“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


6 de abr de 2010

Olhando para trás, vi o dia de amanhã!


O tempo que passou,
a saudade aqui deixou,
...mas,
nas marcas que ficaram,
o futuro encomendou.

4 comentários:

neli araujo disse...

Oi, Denise!

Gostei muito do teu poemeto! Ah, e da imagem também! Ambos lindos!

beijoca,

Neli

PS: Espero que tenha visto o dia de amanhã com bons olhos, cheia de esperanças, linda! :)

manuel marques disse...

Genial.

Beijo.

Denise disse...

Sim, Neli, visão sempre positiva, com esperança de dias melhores e a percepção de que nada vai acontecer "sozinho"...rs

O poemeto escapuliu...teve vida própria no teclado, crês?...rsrs

Beijos pra vc tb, amiga!

Denise disse...

Obrigada, Manuel. Foi tão espontâneo que ficou conforme escapuliu...rs

Beijos