“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


6 de dez de 2009

Drummond


Esse Drummond...que pôs na ponta do lápis o bater dos corações, que ousou dizer coisas que são íntimas da gente, mas propositadamente, "esquecidas"...


"[...] Fácil é ouvir a música que toca.
Difícil é ouvir a sua consciência.
Acenando o tempo todo, mostrando nossas escolhas erradas.
Fácil é ditar regras.
Difícil é seguí-las.
Ter a noção exata de nossas próprias vidas, ao invés de ter noção das vidas dos outros [...]"

Nenhum comentário: