“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


10 de jul de 2010

Adaptação



"Mudança é a lei da natureza. Quando minha natureza interna se mantém inflexível diante dessa lei é como viver no passado sem perceber. Quando aceito as constantes alterações no pulso dos relacionamentos e das situações - e as utilizo como um catalizador da minha própria transformação - estou ajudando a criar o espírito do futuro. Adaptação é o poder daqueles que possuem uma mente aberta, criativa e não-rotineira."

12 comentários:

Paula Betzold disse...

Eu sei bem como é tr que se adaptar as situações q a vida nos impoe... e sem resitencia fica mais facil.. embora eu nao tenha seguido essa linha...rs
bjs

Paula Betzold disse...

tem um selinho pra vc la no blog!

Tati Pastorello disse...

Eu até acho que tenho uma mente aberta, sou criativa e nada rotineira. Mas ainda tenho muito medo de mudanças... Já tive muito mais, melhorei bastante. Era a forma de sobreviver, de uns tempos para cá tudo tem andado tão mutável... estou aprendendo, mas não acho nada fácil!
Beijos.

Ivy disse...

Denise, vim agradecer sua visita, volte mais vezes, é um prazer receber sua visita e ler seus comentários...

"A vida ensina que evoluir significa respeitar o próximo, praticar o bem e ser útil a humanidade. A única coisa que não muda, é que tudo muda, então vamos indo, seguindo, mudando sempre para melhor, afinal, na escola da vida terrena o que importa é passar de ano, para que sigamos firmes, em direção a outros planos, cada vez mais superiores, com a experiência adquirida e a certeza que se mudarmos para melhor, a luz vai estar diante de nós, para clarear os caminhos e iluminar nossos corações." (Flávio Resende)

Bjs, minha linda, um belo domingo pra vc.

Denise disse...

Paulinha, sabe que eu acho que a gente fica mais tolerante às mudanças, mais disponível, quando estamos mais maduras? por isso que a vida impõe, pq a gente não coopera...rs
Mas isso muda, não tenha pressa.
Bjos minha flor!

Denise disse...

De fato não é Tati. A pertinência que temos pra mudar - o desejo, o querer e a disposição - muitas vezes precisa ser desenvolvida, antes que a gente (des)construa as mudanças. Mas a valentia vai sendo uma marca que impulsiona a gente, desafiando as dificuldades. E o bom é que a gente tem o resto da vida pra mudar...então não precisa ter pressa...rs
Bjos.

Denise disse...

Paulinha, obrigada minha linda!
Adorei estar entre teus escolhidos. Gestos de carinho enternecem a gente.
Beijos e um domingo maravilhoso junto com tua princesa.

Denise disse...

Eu voltei rapidinho, Ivy...me encontrou lá???...rs

Linda essa mensagem. a impermanência é a unica coisa certa que temos. "A única coisa que não muda, é que tudo muda"...viva!!

Bjos, querida!

Manuela Freitas disse...

Toda a vida é feita de mudança, como dizia o poeta, o grande Camões,
«Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades»...
Tento sempre estar aberta à mudança, aos desafios, à adaptação necessária a novas realidades, mas há princípios que caracterizam a nossa personalidade de que não abdico.
Beijinhos Denise, um bom Domingo.
Manuela

Cida disse...

Mas as vezes nos parece tão difícil sair da nossa zona de conforto, não é amiga?

Só depois que criamos coragem percebemos que afinal a dificuldade estava mais na nossa cabeça do que no ato em si.

Mudanças são sempre bem vindas, pois a vida não pode e não deve nunca ficar estagnada.
Afinal, já foi mais do que provado que o ser humano, com o tempo, acaba se adaptando a tudo.

O cuidado que devemos ter, é para que essas mudanças nos façam sempre pessoas melhores, com uma melhor visão do mundo, e com uma proximidade maior com os nossos irmãos.

Prá você, amiga, todo o meu carinho, e tenha uma semana luminosa.

Cid@

Denise disse...

E assim é Manuela, não transformamos tudo, não mudamos em tudo.
E a adaptação dependerá sempre do que se apresente, pq o conhecido já incorporamos, certo?
Vivendo e aprendendo, seguimos a caminhada - que se faz andando. Tem que sair das ideias e fazer acontecer na vida da gente as transformações que sonhamos - ou admiramos na vida de outras pessoas...

Beijos, uma semana maravilhosa pra vc!

Denise disse...

Disse tudo, Cida!
Estar aberto às mudanças anda de mãos dadas com a coragem, pq sair do conforto do que não nos felicita, mas nos mantém seguros (aparentemente), é um mecanismo de defesa (legítimo!) que adia o que precisa ser modificado. Mas além do desejo, tem que querer muito - sair da idealização, do sonho.
Somos habilidosos e capazes para as mudanças mais difíceis - depois constatamos isso, então, se temos essas ferramentas, e disso sabemos, pq não usamos para conquistar tudo que desejamos? vale pensar nas razões que amputam nossas ações...conhecer esse medo e vencê-lo. Fácil? nem um pouco...mas possível.

Uma radiosa semana pra vc, cheia de luz e muitas alegrias!!
Bjos da amigavó!