito...ama tanto, que esse amor pertence e repousa na ETERNIDADE!!

♥ Denise

Nenhum comentário: