“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


9 de mar de 2011

Pensando 26



Da "Série Pensamentos" no Tecendo Ideias


4 comentários:

RESILIÊNCIA disse...

Denise

O meu "Resiliência da Alma" já não mais me pertence, tem infinitamente um pouco de você...de sua eterna sensibilidade.
E sou grato por tudo isso... me enobrece, me aumenta...me eleva.
Um grande abraço

Denise disse...

Ari, te confesso que fiquei olhando a tela, pensando no que te responder, emocionada e pensando...até que entendi, este teu comentário significou o mesmo que sinto quando vou até o teu Resiliência...minha alma se eleva, apenas sinto, encontrando pouco a dizer. Sendo assim, "meu coração te agradece" resume tudo.

Meu afeto a vc, e um bjo de gratidão!

Xipan Zéca disse...

Olá..
Trago um convite, leia minha postagem e se houver interesse participe e convide teus amigos.
Digamos assim, Um concurso poético-interativo de nenhuma premiação nem obrigação e muito menos competitivo!.. rss

Deusssskiajude
Tatto

Denise disse...

Tá aceito o desafio, Tatto, mesmo que a ideia seja apenas participar desse teu projeto literário...embora não seja poetisa nem de longe...rsrs
Aguarde o que vai sair...e que Deussssssssajude!...rsrs

Bjão procê!