“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


11 de mar de 2011


"Olhe para a pessoa que lhe causa aborrecimento e tire proveito da oportunidade para controlar a própria ira e desenvolver a compaixão."

Dalai Lama

6 comentários:

Regina Rozenbaum disse...

Sabe Dê, olho no espelho e a imagem que aparece vc sabe bem...Venho descobrindo que desenvolver a compaixão por nós mesmas é mais difícil...bem mais. Mas vou fazendo minha lição diária, vou seguindo.
Beijuuss n.c.

Tecendo Sonhos disse...

Denise, teu pensamento do dia caiu como uma luva para mim, obrigado querida!
Bjooo
Andreza

Denise disse...

Como sei Rê, esse desafio é meu tb...seguindo pra onde preciso ir, pra chegar onde desejo. Compadecer-nos de nós mesmos é um exercício que precisa ter bastante medida, pra não cairmos no outro extremo...alguém disse que viver seria fácil?
Boa disposição pras tarefas, queridona...tô dentro dessa tb...rs
Bjãozão!

Denise disse...

Que legal Andreza, fico feliz por ser um instrumento util ao teu caminhar - compartilhamos não por acaso...
Um bjo!

Bloguinho da Zizi disse...

Ai De
doeu olhar a figura,rsrsrs
isso pq sempre dou um toque assim:
quer saber qual é o teu maior inimigo?
entra aí na casinha e olha naquela peça redondinha e brilhante e vê quem tá do outro lado.
ai ai ai

Denise disse...

rsrsrs...parece tão simples, né amiga?
Dá calafrios...mas depois do tremor, se espalha uma deliciosa sensação que só a aceitação permite!
Bjo grande!