“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


7 de dez de 2007

Solidão acompanhada


A noite cai,

muda e disfarçada,

enluarada,

enamorada,

pintada de estrelas,

carregada de magia,

dando adeus ao longo dia...

Produzo sonhos...

me embrenho por seus mistérios,

desnudo detalhes,

invento saídas,

descubro segredos,

entendo recados...

A lua que beija minha cama

tem ares de cigana,

vai e vem, misteriosa,

orgulhosa,

encantada...fascinada, te chama!


♥ Denise

Nenhum comentário: