“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


14 de ago de 2011

Ao pai que está no céu...


Hoje é Dia do Pai - figura masculina que é associada à força, valentia, coragem, à imagem de herói. Os nossos não têm super-poderes, mas são os que fazem milagres para nos sustentar, atravessam jornadas longas de trabalho e, nos dias atuais, chegam em casa e dividem tarefas - e o prazer de estar em família, de curtir os filhos.
Os pais que são modelos e dão exemplos potentes aos filhos, são os mesmos que rolam no chão com seus bebês, disputam bolas no gramado ou consertam bonecas e contam histórias pra dormir. Esse sujeito que fala manso e fala grosso, é o que semeia no coração do filho o afeto, e lhe ensina os limites que o tornarão capaz de suportar as frustrações diante das demandas da vida. Tem pais que ensinam as primeiras orações, que sopram machucados e olham demoradamente aquele serzinho quase do tamanho da mochila, entrar na escola - esperando o aceno que virá da mãozinha que afaga seu rosto quando aconchegado em seu colo, ou que segura a sua apertado, quando sente medo.
A maioria dos pais vêm crescer os filhos que tiveram, realizando inúmeros sonhos - alguns seus, através deles - e partem quando os netos perpetuam-no. Mas há aqueles que adiantam a despedida, e deixam em seu lugar uma saudade inexplicável, inexprimível para a criança que não consegue entender sua ausência - ou para o jovem que perde para além dele, a referência, o rumo, a alegria, o chão. A vida prossegue e a família encontra seu modo de superar a perda, no entanto, em datas especiais, o vazio fica cheio de saudade...
No dia dos pais, em especial, comemoramos a presença e sentimos a ausência. O Tecendo Ideias homenageia aos Pais, celebrando o amor. Elevando o coração em prece, agradeço ao Pai pelo meu, pelo pai de meus filhos, por todos os pais, estendendo a oração àqueles que estão no céu.

Para todos os Pais - e filhos - deixo um abraço recheado de carinho, desejando que este seja um dia repleto de amor, alegria e gratidão.


18 comentários:

Bloguinho da Zizi disse...

Ah De!!!
O meu foi embora muito cedo.
Estava em vésperas de se tornar avô pela primeira vez.
O vazio ficou, mas o vô Tó, como o chamamos por aqui, é muito lembrado, como se tivesse vivido ao lado dos netos.
Meu pai vive em mim e em breve poderei encerrar um capítulo de 29 anos, que é me despedir (o que não me foi possível, pois faleceu em Portugal e foi enterrado lá), não com um abraço e um beijo, mas com o meu coração, que com certeza vai sentir um grande alívio.
Mas o pai da casa, hoje, já foi devidamente beijado, abraçado, presenteado.
Que nosso amados, onde estiverem, tenham a Paz e a Luz.

Beijinhos pra você minha amiga insone.

Valéria disse...

Oi Denise!
Belíssima homenagem!
Pais verdadeiros são mesmo heróis em um mundo tão cheio de perigos e dificuldades. Eles são acima de tudo amigos!

Beijo e um feliz domingo!

Milene Lima disse...

Meu pai também está no céu, acho que sentadinho num canto sossegado (embora no céu só deva ter canto sossegado) e ouvindo os anjos tocarem suas harpas. Ele amava música...

Meu abraço a todos os pais que estão por aqui, começando essa missão... Que ela seja venturosa, amém!

Beijo, Denise.

RESILIÊNCIA disse...

Denise

Linda a homenagem...
Feliz estou por ser um desses tantos pais que existem, mas, também fico com esta "saudade inexplicável" do meu.
um grande abraço

Cristina disse...

Denise
Meu pai é inesquecível em minha vida, um ser que me ensinou muita coisa boa, mas partiu cedo com 59 anos. Como vc diz nesse dia bate tanta saudade né? Desejo ao pai de seus filhos, a seu pai muitas bençãos e que sejam sempre iluminados por Deus! Bjssssssss

R. R. Barcellos disse...

Pais nossos, que estão no Céu,
Que saudades de vocês!

Abraços, Denise.

Denise disse...

Que este alívio venha, Zizi, e tudo se aquiete e acomode...

O importante é vivenciar o amor e aproveitar a presença, como o pai da casa, hoje - e imagino que em muitos dias.
Paz para todos!
Bjo grande!!

Denise disse...

Concordo Valéria, são os melhores amigos que os filhos podem ter - e acho que estes já os vêem com novos olhos, permitem-se mais proximidade e intimidade nas relações.

Uma ótima semana pra vc, bjo!!

Denise disse...

Em forma de oração tudo fica tão mais crível e leve, não parece, Mi?
Que assim seja!
Amééémmmm!

Bjão, queridona, desejo uma semana com dias abençoados!

Denise disse...

Ainda que não pareça, Ari, os amores são perfeitos - ao ponto de superarem a distância e a falta que as pessoas fazem nas nossas vidas.
Parabéns pelo teu dia, meu amigo querido.
Beijo e ótima semana!

Denise disse...

Pois é Cris, a gente saudade de tudo que valeu a pena ser vivido, de pessoas e momentos que foram retirados por circunstâncias que nem compreendemos bem.

Obrigada pelo carinho com os pais mais importantes da minha vida!
Um beijo enorme, linda semana queridona!

Denise disse...

Teus comentários Rodolfo, são como cristais a refletir o brilho da tua luz...lindos de viver!!

Abraço grande pelo teu dia, Mago querido.

Malu disse...

Sempre fica um enorme vazio carregado de saudades daqueles que se vão...
Uma linda homenagem Denise, minha querida.
Que sua semana seja repleta de LUZ e HARMONIA.
Beijinhos

Denise disse...

Pois é Malu, existem esses espaços preenchidos com o mais puro amor - e isto nos mostra o poder desse sentimento, que supera a tudo, que se impõe sem limites. Que bom que funcionamos assim, são tantas as perdas, né amiga?

Um grande e carinhoso abraço, com dias ótimos pra vc tb!

Lindoia disse...

Dê! Que mensagem linda!!! Tocou profundamente o meu coração.
Esse é o primeiro ano do dia dos pais, que passei sem o meu pai.Senti mta saudade, mas não chorei.
Lembrei de tanta coisa boa que passamos juntos e só agradeci a Deus, por ter tido o privilégio de um pai tão maravilhoso.
1 afago no seu coração.

Denise disse...

Lindoia, amiga querida, coisa boa encontrar vc aqui, senti saudade.
Eu não conheço essa dor, apesar de já ter perdido pessoas que amei/amo muito, que me fazem falta e morro de saudade...não sei se imagino o que possa ser sentir saudade de pai e mãe...lamento, amiga.

Um enorme abraço, com muito carinho!

jordania disse...

meu pai se foi vai fazer 5 meses... e eu tinha 23 anos quando eu perdi. saudade...

Denise disse...

Esta é uma perda difícil Jordânia... sinto muito, as coisas precisam de tempo para se acomodarem...

Bjo