“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


12 de jun de 2012

Dia do Amor





No dia reservado ao amor, vamos respirar o perfume das flores e, certamente, nos encantar com as mais incríveis expressões desse sentimento universal, que nos completa porque dá sentido à vida. O amor tem esse dom, porque nos faz compartilhar o melhor que existe em nós - em essência, somos feitos de amor!
Namorar, depois de uma fase da vida, se transforma numa inspiração infinitamente maior e mais profunda, quando pequenos detalhes dão vida ao cotidiano, e isso não parece diminuir o amor, e sim, torna-lo tal qual aquela mantinha gostosa, preferida e macia, um natural condutor de calor à relação. Cada gesto mínimo tem uma razão de ser, um sentido, uma intenção. Tem amor!
Hoje é só uma data escolhida para celebrar o que une dois seres, estejam perto ou longe, juntos ou separados, vivos ou não. Este sentimento não se acomoda, sequer morre - o amor se refaz, e de todas as suas infinitas e fabulosas características, esta é, pra mim, a que melhor o traduz.

A noite pode cair, vir o vento e soprar a tempestade – ao amanhecer, a flor que se abateu terá espalhado nova semente, que vai se deitar no solo fértil das manhãs, intacta, porque o renascer não sofre abalo nos solavancos da vida, antes, usa-os como impulso da caminhada.
Muitos chamam a isto coragem,
eu chamo de amar, incondicionalmente.



Um precioso presente!


Que tenhamos um dia feliz, em companhia do amor, seja ele quem for, esteja onde estiver, afinal, conforme anunciado desde sempre neste cantinho, o ditado Navarro resume a ideia de ser - estar - feliz:

“A felicidade está onde o coração encontra repouso."


16 comentários:

Bloguinho da Zizi disse...

Denise
Esse esparramar de sementes das flores nas tempestades formarão um dia o caminho para que novos amores se encontrem e se completem.

Beijinhos

Leonel disse...

Eu diria que "A paz está onde o coração encontra repouso", pois a felicidade para mim são momentos que se destacam, enquanto que a paz pode ser mais duradoura!
Abraços!

Xipan Zéca disse...

Love´s in the air...

Denny...

Que seu dia seja AMOROSO NAMORATIVO E FELIZ... rss

Beijo
Tatto

Regina Rozenbaum disse...

Lindeza de postagem. Posso assinar embaixo? Bem sabe que sou avessa a dias de. Mas quando percebo já estou pressionada por eles rsrs. Nesse, do amor, me envolvo diariamente...carência suprida de muitas maneiras. Uma delas é ler-te irmiga. Ah, adorei o guarda_mores! E assim guardamos nossos amores...eternamente!
Beijuuss, lindona amaaaada, n.a.

R. R. Barcellos disse...

Cego às distâncias do Espaço, surdo ao tiquetaque do Tempo, segue o Amor. Fere a mão no espinho, mas acaricia a rosa. Corta o pé na pedra, mas não abandona o caminho, e prossegue. Não sabe onde vai chegar, pois seu querer não é acomodar-se, é sempre seguir adiante. E vai em busca do inalcançável, e o alcança fora do Tempo e do Espaço... numa Poesia.

Beijos, Poesia.

manuel marques disse...

"Namorar, hoje em dia, só quer mesmo dizer disponibilizar tempo e atenção. Num mundo em que o tempo é um bem precioso e de primeira necessidade e a atenção só parece exercer-se tão flutuante e escorregadia que nos perguntamos constantemente se alguém nos escuta, é bom, definitivamente óptimo, experimentar momentos de proximidade e partilha de entendimento e plenitude."

Que o teu dia,os teus dias sejam repletos de amor e felicidade.

Beijo meu.

Toninhobira disse...

Perfeito Denise.
O amor há que fazer a festa sempre nos corações.
Carinhoso abraço e feliz dia com paz.
Bjo.

Denise disse...

Assim acontece, né Zizi?
Novas sementes, novos frutos...será?...rs

Bjos pra vc tb queridona!

Denise disse...

Pois então Leonel, que haja PAZ e haja AMOR entre nós, que celebremos a vida sempre assim, nesse ritmo e energia, né meu amigo??

Grande abraço, feliz noite e bons sonhos!

Denise disse...

O amor SEMPRE está no ar, a-mico...sou assim, uma incurável romântica, enamorada e feliz por ter essa capacidade imensa de amar!!

Bjos, Tatto, lindos sonhos!!

** Tava com sôdadis GRANDIS docê!

Denise disse...

assina Rê...e guarda sim os amores...eu não sei viver sem isso, sem essa amorosidade a envolver-me a alma...e sei que a data é detalhe pra nós, que amamos, amamos e amamos, e_terna_mente!

Beijos, minha querida, com afeto!

Denise disse...

Ah, Rodolfo!!
O amor desconhece distância, tempo, espaço, limite, alcance...mas é íntimo dos Poetas, que o transforma em versos, e com eles, enfeitam nossas vidas...que lindeza...outro carinho impar...obrigada pela tua presença em minha vida!

Bjos encantados...sempre!

Denise disse...

Como é verdade isso Manuel...estamos carentes de atenção, de sermos vistos, olhados de fato, ouvidos e amados apesar do que somos...

Beijos, meu amigo querido!

Denise disse...

Que assim seja Toninho, e jamais nos falte alegria, a alegria de amar, e se for possível, de ser amados...lindo o amor, né??

Um grande e carinhoso abraço, meu amigo!

Tais Luso disse...

O amor, o verdadeiro amor torna-se mais lindo quando mais maduro; e quando maduro se mantém sem egoísmos, sem cobranças, sem vaidades. Passamos mais a pensar no outro, a temer pelo outro, a vibrar pelo bem-estar do outro. Enfim, penso atingir a paz nesse quesito.

Grande beijo, Denise.
Belo texto.

Denise disse...

Concordo com vc, Tais, esse olhar torna a gente melhor - aproxima, aquieta e satisfaz tão mais, não é mesmo?

Muito bom ter vc aqui, tua presença é uma alegria!
Um ótimo domingo, beijos com carinho!