“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


6 de mai de 2011

Mãe!




Ano passado homenageei minha mãe e a mãe de meu neto.
Este ano, quero falar delas falando de todas as mães, de mim, da minha, da tua - de você, talvez.
Quero falar da maternidade, desse amor sem fronteiras que cabe no ventre.
Gerar um filho é engravidar do amor antes que ele tenha forma, é preparar a fôrma onde vai desenvolver a vida, é adaptar o corpo para hospedar o representante do amor supremo - ele é superior a tudo!
Conceber um sonho, isto é estar grávida. Não existe um verbo para conjugar este amor, perceberam? Não dá para unir a ele nenhuma outra forma conhecida de amar. Deve ser por esta razão que o chamam incomparável, singular, maior que tudo. O amor MAIOR.




Mas o importante não é discutir este sentimento, é reconhecê-lo, distingui-lo, e, neste dia, senti-lo na sua potência máxima - recordar o chorinho, a bagunça no banho, a manha para dormir, a hora de comer, a curiosidade estampada nos olhinhos, os passos inseguros, a corrida atrás da bola, o olhar extasiado para a primeira boneca, a espera pelo Papai Noel, a busca pelas pegadas do coelhinho, a carícia da mãozinha no rosto quente ou o calor da pele febril que tirava o sono e roubava a tranqüilidade da família.




A infância dá lugar à criança crescida por fora, que abraça e rejeita, que grita, bate a porta e se tranca do lado de fora da gente. Aí, quem chora, somos nós.
Sim, os filhos crescem, e na mesma proporção em que um tombo rala o joelho, mas sangra é o nosso coração. Crescem na medida em que se sentam no banco do motorista, e ficamos nós no vácuo da partida. Eles crescem silenciando nossa fala, enquanto grita a saudade e emudece o apelo. Se diminui a adulação, com eles crescem nossa admiração, a devoção, o orgulho e a paixão.
Temos que aprender a ser mães de bebês, crianças, adolescentes, jovens, adultos e maduros - uma verdadeira formação graduada, que não deforma o amor original, quando muito, encolhe um pouco sua expressão efusiva, sem economizar na doação incondicional.




Dia das Mães não uma data fixa, perceberam? O Natal é dia 25 de dezembro, todos os anos. Concluo que seja porque Dia da Mãe, é todo dia, e até o fim de seus dias. Neste dia oito de maio é o dia de reverenciar a mãe porque pariu e recordar a que já partiu. É dia de folhear um álbum imaginário e ver imagens desbotadas pelo tempo, mas impressas na alma cujas janelas das lembranças se abrem em festa. É dia de orar, de olhar para trás e agradecer, olhar adiante e se enternecer, de se emocionar sem entristecer. É dia de colher, de abençoar e compartilhar.



Eu derramo meu amor maternal e filial, mas sou a matriz dessa fábrica incomparável de sentimentos maravilhosos pelas criaturas que mais amo nesse mundo.

Obrigada, mãe, por ter-me, amar-me sem qualquer condição. Foi com você que aprendi, veio daí esta tradição.
Obrigada, meus filhos, por terem feito de mim, mãe.

Parabéns à você mãe amiga que passa por aqui, parabéns a você mãe-futura e a você que no passado não entendia que amor é este.
Somos todas iguais - amamos desse jeito superior, MAIOR, singular, incondicional.

Beijo a você com carinho antecipadamente, porque estou de saída para abraçar e beijar aos meus.

Corre e beije aos teus!

43 comentários:

Bloguinho da Zizi disse...

Felizes aqueles que tem vc como mãe.
Teu coração se abre de uma forma que só o Amor pode revelar.
Lia as tuas palavras e um filme passava em minha mente. Dias com minha velhinha querida e dias com meus filhotes amados.
Que Deus permita a todas as mães (as que pariram ou não) dias abençoados e de paz.
Beijinho De

Rima disse...

Olá andando pela net cheguei no seu blog. Aqui foi celebrado em Portugal no 1º dia de maio o dia das mães que lindo blog adorei. Feliz Dia para todas as mães do Mundo. Beijinho para você

Marilu disse...

Querida amiga, tenha um lindo e abençoado dia das mães. Beijocas

ValeriaC disse...

Lindas e comoventes suas palavras minha querida...
Ser mãe é uma dádiva divina, é ter a graça de manifestar um amor sem igual.
É uma alegria infinita, pra mim é motivo de muita felicidade e com certeza é pra voce também...
Parabéns a voce e a todas as mães da sua família... beijinhos e lindo final de semana...
Valéria

ArcadoAutoConhecimento disse...

Lindo texto e lindas fotos. É um dia que me emociona muito. Denise, vim lhe pedir um favor. O ArcadoAutoConhecimento foi indicado para concorrer ao SELO BLOG DA SEMANA, em votação que se iniciou no dia 05/05 e ficará aberta até o dia 11/05/2011 no BLOG DO SUPER WILL. Se você quiser me presentear com seu voto, deve acessar o blog do Super Will, no endereço http://wwwwillblog.blogspot.com/. O Will é o idealizador do selo, tendo por objetivo homenagear e promover a confraternização blogueira através da troca de links, divulgação e experiências. Desde já, agradeço a gentileza e amizade.

Cores da Vida... disse...

Voltei. Apenas agora tive tempo para ler esta linda homenagem.

Parabéns!! Você expressou esse Amor Maior, como disse, da maneira mais sublime possível.

Eu não sou mãe, infelizmente, mas sinto, imagino, como seja ser uma. Percebo o amor de minha mãe comigo e com os meus irmãos.

Mais uma vez, parabéns...!! Desejo que você receba muitas provas de amor, neste seu Dia das Mães...

Tenha um Dia das Mães repleto de Amor e Felicidades, para ser lembrado eternamente...

Beijos,

Xipan Zéca disse...

Tu mandou bem pacas muié.... rss

Me perdoe a tosquês, mas o amor de mãe é assim meRmo... Dicíno.

Feliz the day mammy´s...

Beijo
Tatto

Denise disse...

Ah, Zizi, que bom te ver acrescentando bençãos às mães de coração, de alma - tão mães quanto às que parem, dignas desse amor MAIOR por um gesto tão grandioso como esse, de doação plena do amor.
Abençoadas sejamos todas nós, e que tenhamos um domingo maravilhoso.

Obrigada pelas maravilhosas palavras, vc é suspeita...rs
Bjo GRANDE minha querida!

Denise disse...

Olá "Rima", blog estalando de novo?...rs

Obrigada pelas palavras elogiosas, sinta-se recebida com alegria.
Bjos

Denise disse...

Obrigada Marilu, que seja um domingo perfeito para todas as mães - e deverá ser, imerso no amor mais lindo que existe!!

Bjos pra vc tb.

Denise disse...

Valeria, minha doce amiga, retribuo o carinho, desejando que vc e as mães que conhece e quer bem tenham um domingo PERFEITO nesse amor MAIOR!

Já estou com meus amores no ninho...rsrsrs
Bjo com carinho

Denise disse...

Maria José, com certeza irei lá dar meu voto ao Arca.

Pra vc, envio um abraço bem apertado e cheio de ternura por esta data.
Há um anjo soprando amor bem perto do teu coração...
Um bjo e meu carinho!

Denise disse...

Na verdade Ana Lúcia, é apenas o amor que se manifesta - aqui, em palavras, ao meu lado, neste instante, meus tesouros fazem com que tudo valha a pena, mostrando que o sentido da vida está vinculado ao amor, de todas as formas e em qualquer tempo.

Um grande bjo pra sua mãe, outro pra vc!

Denise disse...

Obrigada, Tatto.
Fiquei feliz em te encontrar aqui, meu a-mico querido!
Bjão procê!

Cristina disse...

Denise
Cada vez que venho aqui fico mais encantada com seus textos, com sua propriedade diante da escrita. Me emocionei com suas palavras. Mãe é tudo de bom, é amar sem medida, é acalanto, é bem querer! Tenho muitas saudades da minha que partiu. E como mãe também sinto falta da minha Marina que também partiu. Mas Deus me fez mãe 2 vezes e eu só tenho a agradecer. Que você tenha um lindo dia das mães rodeada de seus flhos e netos. Parabéns, você que é uma mãe especial! Bjsssssssss

Myriam disse...

Denise, teu post é ótimo! palavras que vem do coração sempre emocionam! FELIZ DIA DAS MÃES!!! Bjs

Jorge disse...

Linda mensagem. E as fotos também.
parabéns Mamãe pelo teu dia.

Um doce beijo, Anjo Denise!!!

Cristina disse...

Denise
Desejo à você um feliz dia das mães. Que Deus te abençoe muito! Bjsssssss

Denise disse...

Cris, coisa boa compartilhar os sentimentos da gente com almas sensíveis e amigas - que multiplicam muitas vezes o que somos, pelo bem querer.
Espero que vc tenha tido um maravilhoso dia das mães, tendo com quem vivenciar esse amor tão especial. O meu foi perfeito, pela mesma razão.
Uma ótima semana, querida, bjo grande!

Denise disse...

Myriam, o amor é capaz dessa magia - sendo tão simples, consegue nos emocionar sempre.
Um bjo pra vc, e uma ótima semana.

Denise disse...

Olá Jorge, estou ficando mal acostumada com tua presença tão carinhosa, muitíssimo obrigada pelas palavras tão lindas.

Um beijo e uma semana de dias perfeitos pra vc.

Denise disse...

Cris, Ele abençoa cada uma de nós, mesmo quando não compreendemos muito bem como...que teu caminho continue sendo iluminado pela Sua Presença, e vc possa seguir confiante.
Um bjo, querida!

Vitalina de Assis disse...

Hola amiga!

Um dia especial para lembrar, quem sabe entre lágrimas, ou lembranças saudosas de alguém que o tempo jamais apagará de nossas memórias.

Excelente semana.

Parabéns pelo blog e pelo nome, "Tecendo ideias", nada como tricotar um pouco com elas.

Bjs.

Marilu disse...

Querida amiga, meu blog Devaneios está completando um aninho de vida, e gostaria de convidá-la para comemorar. Tem um selinho lá para você. Tenha uma linda semana. Beijocas

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

todo mundo deve pensar que seu neto é seu filho né, pela sua jovialidade e beleza.

que homenagem bonita, a emoção no texto e nas palavras... símbolo de muito amor entre vcs. isso é maravilhoso
bom dia

Zé Carlos disse...

Denise querida, vc é uma menina muito especial e seu blog LINDO!!!!!

Bjs do ZC

Regina Rozenbaum disse...

Beijou e foi beijada muiiiito? Então recebe agora os meus, com esse AMOR de filha, de mãe, de irmiga na sua alma! Lindeza de escrita...doce como seu amor.
Beijuuss n.a.

Denise disse...

Olá, Vitalina, seja bem-vinda ao Tecendo Ideias - lugar despretensioso de boas conversas, reflexão e partilha. É uma alegria somar!

Um abraço de boas-vindas!

Denise disse...

Ah, Marilu, fui uma das primeiras a passar por lá e deixar meu bjo pra vc!

Parabéns pela comemoração de um ano - que sejam muitos, e maravilhosos!
Bjos, querida.

Denise disse...

Oi Alexandre, não, nunca aconteceu, eu tenho cara de avó, sim....deve ser o sorriso bobo...rsrsrs

Aqui vc acertou em cheio, o amor é imenso, transborda - como acontece com todo coração de mãe, de avó, de filha...rende algumas experiências excepcionais!!

Bons sonhos, bjo!

Denise disse...

Obrigada ZCarlos, tua visita é sempre agradável.
Bjos

Denise disse...

Ahhhh, Rê, menos do que gostaria, parece que nunca é o suficiente...rsrsrs
Foi bom sim, assim como é delicioso receber esse teu carinho.
Bjãzão, irmiga, direto n.c.

Tarsila Aroucha disse...

que texto lindooo!
dá pra ver AMOR claramente nele..

beeijos

Long Haired Lady disse...

não posso te dizer como é este amor porque nunca vou saber…
mas me permita dizer que o amor verdadeiro é sempre o mesmo, intenso, incondicional, seja a quem for dedicado.
não posso acreditar que além do impedimento natural de ser mãe ainda sou impossibilitada de conhecer tal sentimento: o amor incondicional…

Denise disse...

Voltaram os comentários, mas os meus, em resposta, não. Então vamos lá outra vez...

Vitalina, sinta-se acolhida com carinho aqui no Tecendo Ideias, obrigada pelas observações e palavras gentis.
É uma data que reservaram pra gente celebrar o amor, como ele é eterno, muitas vezes é a saudade quem está presente, não é?

Um ótimo domingo, seja muito bem-vinda!
Beijo

Denise disse...

Oi Marilu, eu passei lá antes do convite, olha que adiantada...rs
Deixei um bjo e o desejo de vida longa ao teu cantinho.
Um ótimo domingo, querida.
Bjos

Denise disse...

Alexandre, agradeço muitíssimo tuas lindas palavras, mas eu pareço vó sim, tá na cara e na babação...rsrs

O amor é transformador e maravilhoso em qualquer fase e momento da vida, este menininho é responsável por este presente - ele me apresentou um amor novo, que não tem semelhança com nada, embora todo amor seja um só...esse paradoxo deve se chamar netos...rsrs

É uma alegria te encontrar por aqui, viu?
Bjos

Denise disse...

Obrigada ZCarlos, pelo carinho e visita.
Um ótimo dia e uma semana maravilhosa pra vc!
Bjos

Denise disse...

Rê, menos do que eu gostaria, mas o suficiente pra transbordar de afeto...rs
Obrigada minha linda, carinho nunca é demais. Teu post foi um arraso!!

Bjãozão no core!

Denise disse...

Obrigada Tarsila, o amor é visível pra todos - e como é grande o meu, deve ficar enorme pra quem vê, também...rs

Um beijo, venha sempre que desejar!

Denise disse...

Lady, minhas palavras foram específicas para as mães, mas eu tb acho que o amor é um sentimento único - eu o sinto como mãe, filha, avó, amiga, mulher, sogra, em todos os papéis dessa vida.

O amor incondicional é a meta da humanidade, e a evolução natural que "sofremos" nos aproxima mais e mais dele...não só acredito nele como começo a conhecer essa dádiva fora do circuito materno.

Um grande abraço, espero ter desfeito alguma falsa impressão que minhas palavras possam ter causado em vc.
Um ótimo domingo!

Sueli Gallacci disse...

Denise!

Lindo esse texto e as fotos que o ilustra. Senti-me também homenageada como mãe e como avó.

Sinto não poder estar aqui antes para parabenizá-la pelo dia das mães. Minha vida começa a voltar ao normal. Espero, pelo menos.

Outro dia li uma frase que dizia que “quando decidimos nos tornar mãe é estar cientes que iremos permitir que o nosso coração ande fora do corpo”. Achei lindo!

Um beijo enorme!

Denise disse...

Oi Sueli, que bom saber que a vida retoma, aos poucos, seu rumo - te permitindo visitar os amigos. É uma alegria mesmo ter vc aqui!
O post é fruto desse meu sentimento exacerbado...rs, que bom que o compartilhou.

Essa citação maravilhosa eu tb já conhecia, me acompanha, é belíssima, absolutamente verdadeira - e só multiplica a sensação para as avós, viu amiga...rsrs

Um beijo feliz com tua presença!