“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


26 de set de 2010

O branco da minha Lei!


Foto Denise

As coisas com as quais nos deparamos, sempre oferecem aprendizado, trazem um ensinamento, carregam uma mensagem. Eu não acredito em coincidências, logo, vejo fatos como sinais, indícios, possibilidades.
No início da estação, as flores são mais visíveis, mas esta rosa (que desabrocha desde o dia 23) tem uma história, e chegou na primavera - não por acaso. Enquanto a fotografava, essa conexão se deu: é um renascer que ela representa, simboliza a vida nova de uma eterna lei: ser mais feliz, livre das amarras que possa ter construído e limitado meu viver, ainda que desconhecesse essa artimanha da vida.
Para ajudar na compreensão da ideia, esta rosa é um símbolo do desfecho de uma vivência maravilhosa - e transformadora - pela qual passei nesta semana, e sua representatividade é da pureza com que nascemos, a paz de quem encontra o antídoto para a maior limitação da existência, e renasce, literalmente. Parece meio maluco, e talvez seja...rs...mas é extremamente forte e eternamente livre!

Receber e dar amor, livremente, transforma a vida de todo SER!

Ficam a beleza da rosa e a claridade da Luz, para este dia.





16 comentários:

Fernando Santos (Chana) disse...

Bela fotografia...belas palavras...Espectacular....
Cumprimentos

Rejane-Enajer disse...

Muito bom viver isso minha amiga!!
Quando as amarras perdem a força ,e o coração explode em liberdade , é sempre primavera em qualquer
estação !!
Um xero

Cristina disse...

Denise

Que lindo isso! Você me fez lembrar de uma flor que ganhei logo que minha filha partiu, mas era de tecido, um botão. Era de cor amarela que ela gostava tanto. Passados uns dias ela começou a abrir, sim mesmo sendo de tecido desabrochou. Para mim foi um sinal que ela me enviou de que estava bem. Tenho a flor até hoje! Não acredito em coincidência, mas em providência divina! Que possamos ter olhos para enxergar além, sensibilidade para compreender o que ainda não está claro para nós! Um bom domingo cheio de paz e luz para vc! Bjssssssssss

Denise disse...

Bom dia, Fernando!!
Obrigada, é só um registro, uma maneira de "reter" o momento, sabe como?...rs

Bom domingo. Um abraço!

Denise disse...

AMEI, Rê(jane)!!!!

Coração permanece em festa...rs
Bjão!

Denise disse...

Que lindo, Cristina, eu não tenho dúvidas de que a flor era mensageira de tua filha.
Esta, a minha, é mensageira da paz que guarda uma nova verdade, e esta, me liberta!

Bjo grandão, um ótimo domingo, querida!

Cida disse...

De todas, acho a branca a mais linda das rosas. É a que mais me toca.

Ficou muito linda sua postagem, amiga. Perfeita!

Beijo grande no seu coração, e tenha uma semana luminosa.

Paz e Bem!

Cid@

pensandoemfamilia disse...

Que representação linda. As vivências nos ajudam a ultrapassar limites que nos acorretam.
Obrigad por seu compartilhar.
bjs

Zil Mar disse...

Oi Denise...acredito como vc tb acredita:nada acontece por acaso...e sendo assim este era o momento de nos encontrarmos...fiquei emocionada em conhecer seu blog...me vi dentro dele....é interessante...e incompreensisível...devem ser as tais afinidades...

Obrigada pela companhia lá no meu cantinho...e estaria aqui..tb lhe fazendo companhia...

bjos e muita paz...

Zil

Denise disse...

Olá, Cida.
A beleza que viu, além da rosa tua preferida, deve ser pela força de expressão (embora contida!) de uma vivência ímpar. Nela está a beleza que, junto com a primavera, veio enfeitar minha vida.

Que tenhamos uma semana perfeita, amigavó. Grata pelo teu carinho de sempre!
Bjos

Denise disse...

Oi Norma, que coisa mais gostosa tua visita, eu sempre que posso estou lá aprendendo com vc - pessoa/terapeuta.

Tuas palavras são muito verdadeiras pra mim, ultrapassando limites, quebrando paradigmas, aos poucos abrimos as portas para a vida entrar - ou saímos nós, à sua procura outra vez. Livres!

Uma ótima semana pra vc.
Bjos

Denise disse...

Seja muito bem-vinda Zil, sinta-se na sala (ou na cozinha, se preferir) de minha casa, bebericando um café comigo.

Tudo aquilo que não compreendemos, ainda assim, existe; portanto, deixemos que as afinidades construam essa interação que só começa. Pressinto que será muito especial.

Uma ótima semana, minha nova amiga!
Bjo com carinho.

Lua Nova disse...

Uma foto nos faz ter pra sempre um momento, que apesar de perfeito em seus ensinamentos, naturalmente é fugaz.
Como disse o Fernando: bela foto, belas palavras.
Beijokas.

Ivana disse...

Olá...deu tempo de chegar!

Linda essa mensagem e me parece que trouxe uma paz imensa no seu coração,que assim seja para sempre. Um abraço!

Denise disse...

Oi Lua, vc disse TUDO: a vontade é reter o que fica, mas tb se vai...
Obrigada por compartilhar desta minha emoção.
Bjos

Denise disse...

Mais do que paz, Ivana, direção!

Obrigada, minha amigona! (rsrs)

Bjos