“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


14 de jan de 2010

Nada é para sempre


A lei da impermanência das coisas mostra com clareza que nada dura para sempre. A mutação está na célula, na partícula do Universo, no coração do homem. Tudo se modifica, seja pela transformação, para a reinvenção, por alienação. Pode ser a morte de tudo em que a gente acredita, mas a mesma lei criou outro caminho, onde o novo dormita.


* Imagem de de José Marafona

Nenhum comentário: