“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


12 de abr de 2010

Consagração


Consagrar é dedicar, oferecer, tornar sagrado.
Podemos - e devemos - consagrar ao Pai, todos que amamos, as crianças, os amigos preciosos, a família, aqueles que nos cercam, as flores, nossas casas, os animais, alimentos, riachos, mares, montanhas. O firmamento, as estrelas, a colheita, o sol, a vegetação. Todas as coisas de que gostamos. Isso é fácil. Entregamos para Deus nossos tesouros de bom grado. Difícil é consagrar e pedir pela transmutação de nossas dores, de nossas lágrimas, do repúdio às pessoas e fatos que nos agridem, machucam, feriram.
Difícil é consagrar os desafetos, entregando nas mãos Divinas o desejo de perdão, reconhecimento, paz, luz e amor. É difícil até consagrar nossos sonhos, porque imaginamos que precisam estar em nosso poder, uma vez que nós somos responsáveis únicos por sua realização.
Pois consagro a todos e tudo que mencionei, na intenção de lembrar-me de agora em diante dessa prática que eleva meus sentimentos, suaviza a vida e trás consigo a paz na espera Divina.

A imagem é uma pequena homenagem que presto a uma alma muito especial. A qual está consagrada também!!

6 comentários:

ju rigoni disse...

Texto poeticamente lindo, verdadeiro.

Bjs, Denise, e inté!

Denise disse...

Eu tenho esse "problema" Ju...rs...só consigo me expressar escrevendo, se uso o recurso das palavras. Dizer coisas, mesmo amenas, dependendo de como escolhemos dizê-las, chegam onde queremos levar a mensagem.

Muito bom tê-la por aqui!
Boa semana. Beijos!

marliborges disse...

Olá Denise,
Penso que as consagrações aos desafetos são verdadeiros atos diários de contrição que realizamos. É difícil sim, e quanto! É que somos muito imperfeitos... paciência é nossa humanidade que zomba de nós.
Beijo grande.

Maria Tereza Venzke disse...

Puxa Dê...

Essa "alma" é mesmo privilegiada, por ter uma amiga tão inspirada e aplicada no fazer o "dever de casa"...rs
Tenha certeza da gratidão dela por essa "consagração"...
A Luz partilhada Iluminou não só a alma, mas todo o planeta e além...

Amo Dê, consagro Dê...

beijos de luz!

Denise disse...

Oi Marli, que bom te ver por aqui!

Sabe quem vc me fez lembrar?
Cecília Meireles em NEM TUDO É FÁCIL:

É difícil fazer alguém feliz, assim como é fácil fazer triste.
É difícil dizer eu te amo, assim como é fácil não dizer nada
É difícil valorizar um amor, assim como é fácil perdê-lo para sempre.
É difícil agradecer pelo dia de hoje, assim como é fácil viver mais um dia.
É difícil enxergar o que a vida traz de bom, assim como é fácil fechar os olhos e atravessar a rua.
É difícil se convencer de que se é feliz, assim como é fácil achar que sempre falta algo.
É difícil fazer alguém sorrir, assim como é fácil fazer chorar.
É difícil colocar-se no lugar de alguém, assim como é fácil olhar para o próprio umbigo.
Se você errou, peça desculpas…
É difícil pedir perdão? Mas quem disse que é fácil ser perdoado?
Se alguém errou com você, perdoa-o…
É difícil perdoar? Mas quem disse que é fácil se arrepender?
Se você sente algo, diga…
É difícil se abrir? Mas quem disse que é fácil encontrar
alguém que queira escutar?
Se alguém reclama de você, ouça…
É difícil ouvir certas coisas? Mas quem disse que é fácil ouvir você?
Se alguém te ama, ame-o…
É difícil entregar-se? Mas quem disse que é fácil ser feliz?
Nem tudo é fácil na vida…Mas, com certeza, nada é impossível
Precisamos acreditar, ter fé e lutar para que não apenas sonhemos, Mas também tornemos todos esses desejos, realidade!!!

Bem amiga, lembremos que o amor é perfeito...nossa essência, portanto.

Beijos

Denise disse...

Tere, só posso acrescentar...amo-Tê!!

Beijo de profunda gratidão!