“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


28 de mar de 2010

Evoluir é um processo



Pus-me a pensar sobre minhas leituras dos últimos (muitos) meses, quando lembrei de muitas conversas à volta de uma mesa cuja refeição leve protagonizava o encontro de poucos convidados, embora sempre presentes, para participarem de discussões profundas a respeito de aspectos da espiritualidade. Alguns temas assumiam papel de maior debate posto sua desafiadora contestação a tantos paradigmas amarelados pelo tempo que os criou - rígidos, fechados, amorfos. Outros provocavam riso diante de olhos incrédulos e perguntas detalhadas logo explodiam, exigindo respostas completas e verossímeis!

Ao mesmo tempo desse, lembro de um período antecedente, em que um tímido folhear de livros ocupava tardes inteiras de conversa que nunca cansavam nenhum dos dois lados. Às noites eram reservadas refeições leves e mais alguns tópicos eram retomados, para acrescentar informações complementares. Aos poucos fui compreendendo que isso era proposital, como se fossem soltas as informações aos poucos para não dilatar a bagagem recente. Quando se usa mochila para carregar os pertences, não dá para adquirir muitos bens novos. E depois, se cedo esvaziarmos as questões porque aceleramos o processo, talvez seja temerário afirmar que houve mesmo ganho de entendimento (conhecimento é fato mais comum).

Aos poucos a introspecção foi tomando nota de dúvidas pequenas, trazendo-as para as noites da pizza, regadas pela sempre pronta disposição. A vantagem de encontrarmos quem goste de falar sobre o que entende é essa, nunca estamos órfãos de informações!!

O tempo foi ganhando meses, e eu, curiosa, observadora e leitora assídua, muitas novas indagações que eram prontamente acolhidas, explicadas, incansavelmente debatidas. Muitas noites nos encontraram de livros nas mãos, no silêncio que era quebrado a cada nova observação, quando os exemplos ganhavam vida e ilustravam a conceituação. Estes momentos foram alicerçando um processo que se ergue sobre fartas e fortes explicações - muitas o queixo derrubaram, outras, arrancaram rios de exclamações! Quando ocorre esta iniciação cautelosa, desenvolvida com aprofundamento gradual e respeitoso, onde a desenvoltura adquirida aos poucos - movida pela curiosidade desbravadora - a gente merece cada centímetro da evolução que está alcançando. É o desenrolar de um processo individual, que não obedece a tempo igualmente demarcado, nem se reporta a procedimentos seqüenciados, porque corresponde à natureza particular do espírito que amplia sua compreensão.

Esse processo evolutivo, como qualquer outro, é similar à metamorfose que ocorre à borboleta: o sair do casulo, ainda lagarta, espremida e contraída, antes de voar borboleta colorida, bem alto, livre e sabida!

4 comentários:

Maria Tereza Venzke disse...

Minha amiga querida....

E o melhor disso tudo é ver da "arquibancada" da vida o processo evolutivo, de seres de luz como vc...

Minha gratidão por fazermos parte do processo evolutivo uma da outra( mesmo q não seja "presencial" )... rs

Afinal,
" A gente merece cada centímetro da evolução que está alcançando."

Beijos de luz!

Denise disse...

É Tere, esse "passinho" de cada vez já me inquietou muito, agora ando devagar, pq já tive pressa e já chorei demais... até que aprendi que cada um de nós compõe a própria história, e carrega em si o dom de ser capaz de ser feliz...encontrei o caminho. E, no caminho, alguns anjos de Luz, como vc, sempre disposta à essa troca maravilhosa que nos aproximou e uniu pra sempre...afinal, como disse Walt Disney,"de nada serve ser luz se não vai iluminar o caminho dos demais"

Bjos na alma linda que tens, no coração imenso que possuis!!

Maria Tereza Venzke disse...

Sou só teu espelho...rs

Mas sempre bom lembrar...

Com fé só para dar o próximo passo, a Vida toma conta da Vida.


E a propósito, só um "anjo" pode reconhecer outro...rs

Te amo

Denise disse...

A vida toma conta da vida...bjo no teu coração profundo!!!