“Planto flores no caminho para que não me faltem as

borboletas. Foram elas que me ensinaram que o casulo

não é o fim. É o começo."

Day Anne


15 de jul de 2009


A mais triste das ilusões, talvez seja a de que, imaginar que atingindo a quem sentimos que nos feriu, exaurimos nossas mágoas. Como se fosse possível ferir quem amamos sem que soframos cada uma das dores que lhe impingimos...

Um comentário:

Despertando na Luz disse...

Ah, Denise.

Q grande verdade...Obrigada por me lembrar disso.

bj