“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


28 de abr de 2009

Paulo Roberto Gaefke

"Tenho nas mãos dois caminhos
duas decisões, mesmo quando tudo parece desabar,
cabe a mim decidir, entre rir ou chorar,
entre ir ou ficar, entre desistir e o lutar.
Se o mar está revolto, posso ficar na praia,
ou sair para pescar e talvez,
nunca mais voltar.

Tenho nas minhas mãos o bem e o mal,
e entre eles poucos pensamentos,
um diz para fazer sem culpa,
o outro pensa, reflete e pede para esperar.
Enquanto o mundo se perde em erros,
posso me manter sereno, sem medo,
porque tenho a chave da minha vida,
nas minhas mãos.
Então, hoje me sinto mais forte, atravessei os desertos da alma.
Amei quem não me amou, e deixei de lado quem muito me amava,
coisas de afinidade, sentimentos vagos da alma,
e atravessei caminhos nem sempre floridos,
que deixaram marcas profundas em mim,
mas amei e fui amado...

Por isso, tenho nas mãos bem mais que a vida,
tenho a duvida e a certeza,
a esperança e o medo,
o desejo e a apatia,
o trabalho e a preguiça,
e me dou o direito de errar sem me cobrar,
e acertar sem me gabar,

Porque descobri no caminho incerto da vida,
que o mais importante é o decidir,
e decidi de uma vez por todas,
ser simplesmente feliz,
e esse caminho não tem volta..."

Não lamente...


Não lamente aquilo que passou

Nem chore o que o tempo desfez.

Repare que o vento que foi nunca voltou,

Mas um novo vento sempre sopra outra vez...

Não fique triste se ainda não conseguiu

Ser grande como tanta gente no mundo,

Pois a estrela tão pequenina que você nem viu

Também ajuda a iluminar o céu profundo...


Não pense que as coisas são impossíveis,

E nunca desista de todo dia sempre lutar

Pois quando o outono derruba uma flor,

A primavera coloca outra no lugar...

Não acredite que a vida é só amargura

E que as coisas nunca vão mudar.

Repare que depois de uma noite escura,

O sol volta de novo a brilhar...


Autoria desconhecida


23 de abr de 2009



Ouvir não é o bastante. É preciso acolher.
Reverenciar aquele que fala, de coração para coração.
Mais que respeito, isto é amor.

21 de abr de 2009

Oriah Mountain Dreamer






"Posso ficar acordada e deixar que as dores do mundo me despedacem. Então, permitir que as alegrias me recomponham e, embora diferente, eu me torne inteira outra vez."

Kathleen Norris



"A vida é mais simples do que a gente pensa.
Basta aceitar o impossível, dispensar o indispensável e suportar o intolerável."

Khalil Gibran, em O Profeta






...”E se conseguísseis maravilhar-vos com os milagres diários da vossa vida, a vossa dor não vos pareceria menos intensa do que a vossa alegria;

E aceitaríeis as estações do vosso coração, tal como haveis aceitado as estações que passam sobre os vossos campos.

E passaríeis com serenidade os invernos das vossas mágoas.”

Rose Felliciano


(...)
Cuide para que teu silêncio de agora
Não se transforme depois
Em grandes e tristes ecos de dor.
Jamais haverá vitória,
Na derrota do Amor.
(...)
Não queira ouvir o meu silêncio...
É ensurdecedor!


20 de abr de 2009

Joseph Campbell




"É caindo no abismo que recuperamos os tesouros da vida. É no lugar em que você tropeça que se esconde seu tesouro. Aquela mesma caverna onde você teme entrar transforma-se na fonte daquilo que você procura."


Blaise Pascal




"Todos os problemas do homem derivam do fato de que ele não é capaz de ficar sentado sozinho, em silêncio, num aposento."


Caroline Myss




"Não devemos permanecer feridos. Se ficarmos presos ao poderde nossos ferimentos, obstruiremos nossa própria transformação."


18 de abr de 2009

Desejo


Meu único propósito é ser feliz, porque tudo o mais já está implícito nesse desejo!


15 de abr de 2009

Ponderação




Entendo que fazemos a diferença em nossos atos e em nossas omissões.
E isso é entendimento suficiente...

12 de abr de 2009

Lampejo de consciência


Walt Disney decidiu "ver cada dia como uma nova oportunidade de ser feliz."
Eu também, por que, se não for agora, quando será?

9 de abr de 2009

FELIZ PÁSCOA!




♥ Denise

7 de abr de 2009

Entre o céu e a terra



Encontraram-se um dia, uma lágrima, uma estrela, uma pérola e uma gota de orvalho.

Falou primeiro a estrela:

"Quem diria que eu tivesse o trabalho de descer das alturas luminosas,

para vir conversar com vocês três?

Não sabem que sou mais alta que as nuvens? E que a minha altivez fulgura entre mil chamas radiosas, na infinita amplidão?"

Respondeu, então, a pérola vaidosa:

"Mas, quem te dará valor, entre milhões de lâmpadas no espaço? Tu não passas de um grão de esplendor metido na poeira do infinito...

Ninguém se lembra de te por nos braços! Enquanto eu, lá no fundo dos oceanos, sou buscada e vendida aos soberanos, para enfeitar, com minha limpidez, as coroas dos reis! Vivo no colo esplêndido dos nobres, e nos ricos seios das rainhas! Não como ti, que sob o olhar dos pobres poetas vagabundos te encaminhas...

Valho mais que tu! E ainda mais valho que um orvalho e uma lágrima, pois ambos são gotas d'água, sem o mínimo valor".

Disse, então, o orvalho, com mágoa:

"Qual de vocês três, tem esse encanto de se transformar em gozo,na boca imaculada de uma flor? Eu venho lá de cima, radiante, nos braços da alvorada, cobrir de beijos uma rosa, que se sente tão doce nesse instante, que vale a pena vê-la tão ditosa! E trago o riso ao coração da Terra, engolfada em pranto.

Eis como sou feliz! Na campina ou no cimo da serra, sou sempre uma esperança cristalina, nos lábios sorridentes de uma flor!"

Calou-se o orvalho.

E a lágrima?

Coitada, esta nada dizia...

"E que respondes tu?” Perguntaram os demais.

E ela, rolada na terra úmida e fria, nada ousava falar...

Porém, sublime e calma, respondeu :

"Eu sou o perdão no crime e a vibração no amor!

Bailo no olhar risonho da alegria, moro no olhar tristíssimo da dor!

Eu sou a alma da saudade e da harmonia!

Sou o estrilo na lira que soluça, dos poetas, sou oração no peito dos ascetas, sou relíquia de mãe em coração de filho, sou lembrança de filho em coração de mãe!

Não vivo nos seios perfumosos, nos colos orgulhosos, na ostentação efêmera do luxo...

Porém, penetro no espírito do mundo!

Seja do rei, do sábio mais profundo, do rústico mais vil...do pecador, do santo

“E até na face do Senhor, um dia já rolei...”

Eu, lágrima pequena, penetrei no coração de Deus e fiz estremecer, abrir-se extasiado o pórtico dos céus!

A lágrima calou-se humildemente, deslumbrando a todos.

E em silêncio, a tudo contemplou serenamente...na vastidão vazia...

Não sei mesmo, quantos pecados já lavei!...

A estrela ocultou-se atrás de uma nuvem e chorava...

A pérola desceu à profundeza dos mares e chorava também...

O orvalho tremulando sobre a relva também chorava...

E a lágrima? Só a lágrima sorria!...


♥ Autoria desconhecida

6 de abr de 2009

Carl G. Jung




"Uns sapatos que ficam bem numa pessoa são pequenos para uma outra; não existe uma receita para a vida que sirva para todos."



Rubem Alves





Somos assim...
Sonhamos o vôo, mas tememos as alturas...
Para voar, é preciso ter coragem para enfrentar o terror do vazio...

Porque é só no vazio que o vôo acontece.
O vazio é o espaço da liberdade,
a ausência de certezas,
mas é isto que tememos: o não ter certezas.

Por isso trocamos o vôo por gaiolas.
As gaiolas são o lugar onde as certezas moram.

5 de abr de 2009