“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


1 de mar de 2011




"Esqueci de ouvir meu coração, enquanto enxergava
a verdade de outro jeito."

Fernando Lapolli

10 comentários:

Xipan Zéca disse...

Denise...

Passando pra te olhar do outro jeito... Com meu tolaçãozinho di Símio.. !!

Deusssskiajude
Beijo do tatto

Denise disse...

Bem, Tatto, fico aqui torcendo pra que Deussssssssmiajude e esse tolaçãozinho tenha bons olhos...rsrsrs
Bjão, querido!

Ivana disse...

"Os mais belos gestos são praticados pelo amor que emana o coração”.

Um abraço!

manuel marques disse...

"Quando se amarra bem o próprio coração e se faz dele um prisioneiro, pode-se permitir ao próprio espírito muitas liberdades."

Beijo.

Tati disse...

Nossa, não sei o que aconteceu, mas a frase é forte. Espero que já esteja prestando mais atenção ao coração. Ele costuma ter razão! Rsrs
Beijos.

Regina Rozenbaum disse...

Aqui...meu coração me diz que quando esqueço de ouví-lo passo a enxergar é de jeito nenhum!
Beijuuss,irmigamada, n.c.

Denise disse...

Também acho, Ivana, que o coração é a morada do amor que tudo pode e tudo faz.

O amor dispensa palavras, fica cativo num olhar, move a gente, impulsiona, rege nossas vidas - e está presente nos nossos atos.
Outro abraço!

Denise disse...

Pra mim, Manuel, o amor sobrevive na liberdade de existir - presos ficamos àqueles que amamos, unidos pelo laço mágico desse sentimento majestoso!

Um beijo, amigo querido!

Denise disse...

Tati, vc sempre usando bem as palavras...rs

Quando "pega", convém prestar atenção, concordo contigo. Mas vc sabe que o teu bate forte, impõe-se com doçura e cria as condições para florescer em vc, sempre e admiravelmente!

Bjo, queridona!

Denise disse...

Rê, amada minha, não vivemos sem amor, já sabemos disso de cor - nos falta generalizar, expandir e desapegar. Mas, acima de tudo, ouvi-lo pulsar!
Bjo, irmiga, de coração pra coração!