“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


9 de abr de 2010

Sonhos


Realizar sonhos não tem idade, não requer outra habilidade que supere o imenso querer - ele se basta como combustível para impulsionar a conquista.
O tempo não altera resultados, o que mudam são os sonhos. Cada novo momento gera nova necessidade, e, para cada conflito antigo, novas soluções. Isso influencia o sonho e o obriga a tomar diferentes decisões que o levam para outras direções. Pode ocorrer suave alteração ou drástica amputação. No meio dos extremos, a acomodação. Muitas vezes a opção mais saudável e menos comprometedora - emocionalmente falando - para o momento vigente.
No entanto, como tudo é mutável e o absoluto não existe, os sonhos se transformam, desintegram, sofrem ajustes e se realizam, de um ou outro jeito. O importante é não deixar de sonhar - abdicar deles é despedir-se da vida e seguir inerte, morno, amorfo, nu!
Os meus sonhos carregam o alimento de meus passos, as sementes que vou cultivar nos solos que conquistar. Eles regem meus pensamentos e desbravam meus caminhos. Norteiam-me. Inundam de vida qualquer escuridão. Deles, não quero, não posso, não abro mão!!

10 comentários:

Julio Cesar disse...

Oi Denise, obrigado pela visita em meu blog,

Seria o amor a asa da alma para que essa viaje pelo mundo dos sonhos?

Um ótimo final de semana.

Julio Cesar

Denise disse...

Essa PERFEITA colaboração foi um show, Julio Cesar!! Acho que a metáfora é mais que exata. Obrigada pela intervenção que abrilhantou meu despretensioso texto.

Beijos e o mesmo pra vc!

Regina Rozenbaum disse...

Eiii Denise, amada!
Que saudades de vc... Esse texto, delicado, veio em boa hora para mim. Serviu como uma luva...Ando meio em "crise" profissional, querendo mandar tudo pros ares e entrar nessa onda de "reinventar". Mas não é fácil não, amiga...requer muito mais que coragem! Um final de semna lindo procê.
Beijuuss n.c.

www.toforatodentro.blogspot.com

Denise disse...

Mudanças...provocações da vida, tantas necessárias, outras, descabidas.

A gente constrói as realidades a partir do que sonha, projeta, intui, idealiza. As mudanças do sonho a que dei ênfase, são as que sofreram alterações antes da consumação - seja pq perderam a força, o sentido ou necessitaram de ajustes, adequações. E pra isso não tem idade - as fases, já sabemos, são mesmo cíclicas - o que não significa que não implique em ponderação, recuos, renúncias...

Te desejo boas resoluções, Regina. Talvez seja um reflexo(compreensível) de teu momento, que sofreu tantas e profundas reflexões. Será que não, querida?
Bjo carinhoso

Cida disse...

E faz você muito bem em não abrir mão de seus sonhos Denise.
Se um está muito difícil, ou mesmo se mostra impossível, devido à uma série de coisas, passemos logo para outro, mas parar de sonhar...nunca!
A vida sem sonhos fica muito estéril, e realizando-os ou não, eles nos ajudam a nos manter firmes em nossa caminhada, com um olhar de esperança no futuro e uma vontade maior de vencer os desafios.

Que você realize os seus, é o meu desejo.

Um grande abraço da amiga

Cid@

Denise disse...

Pois é Cida, mais do que tudo, não posso abrir mão é de sonhar!
Tb desejo te desejo muitos sonhos realizados e outros transformados, revistos, ajustados. Mas sempre sonhados!!

Ótimo fim de semana, bjo e muitas alegrias!!

*Mi§§ §impatia* disse...

Lindo amiga, que vc realize sempre todos os seus sonhos.
Bom fim de semana.
Beijos.

Denise disse...

Grata, Miss. E você, os seus!!

Aproveite o fds para ser feliz!!
Beijo e meu carinho!

REGINA GOULART SANTOS disse...

Denise,

Que maravilha de texto que caracteriza e qualifica quão importantes são os sonhos que precedem projetos de vidas.
Ao passar dos tempos,os sonhos tendem a se modificar, mas a essência continua, pois tudo que mais almejamos é a felicidade plena, seja lá por quais caminhos, o importante é saber como alcançá-la.

Um bom domingo

Muitos beijos

Denise disse...

Bom dia, Regina.

Teu comentário desfaz qualquer idéia de associação entre sonhar e ser romântica em demasia.
Romantizar é outra coisa - tb necessária, no meu entender, pois reaviva o brilho, dá cor e "tom" à vida. Mas o sonho é o ponto de partida da ação, a ante-sala do desejo que cresce o suficiente para se tornar real. O sonho motiva, instiga, acelera, induz.
O sonho seduz o aprendiz, que vai lá tentar dar conta daquela imensidão de querer...
Eu vejo assim, vivo assim.

Ótimo domingo, bons sonhos...rs
Beijo grande, querida!